NFL

Sean McVay sobre problemas dos Rams: nós temos que “resolver isso rápido”

Jared Goff, quarterback do Los Angeles Rams, e o técnico Sean McVay

(Crédito: Twitter/reprodução)

Desde a semana de folga, o Los Angeles Rams não tem sido o mesmo time ofensivo que encantou todos os apaixonados por futebol americano. E a derrota surpreendente para o Philadelphia Eagles por 30 a 23, no Sunday Night Football, representou o segundo resultado negativo em sequência e colocou o rendimento do time em xeque.

O quarterback Jared Goff e o ataque de L.A somou 413 jardas na noite, mas não se engane. Foram apenas 5,6 jardas por jogada, um aproveitamento de apenas 33,3% em terceiras descidas e três turnovers sofridos que pesaram muito.

E as dificuldades enfrentadas por Goff nas últimas semanas continuaram neste domingo.

O camisa 16 dos Rams lançou mais interceptações nos três jogos depois da bye week (sete) do que nos 11 jogos anteriores da temporada 2018 (seis). O signal caller falhou ao não encontrar seus recebedores abertos durante o duelo contra os Eagles e cometeu um erro grotesco no terceiro quarto, quando lançou uma interceptação ridícula depois de sofrer um fumble no snap e quase cair em cima da bola.

Após o revés, que fez os Rams caírem para 11-3, o técnico Sean McVay expressou confiança em seu QB, mas admitiu que o quarterback precisa jogar melhor.

“Ele fez um bom trabalho continuando a competir… e é isso que você ama em Jared. Mas há algumas coisas que todos nós temos que ser melhores”, declarou McVay aos repórteres durante sua coletiva pós-jogo. “Ele tem que tomar decisões melhores, especialmente quando acabamos caindo atrás do center em uma terceira para uma. Sabe, às vezes a única jogada é apenas engolir e aceitar aquele sack… mas ao tentar fazer jogadas, nós aprendemos com todos os nossos erros, e isso também vale para os treinadores dos Rams, mas certamente há coisas que podemos olhar e nós temos que ser melhores”, observou o head coach.

Questionado sobre os motivos para as dificuldades ofensivas que vem sendo enfrentadas pelos Rams, Goff disse: “os times estão fazendo coisas diferentes conosco. Eles estão tentando coisas diferentes e nós apenas temos que encontrar uma maneira de responder”.

Os Rams tiveram ainda mais dificuldades contra os Eagles devido às limitações enfrentadas por Todd Gurley, que sentiu um problema no joelho no terceiro quarto e não conseguiu utilizar o máximo de sua velocidade e dinamismo. Ainda assim, o running back somou 124 jardas e dois TDs em 22 toques na bola.

McVay admitiu que a que ausência de Gurley em partes do jogo afetou “muito” seus planos para o ataque, especialmente no que diz respeito à eficiência em primeiras e segundas descidas.

Com a derrota para os atuais campeões do Super Bowl, o time de Los Angeles perdeu dois jogos consecutivos pela primeira vez desde que McVay se tornou o head coach. E, apesar da queda de campanha, a equipe californiana não se mostrou desesperada.

“Nós temos que ser capazes de resolver isso e resolver rapidamente. Porque, nas duas últimas semanas, estamos fazendo coisas totalmente diferentes do que bons times de futebol americano fazem, do que fizemos nos primeiros jogos desta temporada. A única coisa que sabemos é voltar ao trabalho, olhar para nós mesmos. Todo mundo tem uma mão nisso e nós temos que resolver rápido”, finalizou McVay.

Goff frisou que “é bom passar por alguma adversidade em algum momento”.

A boa notícia para os Rams é que, nas duas últimas semanas da temporada regular de 2018, o time pega Arizona Cardinals e San Francisco 49ers, times que têm campanhas combinadas de 7-21 nesta temporada.

Agora, não há desculpa para o ataque não voltar a render. Se isso acontecer, aí sim as coisas vão ficar muito mais desagradáveis em L.A.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


To Top