NFL

Scramble #2: Rams atropelam, 49ers vencem primeira e Falcons dão sinal de vida

Robert Woods Rams

Crédito: Instagram/reprodução

Los Angeles Rams (7-2) 33 x 7 Houston Texans (3-6)

O cara do jogo: Robert Woods (8 recepções para 171 jardas e 2 TDs)

Os Rams demoraram para engrenar, mas com um terceiro quarto sensacional, a equipe de Los Angeles conseguiu aproveitar o fato do Houston Texans ter tido uma temporada infernal no quesito lesões e venceu a sétima partida na temporada. A equipe californiana segue como uma das melhores da NFC e lidera a NFC West.

Foram 21 pontos na volta do intervalo, com Jared Goff tendo 3 passes para TD nos quinze minutos do período, dois deles para Robert Woods. Goff teve 355 jardas na partida, recorde de sua carreira. Woods também bateu o recorde de sua carreira com 171 jardas.

Para os Texans, o melhor é mesmo pensar na temporada seguinte. A primeira campanha no ataque teve um fumble de Tom Savage após a pressão de Aaron Donald e as coisas não ficariam melhores para seu QB, que teve duas interceptações e foi zerado no segundo tempo inteiro.

San Francisco 49ers (1-9) 31 x 21 New York Giants (1-8)

O cara do jogo: C.J. Beathard (288 jardas, 2 TDs e 1 TD corrido)

No duelo de dois times tradicionais que estão tendo temporadas horrorosas, os Niners conseguiram acabar com seu jejum de vitórias, vencendo sua primeira no ano com a melhor atuação do calouro C.J. Beathard em sua carreira. Ele teve dois passes para TD e ainda correu para mais um.

Para você ter uma noção da ruindade das duas equipes, antes da segunda jogada ofensiva da partida, os dois times já tinham cometido, somados, três faltas. Os Niners, que não lideravam um placar desde o dia 1º de outubro, foram claramente melhores e Beathard achou Marquise Goodwin para um TD de 83 jardas e um de 47 jardas para Garrett Celek, ambos no segundo quarto. O time assim manteve a vantagem até o fim para dar a primeira vitória para Kyle Shanahan.

Atlanta Falcons (5-4) 27 x 7 Dallas Cowboys (5-4)

O cara do jogo: Adrian Clayborn (seis sacks)

Quem joga Madden sabe que se você escolher por um “pass rush agressivo”, o número de sacks vai ser gigante caso o adversário não note a estratégia ou saiba como evitar. Hoje esse adversário foram os Cowboys e Adrian Clayborn aproveitou. Sem Tyron Smith, o defensor fez a festa contra Chaz Green e somou seis sacks. No ataque, Matt Ryan achou a fagulha de 2016 que não virou fogo em 2017 e teve boas conexões com seus recebedores.

Não foi uma máquina de jardas ou pontos como na temporada passada, com Ryan somando 215 jardas. Mas ele distribuiu bem a bola – sete recebedores tiveram pelo menos uma recepção – e dois passes para TD, para Austin Hooper e Justin Hardy. Com Devonta Freeman saindo no começo da partida por causa de uma concussão, Tevin Coleman teve que assumir a bronca e fez bom papel, com 20 carregadas para 83 jardas e um TD. E assim os Falcons deram um sinal de vida.

Os Cowboys sentiram mais a falta de Smith que de Ezekiel Elliott, que cumpriu seu primeiro jogo de suspensão e caso tenha visto a partida, observou que Alfred Morris não foi mal, com 4,8 jardas por carregada, totalizando 11 carregadas para 53 jardas. O problema foi mesmo Dak Prescott ser aniquilado pela defesa dos Falcons e ainda a lesão de Sean Lee no primeiro quarto.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top