NFL

Scramble semana 12 da temporada 2019 da NFL: tudo finalizado com passeio dos Ravens

Baltimore Ravens

(Crédito: Instagram/reprodução)

A semana 12 já está aqui. E não adianta ficar mal porque não vamos voltar no tempo. Então o jeito é absorver o máximo possível da NFL e nós do Quinto Quarto te ajudamos com isso.

Não conseguiu ver o Monday Night Football? Perdeu uma verdadeira destruição na Costa Oeste…

Los Angeles Rams (6-5) 6 x 45 Baltimore Ravens (9-2)

– Olha, depois de uma ‘goleada’ do San Francisco 49ers sobre o Green Bay Packers, no Sunday Night Football, tivemos uma ainda pior no fechamento da semana 12. O Monday Night Football desta noite foi uma partida de um único time. MESMO.

– A vitória dos Ravens foi fácil, mas tão fácil, que o jogo até ficou ‘chato’ em determinado momento. Não para a torcida dos Ravens, que viu seu time produzir 480 jardas, sendo impressionantes 285 jardas corridas, e 31 first downs.

– A diferença de posse de bola também foi assustadora: 39min56s dos Ravens contra 20min04s para os Rams.

– Para os que endossam Lamar Jackson como MVP da temporada 2019, esse jogo realmente reforçou os argumentos a favor do camisa 8 dos Ravens. Jackson acertou 15 passes de 20 para 169 jardas e CINCO touchdowns (passer rating de 139.4) e ainda correu oito vezes para 95 jardas totais. Jackson foi o primeiro jogador a estrear em um MNF com cinco conexões para TD.

– Mark Ingram também teve uma grande atuação para auxiliar o ataque terrestre dos Ravens, correndo para 111 jardas e um TD, Marquise Brown foi o responsável por duas recepções para TD. Na defesa dos Ravens, Marcus Peters somou uma interceptação contra seu ex-time e Jimmy Smith também fez uma INT no final do jogo.

– Do lado dos Rams, que apagão. O time correu para pífias 22 jardas e não fez absolutamente nada no jogo além dos dois field goals de Greg Zuerlein.

– O quarterback Jared Goff foi muito mal mais uma vez, acertando 26 passes de 37 para 212 jardas e duas interceptações.

– PS: meus pêsames para os torcedores dos Rams. E, aos torcedores dos Ravens: podem ficar empolgados!

Perdeu o Sunday Night Football? Foi um passeio e a gente conta como foi…

San Francisco 49ers (10-1) 37 x 8 Green Bay Packers (8-3)

– Nem tenho muito o que escrever neste resumo, meus amigos. O placar basicamente diz tudo. Eu peço mil desculpas. Mas não vou deixá-los na mão.

– O San Francisco 49ers fez uma partida dominante e basicamente impecável em Santa Clara. Os donos da casa tiveram uma primeira metade de jogo irretocável e foram para o vestiário vencendo por 23 a 0.

– O Green Bay Packers até tentou reagir no terceiro quarto, fez um touchdown com conversão de dois pontos para reduzir a diferença para 23 a 8, mas segundos depois os Niners anotaram mais um TD e mataram a partida. Ainda houve tempo para mais um TD de San Francisco para fechar o placar em 37 a 8.

– Disparado, foi uma das piores partidas que vi de Aaron Rodgers. OK, ele foi super prejudicado pela lesão de Bryan Bulaga no lado direito da linha e pela entrada de Alex Light, que foi HORROROSO tentando conter o pass rush dos 49ers. Mas o camisa 12 acertou apenas 20 passes de 33 para 104 jardas e um touchdown, sofrendo cinco sacks para uma perda total de 38 jardas.

– O mais engraçado é que os Packers tiveram mais tempo de posse de bola (35min16s contra 24min44s) e mais first downs (19 a 16). Mas de nada adianta quando você produz 198 jardas totais, sendo pífias 81 aéreas.

– Do outro lado, Jimmy Garoppolo fez uma grande partida. Beneficiando-se da volta do tight end George Kittle, que fechou com seis recepções para 129 jardas e um touchdown, o QB dos Niners fechou com 14 passes precisos de 20 para 253 jardas e dois touchdowns.

