NFL

Seattle Seahawks anula Philadelphia Eagles e chega à oitava vitória

Seattle Seahawks comemora TD

(Crédito: Instagram/reprodução)

Pegando um time que vinha de nove vitórias seguidas e entrando em campo sem ser o favorito, mesmo jogando em casa, o Seattle Seahawks teve uma atuação muito consistente no Sunday Night Football e derrotou o Philadelphia Eagles pelo placar de 24 a 10 no CenturyLink Field.

Com o resultado positivo, os Seahawks chegam a uma campanha de 8-4 e ficam ainda mais forte na disputa por uma vaga nos playoffs. Já os Eagles caem para 10-2, mas seguem com uma das melhores campanhas da Conferência Nacional (NFC).

A defesa dos Seahawks jogou muito bem, cedendo apenas 10 pontos ao forte ataque adversário e contendo bastante o rendimento do quarterback Carson Wentz.

O quarterback titular dos Eagles teve uma de suas piores atuações na temporada, fechando com 29 passes certos de 45 para 348 jardas, um touchdown e uma interceptação. O ataque terrestre dos Eagles produziu apenas 98 jardas, sendo 35 com Jay Ajayi. Entre os recebedores, Nelson Agholor foi o mais produtivo e saiu com sete recepções para 141 jardas e um TD.

Do lado dos Seahawks, o quarterback Russell Wilson teve excelente atuação, acertando 20 passes de 31 para 227 jardas e três touchdowns, além de correr seis vezes para 31 jardas. Recebendo bolas, o melhor em termos gerais foi Doug Baldwin, com cinco recepções para 84 jardas, e Mike Davis foi quem melhor correu, com 16 carregadas para 64 jardas.

Defensivamente, não há como não destacar a atuação do defensive end Frank Clark. Ele raramente foi contido pela linha ofensiva dos Eagles e fechou o jogo com dois dos três sacks do time, além de quatro tackles totais (três para perda de jardas) e um passe desviado.

O primeiro quarto de jogo no CenturyLink Field foi completamente dominado pelo Seattle Seahawks. A equipe marcou um field goal de 46 jardas com Blair Walsh, logo em sua primeira campanha ofensiva, a defesa segurou o ataque do Philadelphia Eagles, forçando punts, e os donos da casa ainda anotaram um touchdown nos 10s finais da etapa, em passe de 11 jardas de Russell Wilson para o tight end Jimmy Graham.

O quarto inicial terminou com vantagem de 10 a 0 para a equipe anfitriã.

No segundo quarto, ao final de uma campanha ofensiva que durou 7min19s, os Eagles conseguiram apenas um field goal, de 26 jardas, convertido por Jake Elliott, e reduziram a desvantagem para sete pontos.

No restante do segundo quarto, as defesas seguiram dominando e os Seahawks foram para o vestiário vencendo por 10 a 3.

Os Eagles receberam a bola no começo do terceiro quarto e foram avançando muito bem no ataque, chegando até a linha de uma jarda do território adversário. Mas então veio um grande balde de água fria.

Carson Wentz correu, sofreu um fumble forçado por Sheldon Richardson e, para completar a catástrofe, a bola saiu pela end zone dos Seahawks, caracterizando um touchback. Como manda a regra, a bola voltou para a posse dos donos da casa na linha de 20 jardas.

Na sequência, os Seahawks encaixaram um bom drive de quase quatro minutos de duração que terminou com passe de uma jarda de Wilson para Tyler Lockett para anotar o segundo TD de Seattle na partida. O placar foi para 17 a 3 a 5min42s do término do terceiro período.

A campanha ofensiva seguinte dos Eagles terminou com um turnover on downs, já que a equipe do técnico Doug Pederson resolveu arriscar uma quarta descida para três jardas na linha de 25 jardas do campo dos Seahawks, mas o passe de Wentz para Kenjon Barner foi incompleto.

A defesa de Philadelphia forçou o punt seis jogadas mais tarde, logo após uma falta de intentional grounding cometida por Wilson, e a bola voltou para os Eagles. A última jogada do terceiro quarto foi um sack sofrido por Wentz para perda de seis jardas.

Em situação de terceira para 13 em sua própria linha de 16 jardas, o QB dos Eagles tirou um coelho monstruoso da cartola. Pressionado, ele saiu do pocket para o lado direito e, caindo, forçou um passe. O que parecia que seria uma bola isolada se transformou em uma linda conexão com Nelson Agholor para um avanço de 51 jardas, colocando os Eagles na linha de 33 do território adversário.

Após mais quatro jogadas no drive, os visitantes chegaram ao TD, que saiu em belíssimo passe cruzado de 27 jardas de Wentz novamente com Agholor, que venceu a marcação para entrar na end zone. A diferença caiu para apenas sete pontos (17 a 10) após o extra point.

Os Seahawks deram uma resposta no drive seguinte e chegaram a mais um TD após 10 jogadas. Em uma campanha em que Wilson deu várias provas de sua capacidade atlética ao fugir de sacks, o signal caller conectou passe de 15 jardas com J.D. McKissic e deixou o placar em 24 a 10.

Precisando arriscar, os Eagles foram para uma quarta descida para seis jardas a 5min48s do final, mas Wentz errou o passe e mais turnover on downs se concretizou. A defesa dos Eagles forçou um three and out na sequência, mantendo as esperanças para a equipe. Mas por pouco tempo.

Os Eagles foram quase até o meio de campo na campanha seguinte, mas então Wentz arriscou um passe longo na end zone, na direção de Agholor, e foi interceptado por Byron Maxwell. Os Seahawks sacramentaram a vitória.

Na semana 14, o Seattle Seahawks tem um duro confronto contra o Jacksonville Jaguars, fora de casa, enquanto que o Philadelphia Eagles pega o Los Angeles Rams, também fora de casa. As duas partidas estão marcadas para as 19h25 (de Brasília) do próximo domingo (10).

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top