NFL

Scramble semana 15 da temporada 2019 da NFL: Brees recordista em passeio dos Saints sobre os Colts

Drew Brees, quarterback do New Orleans Saints

(Crédito: Twitter/reprodução)

Já estamos em dezembro. E não adianta ficar mal porque não vamos voltar no tempo. Então o jeito é absorver o máximo possível da NFL e nós do Quinto Quarto te ajudamos com isso.

Antes de começarmos, escuta nosso podcast maravilhoso enquanto você ve os jogos, faz as compras no supermercado ou nada na piscina (ok, essa é uma má ideia). Nós passamos por todos os jogos com opiniões esdrúxulas, palpites furados e dicas de apostas que de vez em quando dão certo.

Enquanto escrevia que os números de Garoppolo pareciam tirados de um box score dos anos 40, fui atrás de um box score dos anos 40. Os Packers em 1944 venceram a NFL com Irv Comp tentando 10 passes, acertando 3 para 73 jardas. Garoppolo teve 8 passes, acertou 6 para 77 jardas

Can’t stop Heem.

Raheem Mostert’s THIRD TD of the first half! #NFLPlayoffs #GoNiners

📺: #GBvsSF on FOX
📱: NFL app // Yahoo Sports app
Watch free on mobile: https://t.co/jti8uZSrIn

O Packers foi muito além do que esperávamos esse ano em meio a tanta reformulação.

Ninguém faz 13-3 por acaso, mas a diferença para o 49ers esse ano está demonstrada em campo.

Não deu. De novo.

Parabéns aos torcedores do 49ers.

#GoPackGo

No primeiro jogo entre as duas equipes estava 23 a 0 no intervalo. Ninguém pensava que isso ia se repetir. Está 20 a 0 e ainda falta um minuto. Os Packers não estão à altura desse desafio #NFLnaESPN #NFL100 #NFLBrasil

Ficou de fora do Monday Night Football? Lamentamos que você perdeu uma grande noite de um tal camisa 9…

New Orleans Saints (11-3) 34 x 7 Indianapolis Colts (6-8)

– Simplesmente não há como começar esse resumo sem escrever Drew Brees na primeira linha. Esse cara é simplesmente fantástico e foi a noite dele. O gênio quebrou o recorde de passes para touchdown na história da NFL, chegando a 541 na carreira e ultrapassando os 539 de Peyton Manning.

– E os números de Brees nesse passeio sobre os Colts foram ainda mais impressionantes: 29 passes certos de 30 (sim, ele errou um único passe na partida) para 307 jardas e quatro TDs, com passer rating de 148.9. Foram 96,7% de passes completados, um novo recorde da liga em uma única partida.

– O Indianapolis Colts foi um verdadeiro horror neste Monday Night Football. A defesa cedeu 424 jardas totais e 27 first downs. E o ataque produziu apenas 205 jardas e 16 primeiras descidas. Pensem em um time sem ânimo e sem ambição. Foram os Colts no fechamento da semana 15.

– Jacoby Brissett fez uma das partidas mais sem graça que vi por um QB nas últimas semanas. E digo “sem graça” porque ele foi péssimo, mas nem arriscou tanto, sofreu interceptações e tudo mais (o que seria melhor, porque pelo menos teria tentado). Foram 18 lançamentos certos em 34 para 165 jardas, sem TDs e nem turnovers.

– A defesa dos Saints parece que entrou disposta a recuperar a confiança e conseguiu, cedendo um TD apenas no chamado ‘garbage time’. Atuação consistente e intensa da unidade comandada por Dennis Allen.

– O resultado deixa os Saints na briga pela campanha número 1 da Conferência Nacional (NFC). Os Saints estão empatados com Seattle Seahawks e Green Bay Packers, todos com campanha 11-3, mas ficam em terceiro devido ao desempate entre três equipes, já que Seahawks e Packers têm melhor porcentagem de aproveitamento em jogos entre equipes da NFC.

– Os Colts estão matematicamente eliminados da briga por uma vaga nos playoffs.

