NFL

Scramble #2: Chiefs batem Chargers, Packers vencem na prorrogação e Titans convencem

Kareem Hunt Chiefs

Crédito: Instagram/reprodução

Los Angeles Chargers (0-3) 10 x 24 Kansas City Chiefs (3-0)

O cara do jogo: Kareem Hunt (17 carregadas para 172 jardas e 1 TD)

Kareem Hunt não está querendo deixar dúvidas sobre quem será escolhido o calouro do ano no fim da temporada. O running back do Kansas City Chiefs colocou a cereja no bolo com um touchdown de 69 jardas e sacramentou a vitória contra um rival de divisão que teve seu quarterback em tarde horrorosa. Phillip Rivers teve 3 interceptações logo de cara, acertou apenas metade de seus passes (20 de 40) e mesmo com sua defesa ajudando, não soube aproveitar as oportunidades que teve.

Apesar de Rivers estar entregando os pontos no começo, os Chiefs sairam ganhando no intervalo apenas por um touchdown (14 a 7, com Tyreek Hill e Albert Wilson), já que a defesa dos Chargers conseguiu pressionar Alex Smith (16/21, 155 jardas, 2 TDs), com cinco sacks. O segundo tempo inteiro passou sem uma mísera pontuação até que depois de mais um punt dos mandantes resultou em uma campanha que só teria que queimar relógio resultando em uma explosão de Hunt. Enquanto os Chiefs mostram dominância com seu 3-0, os Chargers basicamente ficam na mesma dos últimos anos: time bom, mas extremamente decepcionante.

 


 

Green Bay Packers (2-1) 27 x 24 Cincinnati Bengals (0-3) – Prorrogação

O cara do jogo: Josh Jones (12 tackles, 3 para perda de jardas e 2 sacks)

Os Packers chegaram a ficar atrás por 21 a 7 em casa contra um Cincinnati Bengals que tinha passado vergonha nas duas primeiras semanas. Porém, no segundo tempo, a equipe de Green Bay acordou para a vida, Aaron Rodgers achou Geronimo Allison  – 6 recepções para 122 jardas, inclusive uma de 72 jardas na prorrogação –  e Jordy Nelson (2 touchdowns).

Mas ainda teve mais diferenciais. Josh Jones foi um inferno para o ataque dos Bengals, com 12 tackles e ainda 2 sacks em Andy Dalton. E a torcida na prorrogação fez os Bengals terem que pedir um tempo antes mesmo do primeiro snap da prorrogação e incendiou seu time, que forçou um three and out na defesa e no ataque, puxou a bola até a linha de nove jardas para Mason Crosby ter um field goal de 27 jardas para ganhar o jogo.

Tennessee Titans (2-1) 33 x 27 Seattle Seahawks (1-2)

O cara do jogo: DeMarco Murray (14 carregadas para 115 jardas e 1 TD)

Além de contar a vitória, os Titans conseguiram algo ainda mais importante neste domingo: plantear sua posição entre os melhores times da Conferência Americana. Com 115 jardas de DeMarco Murray – e um TD de 75 jardas -, Marcus Mariota seguro, com 225 jardas aéreas e 2 TDs e 21 pontos no terceiro quarto, a equipe fez 33 pontos contra a temida defesa dos Seahawks.

De nada adiantou Russell Wilson passar para quatro touchdowns e 373 jardas. Faltas idiotas, que fizeram o time perder 98 jardas, inclusive com uma interceptação (Kam Chancellor) sendo anulada por causa de três penalidades de Richard Sherman. E mais uma vez o ataque terrestre não funcionou, com apenas 69 jardas conquistadas. Wilson ainda fez a diferença ser cortada no último período com um TD para Paul Richardson, mas os Titans conseguiram segurar a vitória.

Comments
To Top