NFL

Sean Payton afirma que New Orleans Saints tem que melhorar na defesa

Sean Payton, técnico do New Orleans Saints

(Crédito: Twitter/reprodução)

Depois de ler o título dessa matéria, você pensou com toda certeza: AH, VÁ! Sim, Sean Payton esteve longe de falar uma grande novidade (sobretudo para os torcedores do New Orleans Saints). Mas o técnico da franquia da Louisiana também deu umas pequenas dicas da mentalidade da organização antes do draft de 2017.

“Nós temos que melhorar a nossa defesa”, falou o head coach nesta sexta-feira (3), durante participação no programa Good Morning Football, da ‘NFL Network’. “Eu recebi essa pergunta no início do programa. Especificamente, temos que encontrar uma maneira de conseguir alguns jogadores de pressão nesse draft. Eu acho que esse draft é muito forte defensivamente quando você está olhando para (a posição de) safety, quando está olhando para corner. É um forte draft para running backs também. Mas acho que tanto na free agency quanto no draft temos que ajudar esse lado da bola. Este foi o ano em que tivemos muitos jogos difíceis e tivemos algumas derrotas duras. Mas eu amo essa classe do draft que tivemos e temos que ter uma parceria para conseguir outra boa”, completou.

No draft do ano passado, os Saints fizeram algumas boas escolhas e selecionaram o talentoso defensive tackle Sheldon Rankins na primeira rodada, e o wide receiver Michael Thomas na segunda rodada, sendo que o recebedor foi um dos melhores calouros do ano e fez 92 recepções para 1.137 jardas e nove touchdowns.

Ofensivamente, a franquia da Louisiana vai muito bem. Nesta última temporada, o time foi o segundo melhor da NFL em pontos marcados, com média de 29,3 pontos por partida, mas a defesa foi a segunda pior em pontos cedidos, com 28,4 pontos sofridos por jogo. Esse desequilíbrio evidente vem custando ao time uma chance de chegar aos playoffs.

A boa notícia é que, mesmo aos 38 anos de idade, o quarterback Drew Brees já deixou claro que pretende jogar por mais alguns anos, como o próprio camisa 9 afirmou nesta última quinta-feira (2), também em participação no Good Morning Football.

Sean Payton vai proibir redes sociais no vestiário durante pré-jogo – Em entrevista ao programa Tiki and Tierney, da rádio ‘CBS Sports’, o head coach do New Orleans Saints revelou que pretende adicionar um “scrambler simples” para manter os atletas fora das redes sociais antes do início das partidas.

O dispositivo vai limitar o acesso dos atletas à internet.

“Não é uma violação da sua liberdade”, falou Payton, que deixou claro que ainda quer que os jogadores possam ouvir música.

Ao ser questionado se a regra será interna do New Orleans Saints ou uma coisa adotada em toda a liga, o head coach frisou: “será uma coisa de Sean Payton”.

O assunto surgiu quando Payton foi perguntado sobre como ele reagiria se um jogador do seu elenco transmitisse pela internet o seu discurso no vestiário, como fez o wide receiver Antonio Brown, do Pittsburgh Steelers, via Facebook Live, transmitindo as palavras do técnico Mike Tomlin e causando polêmica.

“É muito mais fácil de lidar se é o seu terceiro tight end. É muito mais difícil de lidar quando é um dos seus melhores jogadores. Mas, dito isso, eu teria ficado irritado”, observou. “Olhe, as corporações estão lidando com esse mesmo problema. No mundo do trabalho, funcionários nas suas mesas, quanto tempo eles estão gastando em mídias sociais? Perto de 35% a 40% do tempo?”, completou.

Segundo Payton, que vai entrar em seu 12º ano como técnico dos Saints, ele precisou aprender a adaptar sua mensagem e estilo de treinamento por várias razões. Uma das mudanças é que ele tenta fazer uma pausa a cada 40 minutos, aproximadamente, porque os atletas começam a ficar impacientes quando ficam longe de seus telefones celulares por mais tempo do que isso.

Comments
To Top