Perdeu o Sunday Night Football? A gente conta como foi…

Pittsburgh Steelers (8-6) 10 x 17 Buffalo Bills (10-4)

– O Sunday Night Football da semana 15 foi um jogo dominado pelas defesas. Prova disso é que nenhum dos ataques chegou às 270 jardas na partida. E o número de turnovers também demonstra isso: sete no total, sendo cinco dos Steelers e dois dos Bills.

– Essa diferença nos turnovers foi fundamental para o resultado final. E pesou sobretudo uma atuação horrenda de Devlin Hodges, já que o quarterback dos Steelers acertou 23 passes de 38 para 202 jardas, um TD e quatro interceptações.

– Do lado dos Bills, o quarterback Josh Allen não fez um jogo espetacular, acertando 13 passes de 25 para 139 jardas, um TD e uma interceptação, mas ele também anotou um TD terrestre e foi crucial para a vitória que deu uma vaga aos Bills nos playoffs.

– Pittsburgh basicamente esqueceu do jogo terrestre, produzindo somente 51 jardas pelo chão, o que certamente dificultou as coisas. Por outro lado, os Bills foram mais equilibrados e conquistaram 130 de suas 261 jardas correndo com a bola. Basicamente 50-50.

– Mesmo com a derrota, a defesa dos Steelers não foi mal em termos gerais. E, especialmente, o linebacker T.J. Watt fez uma apresentação digna de candidato a Jogador Defensivo do Ano: 0,5 sack, duas pancadas no QB, dois tackles para perda de jardas, um passe desviado e um fumble forçado.

– Do lado dos Bills, o maior destaque defensivo foi o cornerback Tre’Davious White, que interceptou dois passes de Hodges e foi o responsável por metade das interceptações do QB dos Steelers. White chegou a seis INT na temporada e está dominando neste quesito.

– É a primeira temporada de 10 vitórias para os Bills desde 1999 e a segunda classificação aos playoffs nas últimas três temporadas, o que mostra o bom trabalho que o técnico Sean McDermott e o general manager Brandon Beane vêm fazendo.

Você não viu os jogos das 18h seu herege? Tudo bem vai

Oakland Raiders (6-8) 16 x 20 Jacksonville Jaguars (5-9)

Arizona Cardinals (4-9-1) 38 x 24 Cleveland Browns (6-8)

Los Angeles Chargers (5-9) 10 x 39 Minnesota Vikings (10-4)

Dallas Cowboys (7-7) 44 x 21 Los Angeles Rams (8-6)

San Francisco 49ers (11-3) 22 x 29 Atlanta Falcons (5-9)

– Uma semana depois do resultado mais impressionante da temporada, os 49ers saíram de campo com um placar horrível. A derrota em casa para os Falcons derrubou San Francisco da primeira posição da Conferência e da divisão. E boa parte da razão para a “desgraça” foi Julio Jones, que com 134 jardas e 2 TDs, um deles faltando dois segundos para o fim. Depois, em uma jogada rugby fail, a diferença foi até maior.

– Se os Rams passaram o carro com o jogo terrestre nos playoffs de 2018 sobre os Cowboys, Dallas respondeu na mesma medida hoje. Foram 263 jardas, com 131 de Tony Pollard, inclusive com um TD de 44 jardas, e mais 117 jardas para Ezekiel Elliott em uma vitória incrível dos Cowboys. O time mostrou no primeiro tempo que acordou para a vida depois de performances horrorosas, entregando 4 TDs em campanhas seguidas. Jared Goff nem foi tão mal, apesar de ter melhorado seus números no garbage time, mas preocupou a péssima atuação de Todd Gurley, com apenas 20 jardas em 11 carregadas.

