NFL

Sean McDermott garante que aposentadoria de Vontae Davis não será “distração”

Vontae Davis, cornerback do Buffalo Bills

(Crédito: Twitter/reprodução)

Sean McDermott, técnico principal do Buffalo Bills, e o coordenador defensivo Leslie Frazier disseram nesta segunda-feira (17) que eles ainda não conversaram com o cornerback Vontae Davis desde sua aposentadoria abrupta no intervalo da derrota para o Los Angeles Chargers.

Apesar disso, eles desejaram o melhor ao defensor.

“Eu tenho muito respeito por Vontae. Ele é uma boa pessoa. Eu certamente aprecio a forma como ele trabalhou quando esteve aqui, mas estamos seguindo em frente como um time de futebol americano. (…) Você desenvolve algumas relações pessoais com esses jovens. Você sempre quer o melhor para eles. Não é um negócio em que desejamos a ele algo que não seja o melhor. Desejamos a ele o melhor. Ele teve uma baita de uma carreira”, declarou McDermott. “Não há necessidade de abordar isso (com o time). Estamos seguindo em frente. Isso é o que um time faz. Isso não vai se tornar uma distração para nós”, observou.

Atualmente com 30 anos de idade, Davis foi titular e atuou na primeira metade do confronto contra os Chargers antes de se aposentar durante o intervalo, quando os Bills estavam perdendo por 28 a 6.

O CB não foi visto no campo durante a segunda metade do jogo e não foi visto no vestiário depois da partida, que terminou com placar de 31 a 20 a favor dos Chargers.

Horas depois, ele divulgou um comunicado falando sobre a sua decisão de se aposentar, frisando que a realidade o atingiu em relação à capacidade física de atuar.

Na tarde desta segunda, Davis publicou no Twitter a frase “SÓ DEUS PODE ME JULGAR” antes de apagar a publicação na rede social.

“As ações dele já falaram. Ele está aposentado”, frisou McDermott.

O técnico dos Bills ressaltou que Davis segue no elenco dos Bills, mas ele e o general manager Brandon Beane estão debatendo a situação na posição de cornerback.

O time de Buffalo recebeu uma isenção de elenco nesta segunda, como confirmou a organização.

Ainda que Davis tenha dito em seu comunicado que não queria desrespeitar seus companheiros de equipe e treinadores, o linebacker Lorenzo Alexander chamou a decisão de se aposentar no meio do jogo de “completamente desrespeitosa” com o time.

Frazier foi na mesma linha de McDermott e mandou desejos positivos para o CB.

“Desejamos a ele nada além do melhor. Espero que as coisas funcionem para Vontae, seja o que for que ele decida fazer. Espero que ele aprenda com essa experiência. Eu não tenho certeza o que está passando na cabeça dele agora. Eu não falei com ele desde ontem até este momento. Mas, eventualmente, espero ter a chance de falar com ele e desejar nada além do melhor”, falou o coordenador defensivo.

Frazier, que disse nesta segunda que foi pego de surpresa com a decisão, acrescentou que conversou com Davis no banco de reservas antes de uma série defensiva, mas não especificou quando isso ocorreu no jogo.

Vontae Davis assinou um contrato de um ano com os Bills em fevereiro, depois de ser dispensado pelo Indianapolis Colts. Na época, o corte ocorreu logo após uma controvérsia sobre ele estar ou não lesionado.

Davis foi titular nos três primeiros jogos de pré-temporada dos Bills, mas perdeu seu posto de titular para Phillip Gaines e foi mantido fora da estreia do time na temporada regular.

Depois que o slot cornerback calouro Taron Johnson se lesionou na semana 1, Gaines se moveu para o slot para o jogo de domingo contra os Chargers e Davis assumiu sua vaga na defesa titular.

Gaines sofreu um deslocamento no cotovelo neste final de semana, mas tem chance de jogar no domingo (23), contra o Minnesota Vikings, como afirmou McDermott nesta segunda.

Comments
To Top