NFL

Segundo teste, nível de álcool no sangue de Bironas em acidente era alto

(Crédito: Divulgação/ Facebook)

(Crédito: Divulgação/ Facebook)

Pouco a pouco a surpreendente morte de Rob Bironas vai se esclarecendo. O exame toxicológico realizado pela polícia de Nashville apontou que o ex-kicker do Tennessee Titans, morto em um acidente de automóvel, tinha um nível de álcool no sangue quase três maior que o permitido pelo estado do Tennessee.

O nível de Bironas era 0,218, enquanto o permitido por lei é apenas 0,08. O exame também apontou uma pequena quantidade de Diazepam ou Valium, mas segundo a polícia, a quantidade era pequena demais para ter influenciado de alguma forma o ocorrido.

A informação que o atleta não estava em seu estado normal se encaixa com alguns dos relatos feitos por pessoas que se encontraram com ele. Duas testemunhas diferentes disseram que cruzaram com Bironas antes do acidente e disseram que ele estava fora de si, dirigindo de forma perigosa e confrontando até verbalmente outros motoristas na rua.

A esposa do Bironas, Rachel Bradshaw, filha do lendário jogador Terry Bradshaw, já tinha dito que tinha visto seu marido beber naquele dia, mas nada que chamou sua atenção. Ao invés de ir dormir, como tinha dito a Rachel, Rob Bironas pegou seu carro, perdeu o controle, saiu da estrada e bateu nas árvores, morrendo com a força do impacto.

Comments
To Top