Você perdeu os jogos das 15h do domingo? Sem problemas

Cincinnati Bengals (1-13) 13 x 34 New England Patriots (11-3)

Detroit Lions (3-10) 17 x 38 Tampa Bay Buccaneers (7-7)

Green Bay Packers (11-3) 21 x 13 Chicago Bears (7-7)

Tennessee Titans (8-6) 21 x 24 Houston Texans (9-5)

Kansas City Chiefs (10-4) 23 x 3 Denver Broncos (5-9)

New York Giants (3-11) 36 x 20 Miami Dolphins (3-11)

Washington Redskins (3-11) 27 x 37 Philadelphia Eagles (7-7)

Carolina Panthers (5-9) 24 x 30 Seattle Seahawks (11-3)

– O Houston Texans conseguiu uma vitória enorme contra os Titans, fora de casa ainda. Com Carlos Hyde e suas 104 jardas jardas e 1 TD, DeAndre Hopkins com 119 jardas em seis recepções e Kenny Stills aparecendo para 2 TDs, Deshaun Watson (243 jardas, 2 TDs, 2 INTs) salvou sua pele em dia de duas interceptações na goal line. Ryan Tannehill (279 jardas, 2 TDs e uma INT) também foi interceptado na beira da end zone – uma delas quase foi James Harrison-ada (vídeo abaixo) -, mas conseguiu reverter uma desvantagem de 14 a 0 no intervalo, mas a defesa no fim não conseguiu segurar o ataque dos Texans em uma campanha de 80 jardas que terminou com um field goal de 29 jardas de Ka’imi Fairbairn para aumentar a vantagem para 10 faltando 3 minutos para o fim.

– O Green Bay Packers não teve uma tarde espetacular no ataque, com Aaron Rodgers passando de 200 jardas por pouco e Aaron Jones com apenas 51 jardas. Mas enquanto o time do Wisconsin aproveitou suas oportunidades e foi seguro, os Bears tiveram 2 INTs de Mitchel Trubisky, dois turnover on downs e mais um fumble perdido na hora do desespero para a conta fechar. A derrota basicamente tira toda a esperança dos Bears – que já era pequena – de chegar na pós-temporada e deixa os Packers senhores de si e torcendo para um tropeço de Minnesota para respirar tranquilo no topo da NFC North.

– Os Patriots fizeram seu dever atropelando o Cincinnati Bengals com 175 jardas terrestres, talvez um sinal da mesma virada que aconteceu na temporada passada e uma secundária voraz, interceptando 4 vezes o pobre Andy Dalton. Stephon Gilmore teve duas para a conta, uma delas pick six, e JC Jackson somou outro par. Os Patriots garantiram sua vaga nos playoffs. Já os Bengals basicamente garantiram Joe Burrow, vencedor do Trofeu Heisman, para 2020.

– Jameis Winston e o Tampa Bay Buccaneers não deviam estar aqui, afinal eles não irão para os playoffs. Mas sabe quem lançou para 4 TDs e é o primeiro jogador da história da NFL a ter dois jogos consecutivos com mais 450 jardas?

 

– O Philadelphia Eagles está louquinho para não ir aos playoffs. Mas hoje estava o Washington Redskins do outro lado, então tudo tem um limite. Os dois times trocaram lideranças a partida inteira e com 4:52 faltando, com um field goal de 43 jardas, os Redskins venciam por três. Mas Carson Wentz, com boa atuação, liderou um drive de 75 jardas para touchdown e Dwayne Haskins sofreu um fumble que foi retornado para a end zone, confirmando a vitória (com placar enganador) dos Eagles, que seguem na corrida pela fraca NFC East.

Não viu o TNF? Sem problemas

Baltimore Ravens (12-2) 42 x 21 New York Jets (5-9)

– O New York Jets não deu para o cheiro. Os Ravens fizeram um touchdown em sua primeira campanha e depois que os Jets erraram um field goal de 49 jardas, já parecia que a vaca tinha ido para o brejo.

– Lamar Jackson rapidamente conseguiu bater a incrível marca de 1039 jardas de Michael Vick em 2006 e chegou a 1108 jardas com as 86 que conquistou ontem. Ele ainda teve 5 TDs passando, chegando a 33, maior marca da NFL no momento.

– O que impressiona nos Ravens é a variedade de alvos também. Foram oito jogadores com recepções ontem, sendo que os cinco TDs foram divididos igualmente: Seth Roberts, Mark Andrews, Marquise Brown, Mark Ingram e Miles Boykin.

 

Comments
To Top