– O pass rush dos Niners continua sendo sufocante. Cinco sacks, sendo dois de Arik Armstead e mais um do genial Nick Bosa, mostram isso muito bem. Isso fora a sensação de Rodgers ameaçado a noite inteira…

Continua sem ver as partidas? Vai… nós te ajudamos

Tennessee Titans (6-5) 42 x 20 Jacksonville Jaguars (4-7)

New England Patriots (10-1) 13 x 9 Dallas Cowboys (6-5)

6 – O ataque dos Patriots esteve longe de genial. Mas a defesa continua em um ritmo incrível. Dak Prescott teve 199 jardas, Ezekiel Elliott somou 86 e a equipe ainda teve uma falta de tripping bastante questionável para reclamar que matou uma campanha fundamental. Já a franquia de Foxborough aproveitou um punt bloqueado e recuperado na linha de 12 para Tom Brady passar para o calouro N’Keal Harry fazer seu primeiro TD da carreira. E foi basicamente isso.

Tom Brady teve apenas 190 jardas e o ataque segue estagnando, mas a defesa e os special teams fazem sua parte de forma incrível. Nick Folk, com dois field goals errados, foi um dos pontos negativos. Jason Garrett, optando por um chute quando podia ter tentado a quarta descida para sete e tentar empatar o jogo logo novamente ganha um JOINHA. Pode ter certeza que ele estará no texto de Herois e Vilões que entra nesta segunda.

7 – Quando enfrenta o Jacksonville Jaguars, Derrick Henry é uma mistura de Barry Sanders com OLHA A JAMANTA (você é torcedor dos Pats de verdade se sabe a que me refiro). Ele teve 159 jardas em apenas 19 carregadas e 2 TDs com 16 segundos de distância no cronômetro. Já Ryan Tannehill passou para dois TDs, correu para dois TDs e deixa os Titans vivíssimos na AFC South.

 

Perdeu os primeiros jogos do domingo? Nós te ajudamos

Atlanta Falcons (3-8) 22 x 35 Tampa Bay Buccaneers (4-7)

Buffalo Bills (8-3) 20 x 3 Denver Broncos (3-8)

Chicago Bears (5-6) 19 x 14 New York Giants (2-9)

New York Jets (4-7) 34 x 3 Oakland Raiders (6-5)

Cincinnati Bengals (0-11) 10 x 16 Pittsburgh Steelers (6-5)

Cleveland Browns (5-6) 41 x 24 Miami Dolphins (2-9)

New Orleans Saints (9-2) 34 x 31 Carolina Panthers (5-6)

Philadelphia Eagles (5-6) 9 x 17 Seattle Seahawks (9-2)

Washington Redskins (2-9) 19 x 16 Detroit Lions (3-7-1)

1 – O New Orleans Saints viu o Carolina Panthers errar um chute de 28 jardas com o jogo empatado faltando 2 minutos e avançou 65 jardas em 1:56 para chutar o FG da vitória. Não foi a vitória mais bonita, mas ela conta e a equipe continua na caça por um bye na NFC. Michael Thomas com 10 recepções passou das 100 na temporada, com 101 jardas e 1 TD. Um absurdo completo.

2 – O Pittsburgh Steelers pode ter encerrado a era Mason Rudolph. O segundo anista foi colocado no banco depois de conseguir apenas 85 jardas e ser interceptado uma vez. Devlin Hodges entrou e logo de cara teve um TD de 79 jardas com James Washington, que virou o placar de 7 a 3 para 10 a 7. Os Steelers sofreram mais do que deveriam, mas venceram a sexta partida.

3 – O jogo mais chocante aconteceu no Met Life Stadium. Os Raiders depois de muito tempo estavam sendo elogiados e podiam sonhar com uma vaguinha nos playoffs. Aí eles vão para Nova Jersey e levam 34 pontos dos Jets, com Sam Darnold somando 315 jardas e a defesa anulando Josh Jacobs – 34 jardas – e forçando até pick six. Essa é a NFL que amamos.

