NFL

Scramble semana 11 da temporada 2019 da NFL: um MNF divertido na Cidade do México

 

(Crédito Twitter/reprodução)

A semana 11 já está aqui. E não adianta ficar mal porque não vamos voltar no tempo. Então o jeito é absorver o máximo possível da NFL e nós do Quinto Quarto te ajudamos com isso.

Confira o nosso podcast sobre a semana 11 com palpites e atenção especial para times que negligenciamos.

VOCÊ NÃO CONHECIA NOSSO PODCAST? Então fica esperto aí, se inscreve no nosso canal do YouTube e começa a nos seguir no Instagram. E confere também nosso perfil no Twitter, onde vamos falar dos jogos, dar pitacos, opiniões e retwittar vídeos de lances e coisas sensacionais, como gatos invasores.

Perdeu o Monday Night Football na Cidade do México? Foi um jogo bem divertido e a gente conta como foi…

Los Angeles Chargers (4-7) 17 x 24 Kansas City Chiefs (7-4)

– O Monday Night Football no Estádio Azteca, na Cidade do México, foi bem divertido. Fechamos a semana 11 da temporada 2019 da NFL com uma partida bem gostosa de assistir e com emoção até o final.

– O ataque do Kansas City Chiefs esteve longe de jogar o que estamos acostumados a ver. Apesar da vitória, a unidade liderada por Patrick Mahomes produziu apenas 310 jardas na partida, sendo somente 180 jardas aéreas. Em comparação com o ataque dos Chargers (438 jardas e 345 jardas aéreas), conseguimos notar a diferença.

– O próprio Patrick Mahomes teve uma das atuações mais modestas de sua carreira profissional. Ele acertou 19 passes de 32 para 182 jardas, um touchdown e uma interceptação, fechando com passer rating de 72.6. Pelo menos ele se virou bem com as pernas, com cinco corridas para 59 jardas totais.

– A defesa dos Chiefs, sempre muito criticada, novamente foi um ponto vulnerável. Ao menos em termos de jardas. Contudo, a unidade liderada pelo coordenador Steve Spagnuolo forçou quatro turnovers, sendo quatro INT de Philip Rivers, e obteve vantagem.

– E, falando em defesa de Kansas City, QUE PARTIDA DE FRANK CLARK! O defensive end somou um sack, um tackle para perda de jardas, um passe desviado, três pancadas no QB e cinco tackles totais. Isso fora os ‘ameaço’.

– Philip Rivers, aliás, acertou 28 passes de 52 para 353 jardas, um touchdown e quatro interceptações. Mais uma partida horrorosa do camisa 17 dos Chargers.

– Austin Ekeler dominou entre os wide receivers dos Chargers e fez oito recepções para 108 jardas.

– BONUS TRACK: durma com essa tentativa de bloqueio de Philip Rivers…

Perdeu o Sunday Night Football? Não perdeu muito, mas a gente conta como foi…

Los Angeles Rams (6-4) 17 x 7 Chicago Bears (4-6)

– Foi um dos jogos mais horrorosos da temporada, sem sombra de dúvidas. Por mim, eu terminaria essa análise aqui. Mas nós do Quinto Quarto não somos tão vagabundos assim.

– Ofensivamente, os dois times foram muito mal. Para isso, basta olhar os números dos quarterbacks: Jared Goff, pelos Rams, acertou 11 passes de 18 para 173 jardas e uma interceptação, e Mitchell Trubisky, pelos Bears, conectou 24 passes de 43 para 190 jardas, um touchdown e uma interceptação.

– Ainda assim, os Bears conseguem se superar em termos de ruindade. A equipe produziu pífias 3,6 jardas por jogada. E olha que os Rams também não foram nenhuma maravilha neste quesito, com 5,4 jardas de média.

– A defesa de Chicago foi um dos poucos pontos positivos, forçando dois turnovers (um fumble e uma interceptação) e cedeu apenas 173 jardas aéreas na partida.

