NFL

Sean Lee está refletindo sobre seu futuro no Dallas Cowboys e na NFL

Sean Lee, linebacker do Dallas Cowboys

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Dallas Cowboys viu sua temporada terminar na noite do último sábado (12), no Los Angeles Memorial Coliseum, já que a derrota por 30 a 22 para o Los Angeles Rams decretou a eliminação do time na rodada de divisão dos playoffs. E, com a queda, também pode ter chegado ao fim a carreira profissional de Sean Lee.

Após o revés no divisional round dos playoffs da Conferência Nacional (NFC), o linebacker revelou aos repórteres que falaria primeiro com sua família antes de decidir se vai se aposentar da National Football League.

“Obviamente, eu vou falar com a minha família e ver qual é o negócio. Tudo o que eu sei é que sou abençoado por estar aqui. Eu amo estar aqui (e) amo jogar futebol americano. Tenho que pensar nas coisas”, disse Lee, segundo o jornalista Jon Machota, do ‘SportsDay’. “É uma longa offseason. É algo que vou fazer em algum momento. Neste momento, estou frustrado com essa derrota”, observou.

Lee sai de uma temporada 2018 em que ele não atuou em tantos jogos como gostaria, seja devido às lesões que sofreu no músculo posterior da coxa bem como pelo surgimento do linebacker calouro Leighton Vander Esch.

Na noite de sábado, o camisa 50 jogou em campanhas defensivas consecutivas e ambas terminaram com touchdowns dos Rams. Na temporada regular, Lee atuou somente em sete jogos (cinco como titular) e, na vitória sobre o Seattle Seahawks, na rodada de wild card dos playoffs, o linebacker esteve em campo por apenas quatro snaps.

Antigamente considerado como o coração da defesa dos Cowboys, o linebacker de 32 anos de idade sofreu muito com problemas físicos em sua trajetória na NFL e jamais atuou em mais do que 15 jogos em uma temporada, tendo chegado a esse número em apenas duas oportunidades. Lee também ficou fora de toda a temporada 2014 devido a uma ruptura no ligamento cruzado anterior.

Duas vezes selecionado para o Pro Bowl e uma vez para o time All-Pro, Sean Lee sempre foi elogiado por sua ética de trabalho e por sua disposição para ajudar seus companheiros de equipe.

Caso a carreira de Lee na NFL tenha chegado ao fim, o linebacker selecionado na segunda rodada do draft de 2010 (55ª escolha geral) terá somado 698 tackles combinados, três sacks, 13 interceptações (duas retornadas para touchdown), dois fumbles forçados e 26 passes desviados.

“Vamos ver. Eu vou levar algum tempo para pensar sobre isso. Obviamente, saúde é um problema grande. Tentar permanecer saudável é algo que eu preciso fazer se eu quiser continuar jogando, mas eu amo jogar o esporte. Eu amo essa organização. Então, vamos ver isso”, finalizou Sean Lee, segundo a ‘Fox 4 Sports’.

Comments
To Top