NFL

Scramble #1: Steelers batem Ravens e vencem 4ª seguida, Chiefs vencem Browns e mais

Pittsburgh Steelers

(Crédito: Twitter/reprodução)

Baltimore Ravens (4-5) 16 x 23 Pittsburgh Steelers (5-2-1)

O cara do jogo: James Conner (24 carregadas para 107 jardas mais 7 recepções para 56 jardas e um TD)

Depois de perder para os Ravens em casa, os Steelers deram uma repensada na vida e agora somam quatro vitórias seguidas, batendo inclusive Baltimore neste domingo com uma performance dominante. James Conner teve 163 jardas de scrimmage, os Steelers tiveram 395 jardas totais contra a melhor defesa da NFL  e a equipe teve a bola por 36 minutos e meio, dominando as ações.

Enquanto isso, Ben Roethlisberger até um punt chutou em quarta descida que Eric Weddle teve que servir como retornador. Conner, com 10 TDs, tem a melhor marca em touchdowns da franquia desde 1950 e com um TD de 1 jarda de Big Ben, a equipe fez o placar abrir para 20 a 6. Os Ravens tiveram apenas um TD em uma tarde sem inspiração e que custará muito caro para as pretensões para a equipe.

Cleveland Browns (2-6-1) 21 x 37 Kansas City Chiefs (8-1)

O cara do jogo: Patrick Mahomes (23 de 32 para 375 jardas, 3 TDs e uma INT)

Patrick Mahomes teve mais uma partida incrível e os Browns, mesmo após a demissão de Hue Jackson, não conseguiram segurar. Foram 375 jardas para o QB dos Chiefs e Kareem Hunt foi o fiel escudeiro com dois touchdowns corridos e um aéreo na vitória folgada contra Cleveland e Baker Mayfield.

Kansas City teve três touchdowns em suas três posses iniciais, aproveitando também as saídas de E.J. Gaines e Denzel Ward, ambos lesionados (concussão e quadril, respectivamente). No terceiro quarto, um passe de Mahomes para Travis Kelce (dois TDs na tarde) fez o placar fez em 28 a 15 logo no terceiro quarto. Desta vez a defesa dos Browns  só conseguiu forçar um turnover no fim do primeiro tempo, mas sem tempo para reverter em pontos.

Carolina Panthers (6-2) 48 x 32 Tampa Bay Buccaneers (3-5)

O cara do jogo: Christian McCaffrey (17 carregadas para 79 jardas e 2 TDs mais cinco carregadas para 78 jardas)

Não deixe o placar te enganar. Os Panthers fizeram TDs em suas cinco posses iniciais em um espancamento dos Buccaneers que o resultado não necessariamente mostra, já que depois de abrir 35 a 7, o jogo se tornou mais morno e Ryan Fitzpatrick fez das suas, passando para quatro TDs no total, mas duas interceptações, uma delas quando os Bucs estavam a apenas sete pontos de distância, mas acabaram de entregar o jogo.

Christian McCaffrey teve 157 jardas totais e dois TDs. Curtis Samuel teve um TD de 33 jardas em um reverse onde mostrou todo seu atleticismo. E assim Cam Newton, com 247 jardas passadas, está feliz da vida explorando seu ataque cheio de peças e um time com seis vitórias em oito jogos.

Minnesota Vikings (5-3-1) 24 x 9 Detroit Lions (3-5)

O cara do jogo: Danielle Hunter (9 tackles, 3 sacks e meio mais um fumble retornado para TD)

Não só os Vikings conseguiram vencer os Lions como fizeram isso segurando o sempre produtivo Matthew Stafford a menos de 200 jardas (199). A razão para isso é bastante óbvia: o time teve 10 sacks, recorde da história da franquia. Só Danielle Hunter teve 3 e meio e mais um retorno para TD.

Os Lions tiveram uma chance clara para fazer algo no jogo, já que a defesa também conseguiu segurar Kirk Cousins (164 jardas). Adam Thielen teve apenas 22 jardas depois de sete jogos com mais de 100 jardas – pelo menos teve um TD. Mas em um option mal-sucedido, Stafford tentou achar Kerryon Johnson mas a bola caiu e logo Danielle Hunter foi correndo para a end zone para matar o jogo, deixando o placar 24 a 6. E os Vikings assim se posicionam como favoritos para conquistar a NFC North mais uma vez.