– Foi legal ver Todd Gurley de volta à velha forma. O running back dos Rams correu 25 vezes para 97 jardas e um touchdown, além de fazer três recepções para 36 jardas, totalizando 133 jardas na partida.

– Aaron Donald segue sendo a velha máquina defensiva. O camisa 99 dos Rams produziu dois sacks, deu quatro pancadas em uma do QB, somou dois tackles para perda de jardas e quatro tackles totais. Ele é um defensor muito completo e dá gosto de vê-lo em campo.

– Me assusta ver o quanto esses dois times caíram nesta temporada. Mas, sobretudo, o quanto os Bears são pragmáticos ofensivamente. Trubisky foi tão mal que cedeu lugar a Chase Daniel com 3min24s remanescentes no último quarto e foi visto tendo uma conversa secreta com o técnico Matt Nagy na lateral.

Perdeu os jogos das 18h? Nós te ajudamos

Philadelphia Eagles (5-5) 10 x 17 New England Patriots (9-1)

Oakland Raiders (6-4) 17 x 10 Cincinnati Bengals (0-10)

San Francisco 49ers (9-1) 36 x 26 Arizona Cardinals (3-7-1)

6 – O placar pode ser um pouco mentiroso porque com dois minutos faltando os Cardinals lideravam por três pontos, aproveitando os turnovers dos Niners. Foram duas interceptações de Jimmy Garoppolo, que se recuperou e teve recorde de jardas (424) e touchdowns, com 4. A defesa subiu o muro e forçou dois fumbles nos dois minutos finais e Garoppolo achou Jeff Wilson Jr. antes da blitz chegar para virar o placar no minuto final e vencer a partida.

7 – Se o Super Bowl LII foi um show dos ataques, com mais de 1100 jardas e apenas um punt, o jogo de hoje entre Eagles e Patriots foi das defesas. Os Eagles abriram 10 a 0 com 12 minutos faltando para o intervalo mas foram completamente anulados no restante da partida, com 7 punts, um fumble, um turnover on downs e uma hail mary sem frutos para encerrar a partida. Os Patriots não foram tão bem, com Tom Bradypassando 47 vezes e só conseguindo 216 jardas. Mas foi o suficiente, com o único touchdown foi em um Philly Special com tempero diferente: Brady passou para Julian Edelman, que encontrou Phillip Dorsett na end zone.

 

Perdeu os primeiros jogos do domingo? Sem problemas

Nós te ajudamos.

Miami Dolphins (2-8) 20 x 37 Buffalo Bills (7-3)

Minnesota Vikings (8-3) 27 x 23 Denver Broncos (3-7)

Washington Redskins (1-9) 17 x 34 New York Jets (3-7)

Detroit Lions (3-6-1) 27 x 35 Dallas Cowboys (6-4)

Indianapolis Colts (6-4) 33 x 13 Jacksonville Jaguars (4-6)

Tampa Bay Buccaneers (3-7) 17 x 34 New Orleans Saints (8-2)

Carolina Panthers (5-5) 3 x 29 Atlanta Falcons (3-7)

Baltimore Ravens (8-2) 41 x 7 Houston Texans (6-4)

1 – Acho que não dá para falar outra coisa: o Baltimore Ravens é o time mais quente do momento. A equipe simplesmente atropelou o Houston Texans e isso que teve um começo mais frio, com um field goal errado e uma tentativa de trick play quando o time estava formado para outro FG que deu errado. O time teve 263 jardas terrestres e Jackson passou para 4 TDs, tendo um rating de 139,9. A defesa ainda subiu de nível e permitiu míseras 169 jardas para Deshaun Watson, que ainda podia sonhar com MVP. Não mais. E Lamar encosta em Russell Wilson…

2 – O Indianapolis Colts adorou essa derrota dos Texans porque empatou em número de vitórias e derrotas na liderança da AFC South. E o melhor: basicamente jogando uma pá de cal no rival Jaguars. Nick Foles e Jacony Brissett, ambos voltando, até foram bem, mas o destaque do jogo foi o ataque terrestre dos Colts. Jonathan Williams teve 116 jardas e Marlon Mack mais 109. Leonard Fournette teve apenas 23 jardas. Isso explica muito.

