NFL

Scramble #2: Titans voltam a vencer, Patriots batem Vikings e mais

tom brady patrios

Crédito: Instagram/reprodução

New England Patriots (9-3) 24 x 10 Minnesota Vikings (6-5-1)

O cara do jogo: Tom Brady (24 de 42, 311 jardas, 1 TD e uma INT)

Depois de uma sequência de erro de field goal de Stephen Gostkowski de 48 jardas e um field goal certo de Dan Bailey para empatar o jogo a 10, parecia que o jogo poderia ficar feio. Mas os Patriots mais uma vez fizeram seu trabalho, precisando de quatro jogadas para um TD de Josh Gordon e seis jogadas para James Develin correr para seu segundo TD da noite, dando números finais à partida.

Foi a sétima vitória em oito jogos dos Patriots, a 250ª vitória de Bill Belichick contando temporada regular e playoffs e a partida onde Tom Brady chegou a 579 passes para touchdown somando temporada regular e pós-temporada, recorde que ele divide com Peyton Manning e também à marca de mil jardas corridas. Para Brady, mil jardas corridas é como 100 gols para um goleiro. Os Pats não cansam. Nunca.

Oakland Raiders (2-10) 33 x 40 Kansas City Chiefs (10-2)

O cara do jogo:  Travis Kelce (12 recepções, 168 jardas e 2 TDs)

Em um jogo que tinha tudo para ser complicado, já que a equipe acabou de dispensar uma de suas estrelas, os Chiefs arrancaram com tudo e bateram os Raiders em um duelo de divisão que teve 73 pontos. Patrick Mahomes passou para quatro touchdowns e Travis Kelce teve um jogo monstruoso, com 168 jardas e 2 TDs.

Os Raiders ainda conseguiram pontuar, reagindo depois de um primeiro quarto horroroso. Mas três fumbles perdidos, transformados em três pontuações dos rivais de AFC West decidiram a partida. Spencer Ware, que assumiu a posição deixada pela dispensa de Kareem Hunt, teve 47 jardas em 14 carregadas e um TD de corrida, recebendo o snap diretamente do center.

Tennessee Titans (6-6) 26 x 22 New York Jets (3-9)

O cara do jogo: Marcus Mariota (20 de 35, 282 jardas, 2 TDs e 1 INT)

O Tennessee Titans tinha perdido dois jogos seguidos, inclusive o duelo de AFC South contra o Houston Texans. E ficando 16 pontos atrás contra o New York Jets, que não pensa em mais nada além do Draft de 2019, o negócio ia ficar bem feio. Sorte que Marcus Mariota acordou, com 220 das 282 jardas da partida vindo no segundo tempo e um TD para Corey Davis com 36 segundos faltando para virar o placar. Agora o time está embolado na briga pelo segundo wild card da AFC, com seis vitórias assim como Broncos, Dolphins e Colts. Os Ravens têm sete vitórias.

Os Jets abriram 10 a 0 depois de uma pick six de Trumaine Johnson e ainda venciam por 22 a 13 no fim do terceiro quarto. Os Jets vão lamentar que Jason Myers, o kicker, chutou 5 field goals, já que o time não conseguiu completar os drives com TDs. Os Titans também falharam nisso, tendo dois drives com first and goal no último quarto e só conseguindo FGs. Mas pelo menos, no drive final, que começou na linha de 14 e 1:46 faltando, Mariota levou o time até a terra prometida.

Seattle Seahawks (7-5) 43 x 16 San Francisco 49ers (2-10)

O cara do jogo: Bobby Wagner (12 tackles, 1 sack e uma INT retornada 98 jardas para TD)

O duelo entre Seahawks e 49ers marcou a volta de Richard Sherman para o CenturyLink Field ao mesmo tempo a memória de duelos mais interessantes entre essas duas equipes. Os Seahawks logo mostraram sua superioridade, com Russell Wilson tendo três passes para TD só no primeiro tempo e quatro na partida sendo que ele só teve 17 passes no jogo.

O jogo corrido teve 168 jardas e Bobby Wagner ainda retornou uma interceptação para TD de 98 jardas, a mais longa da história da franquia. Com o placar em 20 a 0, nem ver a cara de Sherman na sideline valia mais a pena.

Comments
To Top