Miami Dolphins (5-4) 13 x 6 New York Jets (3-6)

Cara do jogo: Jerome Baker (uma pick six, um passe desviado e cinco tackles)

Depois de duas derrotas consecutivas, o Miami Dolphins superou o gramado ruim do Hard Rock Stadium, que estava judiado após partida do college com chuva pesada no sábado, e reencontrou o caminho das vitórias com ajuda da sua defesa que vinha jogando mal. Frank Gore foi o destaque da partida após somar 59 jardas totais (53 corridas e seis recebidas), o que permitiu o running back ultrapassar Barry Sanders (18.190) e se tornar o sexto jogador com mais jardas a partir da linha de scrimmage na história da NFL.

Brock Osweiler foi 15/24 para 139 jardas e teve Danny Amendola (47 jardas) e Kenyan Drake (26 jardas) como seus principais recebedores. Jerome Baker, Kiko Alonso, T.J. McDonald e Walt Aikens tiveram uma interceptação cada, deixando Sam Darnold com 21/39 para 229 jardas e quatro turnovers.

A partida foi fraca. Foram 15 punts, quatro turnovers e um field goal errado por Jason Myers em 26 posses, sendo duas em que os Fins apenas esperaram o tempo acabar para o fim do segundo e quarto quartos. Além disso, nenhum ataque conseguiu produzir nada mais do que field goals. A franquia da Flórida anotou seus primeiros três pontos após uma interceptação e abriu 6 a 0, contudo os Jets reduziram a diferença para três em sua última posse antes do intervalo. Na segunda metade, os nova-iorquinos desperdiçaram a chance de empatar e, na posse seguinte, sofreram uma pick six de Jerome Baker. As duas interceptações nas últimas posses impediram uma reação.

Washington Redskins (5-3) 14 x 38 Atlanta Falcons (4-4)

Cara do jogo: Matt Ryan (26/38, 350 jardas, quatro touchdowns e uma interceptação)

O Washington Redskins viu sua sequência de três triunfos seguidos acabar em um grande jogo de Matt Ryan. Telvin Coleman somou 88 jardas corridas e 68 jardas recebidas, além de ter anotado dois touchdowns em cinco recepções. Julio Jones e Calvin Ridley, que tiveram um TD cada, receberam para 121 e 71 jardas, respectivamente. Com isso, Jones encerrou seca de 12 jogos sem receber um passe na end zone. No lado da equipe da capital, Alex Smith foi 30/46 para 306 jardas, um TD e uma interceptação. Maurice Harris teve 124 jardas recebidas.

O Atlanta Falcons foi preciso na primeira metade e anotou três touchdowns em quatro posses (a outra terminou na terceira interceptação de Matt Ryan na temporada), enquanto os Redskins tiveram campanhas rápidas e só anotaram um TD. O time de Dan Quinn voltou do intervalo anotando um touchdown e, com o placar em 31 a 14, encerrou as chances de seus adversários conseguiram uma virada com uma interceptação com sete minutos para o fim e um TD na posse seguinte.

Buffalo Bills (2-7) 9 x 41 Chicago Bears (5-3)

Cara do jogo: Jordan Howard (14 corridas para 47 jardas e dois touchdowns)

O Chicago Bears contou com Jordan Howard e uma ótima atuação da sua defesa, que anotou dois TDs e forçou quatro turnovers, para vencer o frágil Buffalo Bills. Com isso, o time de Illinois consegue o seu melhor início de temporada em oito partidas desde 2013 com cinco vitórias. Por outro lado, a equipe de Sean McDermott tem seu pior início desde só venceu uma em nove partidas em 2010

Mitchell Trubisky foi 12/20 para 135 jardas, um TD e uma interceptação. Eddie Jackson recuperou um fumble e retornou 65 jardas para anotar o TD, enquanto Leonard Floyd teve uma pick six. Mesmo sem Khalil Mack, os Bears limitaram o seu adversário a 264 jardas totais. Nathan Peterman foi 31/49 para 189 jardas e três interceptações.

Depois de um primeiro quarto sem pontos, os Bears anotaram 28 no segundo período com a ajuda de sua defesa, que forçou três turnovers e anotou dois TDs. Na segunda metade, os Bills foram limitados a um field goal no terceiro quarto e um touchdown com 5min40 para o fim da partida.

Comments
To Top