NFL

Sean Payton motiva New Orleans Saints com Vince Lombardi e mais de US$ 200 mil

Sean Payton, técnico do New Orleans Saints

(Crédito: Twitter/reprodução)

Sean Payton, técnico principal do New Orleans Saints, sabe muito bem motivar seus jogadores e ele demonstrou isso mais uma vez nesta semana, quando o time começa a sua preparação para enfrentar o Philadelphia Eagles, na rodada de divisão dos playoffs da Conferência Nacional (NFC).

E foi uma grande exibição.

O head coach trouxe três guardas armados, uma pilha de mais de US$ 200 mil em dinheiro, o Troféu Vince Lombardi e um anel de campeão do Super Bowl à sala de reuniões da franquia da Louisiana na última segunda-feira (7). Foi o modo que Payton encontrou de dar aos atletas uma motivação extra.

O dinheiro representa a quantia que os jogadores devem receber em bônus de playoffs se eles caminharem até a conquista de título – um total de US$ 201 mil, de acordo com o acordo coletivo de trabalho.

“Os caras ganham um bom dinheiro aqui. Mas não é com muita frequência que você vê US$ 250 mil em dinheiro bem ali. Então, isso foi muito atraente”, disse o running back Mark Ingram, um dos astros do backfield ofensivo da organização da Louisiana. “O Lombardi estando bem lá na frente, o anel bem em frente a ele, os guardas armados. Foi muito legal. Mas ainda temos que ir lá e fazer o que fazemos”, observou.

Segundo Jon DeTrinis, que trouxe a informação via Twitter, Payton entrou na sala de reuniões e disse: “vocês todos querem isso? Ganhem 3 malditos jogos”.

O líder dos Saints utilizou uma tática similar na temporada 2009, quando os Saints ganharam o primeiro e único título de Super Bowl de sua história, mas apenas três jogadores no atual elenco estavam presentes naquela ocasião.

“Isso é definitivamente motivador. Claro, todo mundo está jogando para ser campeão. Mas esse troféu, aquele pão (dinheiro), tudo o que está em jogo. É apenas mais uma pequena maneira de nos fazer seguir”, observou Ingram.

O defensive tackle Sheldon Rankins também deu seu parecer sobre a apresentação.

“Se você visse todo aquele dinheiro à sua frente, qualquer um ficaria empolgado com isso. E eu estou junto nisso”, falou o defensive lineman.

A tática motivacional foi revelada em primeira mão nas redes sociais por Jon DeTrinis, um advogado local, e confirmada pelos jogadores.

“Todos sabemos o que está em jogo. Eu acho que todo mundo nesse vestiário quer um Super Bowl. Mas apenas vimos algo pessoalmente que acrescentou um pouco mais de motivação. E só de ver aquele troféu do Super Bowl, esse dinheiro… quero dizer, se você não está pronto para jogar depois disso, então não precisamos de você”, falou o defensive end Alex Okafor. “É como: ‘é verdade agora. Nós estamos nessa coisa agora’. A folga na primeira rodada, nós estávamos em casa assistindo jogo, então é como se estivéssemos relaxando. Nós não sentíamos a pressão como precisávamos, apenas porque estávamos em casa. Mas agora que chegamos essa semana e Sean fez isso, foi: ‘ok, está na hora’”, completou.

Payton se tornou conhecido por suas táticas motivacionais criativas ao longo dos anos – colocando armadilhas de rato nas instalações do time para alertar os jogadores sobre “comer o queijo”, vestindo-se como Bill Belichick para fazer um scouting report e muito mais.

“Sean faz um ótimo trabalho nos preparando. Ele meio que sabe quais botões apertar e como despertar o interesse dos caras e deixar os caras ainda mais empolgados do que já estão para disputar um jogo de playoffs”, disse Rankins.

Os jogadores também ressaltaram que Payton é ainda melhor explicando ao grupo o que é preciso para derrotar os Eagles no domingo.

“Foi apenas Sean tentando dar a todos uma visão, especialmente os mais jovens, sobre o que estamos buscando e a oportunidade que temos, especialmente como cabeça de chave número 1”, falou o quarterback Drew Brees, maior ídolo do NO Saints. “Tudo passa por isso. Mas em primeiro lugar: este jogo é o mais importante da temporada. E acho que adotamos essa abordagem em todo jogo neste ano. Então, quando você faz isso, e você chega a um jogo de playoffs e todo mundo fala que ‘agora são os playoffs’, bem, a preparação é diferente? Não. Nós estamos encarando assim o tempo todo. Nós sempre esperamos o melhor deles (adversários). Nós sempre esperamos sair e executar com perfeição. Então, vamos apenas jogar bola”, finalizou o camisa 9.

Comments
To Top