3 – Eu sei que não é um time que importa tanto, mas o Atlanta Falcons teve outro jogo bom. Uma semana depois de vencer os Saints com autoridade, bateu os Panthers com sobra na Carolina. O triste disso tudo é que o time ainda tem chances, mas mínimas e a cada vitória destas se afasta das melhores posições do Draft, que poderia render uma reconstrução rápida para o elenco. Nem quando ganha a franquia está em paz.

4 – Ninguém dava muito para o jogo entre Vikings e Broncos, tanto que Minnesota era favorito por mais de 10 pontos para Las Vegas. O que só deixou tudo mais surpreendente quando Denver tinha 20 a 0 no intervalo. Mas o time tomou vergonha na cara no segundo tempo e nas suas quatro campanhas teve touchdown, touchdown, touchdown e… touchdown. Kirk Cousins teve 3 TDs e 319 jardas, Stefon Diggs somou 121 jardas e 1 TD e desta vez os Vikes pouco fizeram pelo chão, com Dalvin Cook tendo 26 jardas terrestres apenas.

5 – Michael Thomas chegou a 90 recepções em apenas 10 jogos da temporada, o menor número de jogos que um recebedor precisou para chegar a essa marca. Bota mais 114 jardas na conta, um TD, 28 de 35 e 3 TDs para Drew Brees e 4 interceptações, uma dela pick six para Jameis Winston. Tudo normal em Tampa Bay, sem novidades.

FIM DE SNF!

Pittsburgh Steelers 10 x 17 Buffalo Bills

Obrigado a todos que acompanharam conosco esse jogo defensivo! Até mais!

#NFLnaESPN #NFL100 #NFLBrasil #HereWeGo #GoBills

E os Steelers seguem vivos depois da falta dos Bills e do punt ruim… Uau!

#NFLnaESPN #NFL100 #NFLBrasil #HereWeGo #GoBills

Picked off in the end zone!

Jordan Poyer comes up with the huge takeaway. #GoBills @J_Poyer21

📺: #BUFvsPIT on NBC
📱: NFL app // Yahoo Sports app
Watch free on mobile: https://t.co/NdeLpshk54

INTERCEPTAÇÃO DO BUFFALO BILLS!

Devlin Hodges solta o passe na end zone e é interceptado!

#NFLnaESPN #NFL100 #NFLBrasil #HereWeGo #GoBills

Perdeu o Thursday Night Football? Então você perdeu uma das coisas mais bizarras

Cleveland Browns (4-6) 21 x 7 Pittsburgh Steelers (5-5)

1 – Ninguém vai lembrar do jogo em si e do placar, até porque a qualidade foi duvidosa. Mas será difícil esquecer que com poucos segundos restando no relógio, Myles Garrett e Mason Rudolph se engalfinharam, o jogador dos Browns tirou o capacete do quarterback e usou ele como arma, acertando a cabeça do jogador rival.

2 – Os Steelers tiveram uma partida para esquecer ofensivamente, com quatro interceptações de Mason Rudolph, field goal perdido, turnover on downs e tudo que há de direito negativo.

3 – Os Browns também não foram o modelo de ataque, mas Baker Mayfield teve dois passes para touchdown, um em bela jogada que prolongou com os pés e passou para Stephen Carlson fazer bela recepção e outro TD corrido. Ele terminou com 192 jardas, o que não é um grande número, mas foi ajudado pelas boas posições de campo que a defesa forçou.

4 – Mas os pontos 2 e 3 realmente não importam. Este Thursday Night Football será lembrado pelo ato covarde de Garrett que deixou todos na liga completamente incrédulos.

Comments
To Top