NFL

Scramble #2: Defesa dos Cardinals massacra Rodgers, e Arizona bate Green Bay em casa; Rams e Saints também vencem

(Foto: Reprodução/Instagram)

(Foto: Reprodução/Instagram)

Arizona Cardinals (13-2) 38 x 8 Green Bay Packers (10-5)

Em um dos duelos mais aguardados da semana 15 na NFL, o Arizona Cardinals recebeu o Green Bay Packers no University of Phoenix Stadium e amaçou o rival de conferência, vencendo por 38 a 8. Com o triunfo, a franquia de Glendale garantiu a folga na primeira rodada dos playoffs e ainda complicou a situação dos Packers, que, também já garantidos na pós-temporada, podem ficar sem o título da NFC Norte.

Carson Palmer teve sua sequência de quatro partidas sem uma interceptações quebrada, mas conseguiu outro bom jogo, acertando 18 de 27 passes tentados para dois touchdowns e uma interceptação. O calouro David Johnson foi destaque no jogo corrido e no aéreo, correndo nove vezes para 39 jardas e recebendo três passes para 88 jardas. Contudo, o grande destaque dos Cardinals foi a defesa, que anotou dois TDS em fumbles retornados.

Aaron Rodgers sofreu com a agressiva linha dos anfitriões, que somaram nove sacks durante toda a partida. Assim, o signal-caller dos Packers conectou 15 de 28 passes tentados para 151 jardas, um TD e uma interceptação. Eddie Lacy foi um dos poucos destaque dos visitantes, com 12 corridas para 60 jardas e uma recepção para 28 jardas e um TD.

Mesmo sem poder contar com Tyrann Mathieu, fora da temporada, e Rashad Johnson, desfalque pela segunda partida consecutiva, a defesa do Arizona apavorou a linha ofensiva dos Packers e não deixou o Rodgers pensar dentro do pocket. Dwight Freeney e Calais Campbell, com 3 e 2,5 sacks cada respectivamente, infernizaram o ataque dos Packers e forçaram fumbles.

Além disso, o ataque dos Cardinals também funcionou bem com as “big plays” de sempre. Com 31 pontos seguidos antes da metade do terceiro quarto, os anfitriões até puderam poupar os reservas no quarto final.

Deste modo, com a derrota mais cedo do Carolina Panthers, o Arizona Cardinals ainda sonha com a primeira colocação da NFC. Caso vença o Seattle Seahawks na próxima semana e o Carolina perca para o Tampa Bay Buccaneers, o time do deserto garantirá o mando de campo durante todo os playoffs.  Por outro lado, os Packers recebem o rival Minnesota Vikings em um duelo direto pelo título da divisão.

Seattle Seahawks (9-6) 17 x 23 Saint Louis Rams (7-8)

Mesmo jogando em seu barulhento estádio, o CenturyLink Field, o Seattle Seahawks foi derrotado pelo rival de divisão Saint Louis Rams por 23 a 17. Já garantido nos playoffs, os Seahawks viram suas chances de garantir o mando de campo no wild card diminuírem consideravelmente, enquanto os Rams, já eliminados da temporada, varreram o confronto contra o Seattle pela primeira vez desde 2004.

Com a defesa parando o ataque do Seattle, que vinha voando nas últimas semanas, o ataque de Saint Louis conseguiu abrir 16 a 0 ainda no segundo quarto, com direito a um lindo touchdown de Kenny Britt queimando o todo poderoso Richard Sherman. Doug Baldwin, com seu 14º TD recebido na temporada, o recorde da história da franquia, tentou recolocar os anfitriões de volta na partida. Porém, a reação parou por aí, e os Rams, assim como na semana um da NFL, bateu os Seahawks.

Case Keenum acertou 14 de 23 passes tentados para 103 jardas e um TD. O calouro Todd Gurley correu 19 vezes para 85 jardas e um TD. Destaque para a defesa dos Rams, que parou o ímpeto adversário e ainda marcou um TD com Akeem Ayers, que retornou um fumble.

Russell Wilson acertou 25 de 41 passes tentados para 289 jardas, dois TDS e uma interceptação, a primeira desde o jogo contra o Arizona Cardinals, na semana 10. Doug Baldwin fez oito recepções para 118 jardas e um TD.

New Orleans Saints (6-9) 38 x 27 Jacksonville Jaguars (5-10)

Com um ótimo primeiro tempo, o New Orleans Saints bateu o Jacksonville Jaguars por 38 a 27 em seu último jogo em casa nesta temporada. O duelo já não tinha tanta relevância para as equipes, já que ambas entraram em campo eliminadas, mas, mesmo assim, a partida foi bem disputada. Os anfitriões chegaram a abrir 24 a 0 ainda antes do intervalo. Contudo, os Jaguars chegaram a esboçar uma reação, indo para o último quarto perdendo por apenas 12 pontos (31 a 19). A reviravolta não aconteceu e os Saints se despediram de sua torcida com uma boa vitória.

Drew Brees, mais uma vez, teve uma grande exibição, acertando 25 de 36 passes tentados para 412 jardas e três touchdowns. Tim Hightower foi o destaque do jogo corrido dos Saints com 27 corridas para 122 jardas e dois TDS, enquanto Bradin Cooks foi o do jogo aéreo com cinco recepções para 123 jardas e um TD.

Blake Bortles teve um começo não muito bom, mas se recuperou durante o duelo, terminando a partida com 27 passes corretos de 35 tentados para 368 jardas, quatro TDS e duas interceptações. Allen Robinson foi um destaque com seis passes recebidos para 151 jardas e um TD, o mais longo da temporada em uma jogada de passe.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top