4 – O que nós falamos no podcast do Quinto Quarto? Nunca aposte/palpite/adivinhe a favor de Falcons, Chargers e Buccaneers. Mas quando Falcons e Buccaneers jogam, alguém tem que ser escolhido. E óbvio que o escolhido vai te trair. Depois da defesa dos Falcons acordar para a vida e anular Saints e Panthers, Jameis Winston teve 313 jardas, Chris Godwin soma 184 jardas e os Bucs vencem sua quarta no ano. Pelo menos Winston não nos decepcionou com duas interceptações, uma delas em seu primeiro passe no jogo. Ufa.

5 – Os Bills continuam querendo provar que são um time sério. Os Broncos não são um grande rival, mas Buffalo foi lá e não deu chances. Brandon Allen teve míseras 82 jardas, Phillip Lindsay teve apenas 57 e o ataque corrido com 244 jardas se encarregou de deixar os Bills em campo e pontuando. Josh Allen, com 2 TDs, uma INT e 185 jardas, ama não precisar fazer tanto.

Extra: os Seahawks estão 6-0 fora de casa. Vitória incrível, com a defesa forçando um jogo pavoroso de Carson Wentz. E a NFC West ainda está aberta.

Obrigado a todos que acompanharam conosco aqui no QQ até agora! Boa semana para vocês!

Tamo junto ❤️

#NFLnaESPN #NFL100 #NFLBrasil #FlyEaglesFly #GiantsPride

A defesa dos Giants foi HORROROSA na prorrogação e ofuscaram a boa atuação de Eli Manning em seu retorno…

#NFLnaESPN #NFL100 #NFLBrasil #FlyEaglesFly #GiantsPride

TOUCHDOWN PHILADELPHIA EAGLES!

Em conexão de Wentz com Ertz, os Eagles vencem o jogo na prorrogação!

Philadelphia Eagles 23 x 17 New York Giants

#NFLnaESPN #NFL100 #NFLBrasil #FlyEaglesFly #GiantsPride

Eagles começam com tudo na prorrogação e já estão em área de FG…

#NFLnaESPN #NFL100 #NFLBrasil #FlyEaglesFly #GiantsPride

Confira o nosso podcast sobre a semana 12 com palpites, opiniões e a participação dos seguidores, que escolheram os times mais decepcionantes da temporada até agora


VOCÊ NÃO CONHECIA NOSSO PODCAST? Então fica esperto aí, se inscreve no nosso canal do YouTube e começa a nos seguir no Instagram. E confere também nosso perfil no Twitter, onde vamos falar dos jogos, dar pitacos, opiniões e retwittar vídeos de lances e coisas sensacionais, como gatos invasores.

Você não viu o TNF entre Texans e Colts? Nós te ajudamos

Houston Texans (7-4) 20 x 17 Indianapolis Colts (6-5)

1. Os dois times chegaram iguais e no topo da AFC South e quem vencesse teria uma enorme vantagem para chegar aos playoffs. Muito bem, Houston está em festa. Muito graças a DeAndre Hopkins, que pegou duas lindas bolas na end zone para dar a vitória aos Texans. O wide receiver terminou com 94 jardas em seis recepções e 2 TDs. Will Fuller com sete recepções e 140 jardas também foi vital.

2. Os Colts conseguiram o primeiro TD da partida e conseguiram impor seu jogo corrido, com 175 jardas pelo chão. Mas o ataque aéreo foi errático, com Jacoby Brissett hesitando e perdendo alguns recebedores abertos. Ele teve apenas 129 jardas pelo ar e em uma quarta para sete fundamental, não conseguiu achar um recebedor e tentou correr até a primeira descida. Não deu certo, os Texans pegaram a bola e só gastaram o relógio.

3. A derrota acabou com uma sequência de cinco triunfos de Indy dentro da divisão, três nesta temporada e duas na passada. A culpa não foi só de um personagem, como deu para notar acima. Ainda dá para botar T.Y. Hilton, que voltou e estava claramente sendo poupado, mas mesmo assim poderia ter brilhado, mas com dois drops em bolas de importância não conseguiu deixar sua marca.

4. No duelo Watson x Brissett, a melhor foi para o QB de Houston, que teve 298 jardas aéreas e dois passes para TD. Mas esteve longe de ser um jogo ótimo do camisa 4, que teve uma interceptação feia e poderia ter sofrido outra em um passe ruim no meio do campo. Mas para sua sorte, Hopkins estava inspirado. E isso teve enorme peso.

Comments
To Top