NFL

Semana 11 NFL – O que fez o Quinto Quarto sorrir e o que quebrou as nossas pernas

Estamos quase no final da semana 11 NFL. Assim, nossa coluna “O que fez o Quinto Quarto sorrir/o que quebrou as nossas pernas” é publicada nesta segunda (23). Neste espaço, trazemos nossos destaques positivos e nossos momentos negativos do domingo de National Football League.

Aqui, o QQ levanta os assuntos que nos deixaram dando risadas altas e outros que nos causaram melancolia nesta semana 11 NFL. Bruno Bataglin, editor de NFL do QQ, fica com os assuntos agradáveis. E Miguel Amado, apresentador do QQ Expresso, é o responsável por escrever os desagradáveis.

Vamos para os assuntos da semana 11 NFL…

SEMANA 11 NFL – O QUE FEZ O QUINTO QUARTO SORRIR

por Bruno Bataglin

Taysom Hill mostrou que pode ser muito útil para suprir a ausência de Drew Brees

Sem Drew Brees, o técnico Sean Payton resolveu mandar Tayson Hill a campo como quarterback titular do New Orleans Saints neste domingo (22) para enfrentar o arquirrival Atlanta Falcons. Dias antes da partida, sua decisão foi criticada, já que o provável titular seria Jameis Winston.

Mas Hill ajudou seu head coach a dar uma resposta clara, liderando o time em uma bela vitória por 24 a 9. Hill acertou 18 passes de 23 para 233 jardas, sem TDs e INTs lançados, saindo de campo com um passer rating de 108.9. Mas ele ainda correu para 51 jardas e dois TDs. Impressionante.

Não só ele soube extrair o máximo que pôde do ataque dos Saints como também contou com uma atuação defensiva ótima do seu time. A unidade de defesa dos Saints aplicou oito sacks em Matt Ryan e destruiu o QB rival, que saiu de campo com 19/37, 232 jardas e duas interceptações. Passer rating péssimo de 48.5.

Muitos duvidam de que Hill seja a solução definitiva dos Saints para ser o sucessor de Brees (inclusive eu). Mas que Hill está provando o seu valor, isso está. E faz tempo.

Bônus: Sean Payton ainda aproveitou para zoar a cara de Roddy White, ex-wide receiver dos Falcons, e deu retweet no tweet em que White disse que os Saints se arrependeriam de usar Hill como titular contra Atlanta.

Justin Herbert já é o Calouro Ofensivo do Ano (só não vê quem não quer…)

Joe Burrow até estava forte na briga pelo prêmio de Calouro Ofensivo do Ano na NFL. Mas uma lesão devastadora deve tirá-lo da disputa. Agora, o troféu parece estar nas mãos de Justin Herbert e só ele pode perder.

Na vitória por 34 a 28 sobre o New York Jets, o QB novato do Los Angeles Chargers teve mais uma atuação sólida, conectando 37 passes de 49 para 366 jardas e três touchdowns. Um passer rating de 116.5. Tudo bem que foi contra os Jets, mas não importa.

Com tal atuação, Herbert chega às 2.699 jardas aéreas em nove partidas disputadas, com 22 passes para TD e apenas seis interceptações. Seu passer rating é de 104.7 na temporada até agora, o que o deixa no top 10 entre QBs.

Não preciso falar mais nada. Herbert é o favorito e, para mim, deve ganhar o OROY.

Quando os Titans entram em campo, dá gosto de ver…

O Tennessee Titans tem umas panes de vez em quando. Basta ver a derrota na semana 10 para o Indianapolis Colts por 34 a 17, quando os special teams basicamente implodiram a franquia de Nashville. Mas quando Tennessee entra em campo, é bem legal de assistir. Foi isso que eles fizeram na vitória por 30 a 24 sobre o Baltimore Ravens, na prorrogação.

O quarterback Ryan Tannehill (22/31, 259 jardas, dois TDs e uma interceptação) teve boa atuação, o running back Derrick Henry (28 corridas para 133 jardas e um TD – o da vitória na prorrogação) aprontou suas peripécias pelo chão, e os wide receivers Corey Davis (cinco recepções para 113 jardas) e A.J. Brown (quatro recepções para 62 jardas com quatro milhões de tackles quebrados na reta final) fizeram a festa agarrando a bola oval. O ataque foi alegre.

E a defesa, apesar de ceder 129 jardas e um TD pelo chão, novamente fez Lamar Jackson parecer um QB comum (17/29, 186 jardas, um TD e uma INT) e não o atual MVP da liga.

O mais importante: os special teams não entregaram desta vez. Valeu, Stephen Gostkowski (com três field goals certos) e Trevor Daniel (que acertou a pontaria nos dois punts que chutou).

SEMANA 11 NFL – O QUE QUEBROU AS NOSSAS PERNAS

por Miguel Amado

Ah, que tristeza essa lesão do Burrow

Eu tinha falado na última quinta como achava que o calouro do ano era Joe Burrow e não Justin Herbert, como o Bruno achava. Pois bem, ziquei enormemente. É uma pena não só porque a primeira escolha do Draft estava jogando demais, mas também porque era algo anunciado: ele levou 32 sacks, terceira maior marca da liga. Ainda não sabemos exatamente a lesão, mas estamos no final de novembro, a temporada 2020/21 deve começar em setembro e o training camp em agosto. Ou seja, é uma corrida contra o relógio que talvez nem valha a pena, indo com bastante calma.

O Green Bay Packers conseguiu a façanha de perder um jogo ganho contra os Colts

Os Packers ainda são um time inconstante apesar das 13 vitórias na temporada regular passada e as prováveis 10 ou mais nesta. A derrota para os Colts depois de abrir vantagem mas simplesmente sumir no segundo tempo foi recheada de erros. Nem preciso falar do fumble de Marquez Valdez-Scantling na prorrogação. Esse time é uma das principais forças da NFC ou terá mais uma decepção nos playoffs mesmo contando com Aaron Rodgers?

Se Matt Patricia se segurar até o final do ano, já é um guerreiro…

Depois de Dan Quinn e Bill O'Brien não conseguirem evitar o inevitável e Adam Gase e Doug Marrone ficando nos seus cargos porque seus times não tem interesse em vencer, Matt Patricia é o próximo na lista. Quem ouve os podcasts do Quinto Quarto sabe que eu gosto dos Panthers, mas perder de 20 a 0 de um quarterback que estava na XFL é uma humilhação sem tamanho. Patricia tem 13 vitórias, 28 derrotas e um empate como head coach e sua equipe na terceira temporada não vai a lugar algum, mas também não é uma equipe horrorosa que escolherá no topo do Draft. Já falamos, mas não nos cansamos: libertem Matt Stafford dessa desgraça.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top