NFL

Sem Luck, Colts vencem Texans fora de casa e ampliam domínio na divisão

matt hasselbeck_colts_texans

Crédito: Reprodução/Instagram

Mesmo sem Andrew Luck pela segunda semana seguida, o Indianapolis Colts venceu o 16º duelo da AFC South seguido fora de casa. Abrindo a semana 5 da NFL nesta quinta-feira (8), a equipe visitou o Houston Texans no NRG Stadium e saiu com uma vitória por 27 a 20.

Andre Johnson, ex-Texans, mostrou que Houston é mesmo sua casa e terminou como o grande jogador da noite. Wm sua primeira atuação relevante com a camisa de Indianapolis, o wide receiver de 34 anos e 13 temporadas na Liga, somou seis recepções, 77 jardas e dois touchdowns. Matt Hasselbeck, que passou a semana enfrentando uma infecção, comandou bem o ataque visitante e substituiu a altura o jovem titular Luck.

Já do lados dos donos da casa, só confusão. Ryan Mallett começou o jogo como titular, mas apenas dez passes depois – alguns deles deploráveis – e uma interceptação – metade dela culpa de Arian Foster – deixou o campo para entrada de Brian Hoyer – provavelmente o melhor Texan em campo nesta noite. Na defesa, nem mesmo J.J. Watt salvou. A unidade deu show de horrores, com faltas inconvenientes – entregando quatro first downs gratuitos e anulando uma interceptação – e pouca efetividade no pass-rush. A noite foi tão terrível para os defensores texanos, considerados o pontos forte da equipe, que Watt passou os 30 minutos do primeiro tempo sem um tackle sequer – o que não acontecia desde a semana 2 de 2014.

O primeiro tempo, aliás, começou todo a favor dos Colts. A campanha inicial dos Texans era promissora e, após mais de seis minutos de posse de bola, um passe meia boca de Mallett somado a uma recepção ruim de Adrian Foster resultou no primeiro turnover da partida. Ao final do primeiro quarto, o placar já apontava 10 a 0 para os visitantes. O vovô Matt Hasselbeck abriu o playbook que incluía o Andre Johnson na equipe e começou a disparar passes para o veterano wide receiver, dispensado pelos Texans no início da pré-temporada.

Quando Ryan Mallett recebeu uma entrada dura de Sio Moore – punido com um roughing the passer no lance – e deixou o campo, o jogo mudou para os Texans. Brian Hoyer entrou jogando bem – o que parece ter irritado Mallett, que teve de se contentar com o banco pelo resto da noite – e garantiu dez pontos para os donos da casa antes do intervalo. A performance do QB incluiu um hall mary no último lance do primeiro tempo terminando em TD, agarrado pelo calouro Jaelen Strong, em seu primeiro passe recebido da carreira.

Na ida aos vestiários, os Texans estavam vivíssimo no jogo, apenas 3 pontos atrás no placar: Indianapolis 13, Houston 10.

Hoyer voltou ainda mais inspirado para o segundo tempo, enquanto Hasselbeck manteve o ritmo. O veterano quarterback dos Colts lembrou seus bons tempos no duelo de hoje. Com passes precisos como o da primeira campanha do terceiro quarto. Em menos de dois minutos, dois lançamentos de mais de 20 jardas culminaram em TD terrestre de Frank Gore, o melhor corredor da noite com 98 jardas.

Na segunda recepção da carreira, Strong anotou mais um touchdown, o que foi respondido pelo Colts na campanha seguinte. Andre Johnson também chegou a endzone após longa campanha – de mais de oito minutos – com um passe lateral de Hasselbeck.

Com a mão quente, Hoyer teve chance de buscar o empate com 3 minutos de posse de bola. O quarterback vinha com sequência de 17/18 passes certos e mais de 200 jardas aéreas até o two-minute warning. Em uma terceira para duas jardas, porém, o atleta teve uma pane mental e acabou interceptado, sacramentando a quarta derrota do Houston Texans na temporada.

Na próxima rodada, o Houston Texans encara o Jacksonville Jaguars em novo confronto direto da AFC South. Já o Indianapolis Colts, provavelmente com Andrew Luck de volta, recebe os invictos New England Patriots, em confronto que pode ser decisivo na Conferência Americana.

Placar pontuação por pontuação:

3 a 0 – 1Q – a 6min32s do final – FG – Adam Vinatieri acerta chute de 48 jardas.

10 a 0 – 1Q – a 1min22s do final – TD – Matt Hasselbeck encontra Andre Johnson livre no fundo da endzone com passe de 4 jardas. Extra point é bom.

13 a 0 – 2Q – a 7min41s do final – FG – Adam Vinatieri acerta chute de 42 jardas.

13 a 3 – 2Q – a 2min12s do final – FG – Nick Novak acerta chute de 36 jardas.

13 a 10 – 2Q – a 0s do final – TD – Brian Hoyer lança hall mary de 42 jardas e Jaelen Strong agarra a bola dentro da endzone. Extra point é bom.

20 a 10 – 3Q – a 13min02s do final – TD – Frank Gore corre por 3 jardas para a endzone. Extra point é bom.

20 a 17 – 3Q – a 4min03s do final – TD – Brian Hoyer encontra Jaelen Strong livre à esquerda com passe de 11 jardas. Extra point é bom.

27 a 17 – 4Q – a 10min28s do final – TD – Matt Hasselbeck passa para Andre Johnson que avança 4 jardas pela direita para a endzone. Extra point é bom.

27 a 20 – 4Q – a 6min11s do final – TD – Nick Novak acerta chute de 49 jardas.

Estatística Quarterbacks:

Indianapolis Colts
Matt Hasselbeck: 18/29, 213 jardas, 2 TDs

 

Houston Texans
Ryan Mallett: 7/10, 50 jardas, 1 INT
Brian Hoyer: 24/31, 312 jardas, 2 TDs, 1 INT

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top