NFL

Sebastian Janikowski machuca coxa em jogo contra Cowboys; veja boletim de lesões

Sebastian Janikowski, kicker do Seattle Seahawks

(Crédito: Twitter/reprodução)

O kicker Sebastian Janikowski, do Seattle Seahawks, sofreu uma lesão na coxa enquanto tentava um field goal na última jogada da primeira metade do jogo contra o Dallas Cowboys, válido pela rodada de wild card dos playoffs da Conferência Nacional (NFC), e foi descartado para o restante da partida.

Com Janikowski fora, os Seahawks fizeram duas conversões de dois pontos bem-sucedidas em seus únicos dois touchdowns anotados na segunda metade do confronto e o punter calouro Michael Dickson ficou como responsável pelos kickoffs.

A jogada em que a ausência de Janikowski mais parece ter sido sentida foi depois de um passe para touchdown do quarterback Russell Wilson para o running back J.D. McKissic e a conversão de dois pontos bem-sucedida feita por Chris Carson. Os Seahawks reduziram a desvantagem para 24 a 22 e tiveram que tentar recuperar a bola com o onside kick, mas Dickson não foi bem no dropkick e a bola foi recuperada facilmente pelos Cowboys.

Com pouco tempo restante no relógio e Seattle sem pedidos de tempo, Dallas confirmou a vitória por dois pontos de vantagem e avançou para a rodada de divisão dos playoffs da NFC.

Dickson, que é australiano de Sydney e cresceu jogando futebol australiano (modalidade com semelhanças ao futebol americano), estava treinando field goal no intervalo depois que Janikowski se lesionou em um field goal de 57 jardas que não foi convertido no final do segundo quarto.

Apesar do erro no onside dropkick, Dickson foi nomeado All-Pro em seu primeiro ano na NFL e se tornou o primeiro punter calouro a ser selecionado para o Pro Bowl desde 1985.

Os únicos pontos dos Seahawks na primeira metade de jogo saíram em field goals de 27 e 42 jardas convertidos por Janikowski antes da contusão. Segundo o ESPN Stats & Information, esses foram os primeiros FGs acertados por Janikowski nos playoffs desde o Super Bowl XXXVII, na temporada 2002, quando o kicker polonês ainda era membro do Oakland Raiders.

Essa foi apenas a quinta vez durante sua carreira de 19 anos na NFL em que Janikowski atuou em uma pós-temporada. Os Raiders foram os playoffs em seus três primeiros anos na liga, de 2000 a 2002, e novamente em 2016.

Confira mais notícias de lesões na NFL neste sábado (5) de rodada de wild card dos playoffs:

– No Dallas Cowboys, o wide receiver Allen Hurns sofreu uma lesão gravíssima no tornozelo esquerdo durante o primeiro quarto da vitória sobre o Seattle Seahawks e sua ausência deve ser extensa.

– No Houston Texans, o wide receiver DeAndre Hopkins estava basicamente jogando com uma mão na segunda metade da derrota por 21 a 7 para o Indianapolis Colts, em jogo válido pela rodada de wild card da Conferência Americana (AFC). O recebedor sofreu uma entorse no ombro (junta acromioclavicular) durante a primeira metade do duelo e jogou no sacrifício nos últimos dois quartos.

O jogador, selecionado para o primeiro time All-Pro e para seu terceiro Pro Bowl na carreira, fechou a temporada regular com 115 recepções para 1.572 jardas e 11 touchdowns. No jogo deste sábado, Hopkins fez apenas cinco recepções para 37 jardas.

Questionado após o jogo se ele pensou em ficar fora dos últimos dois quartos, Hopkins foi enfático: “não, (apenas) se eu quebrasse a perna ou algo do tipo”.

Hopkins classificou a lesão como uma entorse de grau 3. Perguntado se ele precisará de tratamento específico ou cirurgias nas próximas semanas, o camisa 10 afirmou que “não”.

“É futebol americano… é muito difícil”, observou.

– O Chicago Bears tem um problema de última hora para o jogo deste domingo contra o Philadelphia Eagles, válido pela rodada de wild card dos playoffs da Conferência Nacional (NFC). Isso porque o tight end Trey Burton foi adicionado no relatório de lesionados na noite deste sábado e listado como questionável para o duelo devido a uma contusão na virilha.

Burton, ex-herói dos Eagles que lançou o passe recebido pelo quarterback Nick Foles no Super Bowl LII, na jogada que ficou eternizada como ‘Philly Special’, assinou com os Bears nesta offseason. Ele teve as melhores marcas da carreira de recepções (54), jardas (569) e touchdowns recebidos (seis) em sua primeira temporada em Chicago.

Comments
To Top