NFL

Seattle Seahawks troca o defensive end Michael Bennett com o Philadelphia Eagles

Michael Bennett, defensive end da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Seattle Seahawks está trocando o defensive end Michael Bennett e uma escolha de sétima rodada de draft com o Philadelphia Eagles por uma escolha de quinta rodada e o wide receiver Marcus Johnson. A informação foi apurada em primeira mão pelo jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

O Atlanta Falcons, o New England Patriots, o Cleveland Browns e o Tampa Bay Buccaneers estavam todos na briga para adquirir Bennett, como acrescentou Schefter.

Com a chegada de Bennett, o pass rush do atual campeão do Super Bowl ficará mais reforçado, com Bennett e Fletcher Cox na parte interna da linha defensiva, e Derek Barnett e Brandon Graham na parte externa.

Escute o Quinto Quarto Expresso #98 com nossos comentários sobre os irmãos Bennett, Richard Sherman, Alec Ogletree e mais:

Já a chegada de Johnson em Seattle dá aos Seahawks uma segurança maior na posição de wide receiver, já que o time deve perder Paul Richardson na free agency.

A vinda de Bennett também dá a oportunidade aos Eagles de tentar trocar o defensive end Vinny Curry. O time estava tentando reestruturar o contrato do pass rusher nos últimos dias, mas uma troca ou dispensa pode ocorrer.

A troca que mandará Bennett dos Seahawks para os Eagles não pode ser oficializada antes do dia 14 de março, quando começa o ano novo da NFL.

Bennett foi o segundo melhor dos Seahawks em 2017, com 8,5 sacks, e novamente liderou entre os defensive linemen em tempo de jogo com sobras. Mesmo assim, havia dúvidas em relação ao seu futuro na franquia, já que o jogador vai completar 33 anos de idade em novembro e lidou com uma fascite plantar no pé e uma lesão no joelho durante a temporada.

Em dezembro de 2016, ele assinou um contrato de três anos, com valor de US$ 29,5 milhões, com os Seahawks.

“Em relação a mim, estou bem. Quero dizer, o que quer que aconteça, eu amei ser um Seahawk. (…) Você ama a organização. Você ama os jogadores com quem jogou. Nós vencemos muitos jogos. Se eu não estiver aqui, eu não terei nenhum ressentimento em relação à organização. Eu amo Pete Carroll e John Schneider, e nós apenas seguimos em frente. Faz parte do futebol americano”, disse Bennett aos jornalistas, no dia 1º de janeiro.

Michael Bennett entrou na NFL como agente livre não draftado nos Seahawks em 2009, mas ele passou a maioria de suas primeiras quatro temporadas defendendo o Tampa Bay Buccaneers. O defenisive lineman retornou aos Seahawks como free agent e produziu 39 sacks ao longo de cinco temporadas defendendo a organização.

Bennett foi selecionado para o Pro Bowl em cada umas das últimas três temporadas e conquistou o título do Super Bowl XLVIII com os Seahawks.

Em 125 jogos de temporadas regulares na carreira até agora, Michael Bennett soma 54 sacks, 293 tackles combinados, oito fumbles forçados e quatro passes desviados.

Comments
To Top