NFL

Scramble #1: Saints vencem Falcons, Chiefs conquistam AFC West, Gurley quer MVP

Saints comemoram

Crédito: Instagram/reprodução

New Orleans Saints (11-4) 23 x 13 Atlanta Falcons (9-6)

O cara do jogo: Manti Te’o (quatro tackles, dois para perda de jardas e um fumble recuperado)

Ao contrário de muitos outros jogos entre Saints e Falcons, as defesas imperaram no duelo e os Saints tiveram uma vitória que merece muita celebração: o time garantiu a vaga nos playoffs e ainda complicou os arquirrivais, que precisam vencer o Carolina Panthers na última semana. E a defesa que melhor conseguiu fazer seu papel foi a dos Saints. Uma interceptação improvável de Marshon Lattimore possibilitou que o ataque voltasse a campo ainda no primeiro tempo e Drew Brees achasse Ted Ginn Jr. para um TD que abriu 13 a 0 logo antes do intervalo.

Entretanto a defesa dos Falcons se recuperou e Deion Jones interceptou Brees e retornou até a linha de 2. Devonta Freeman, porém, não aproveitou o presente e sofreu um fumble. Os Saints ainda pararam os Falcons outra vez perto de sua end zone no final da partida para confirmar que esses Saints não precisam de um show de Drew Brees – 21 de 28 para 239 jardas, 1 TD e uma INT – para ganhar. Já os Falcons, com erros empilhando e panes mentais, precisa ganhar juízo antes da semana 17.

Cincinnati Bengals (6-9) 26 x 17 Detroit Lions (8-7)

O cara do jogo: Giovanni Bernard (23 corridas para 116 jardas e 1 TD mais 7 recepções para 52 jardas)

Os Lions estão fora dos playoffs do jeito mais doloroso possível: com uma derrota para um Cincinnati Bengals que já não disputa mais nada e que estava se arrastando na temporada. Giovanni Bernard teve uma ótima partida e os Lions entregaram um TD no fim basicamente, sendo os únicos culpados por uma temporada medíocre.

O time de Detroit passou à frente com um TD no início do último quarto, mas logo os Bengals conseguiram um field goal depois de avançarem no campo com as faltas dos Lions – um holding em uma terceira para 12 e uma interferência no passe pouco depois – e no fim, com uma campanha que poderia ser da vitória, mais faltas e um punt ruim fizeram os Bengals ter a posse e pontuar com Bernard, sacramentando um excelente jogo que não valeu nada para Cincinnati e foi o da eliminação para Detroit.

Tennessee Titans (8-7) 23 x 27 Los Angeles Rams (11-4)

O cara do jogo: Todd Gurley (22 carregadas para 118 jardas e 10 recepções para 158 jardas e 2 TDs)

Todd Gurley mostrou que é sim candidato a MVP pelo segundo jogo seguido. O running back dos Rams simplesmente acabou com a defesa dos Titans, totalizando 276 jardas de scrimmage e 2 TDs para dar a vitória e o título da NFC West para seu time, que não a conquistava desde 2003. Jared Goff também fez sua parte muito bem com 301 jardas passadas e 4 TDs.

Os Titans agora correm sério risco de ficar fora dos playoffs com sua terceira derrota seguida. Marcus Mariota tentou impedir isso no fim da partida mas em uma quarta descida para quatro jardas, ele saiu do pocket mas foi pressionado por Connor Barwin e não conseguiu o passe. O time só teve um TD de ataque com DeMarco Murray, sendo o outro um fumble retornado por Wesley Woodyard e três field goals. Já os Rams estão voando ofensivamente, com 11 vitórias e 170 pontos de saldo, o maior da NFL.

 

Kansas City Chiefs (9-6) 29 x 13 Miami Dolphins (6-9)

O cara do jogo: Alex Smith (25/39 para 304 jardas e 1 TD)

O Kansas City Chiefs acordou oara a vida. Depois de uma jornada depressiva e muitas derrotas, a equipe de Kansas City conseguiu emendar uma bela vitória contra os Dolphins depois de bater os Chargers em casa e assim conquistou a AFC West pelo segundo ano seguido. algo inédito na história da franquia.

O time inteiro teve seus momentos de brilho na bela vitória. Alex Smith somou mais de 300 jardas (304). Marcus Peters forçou um fumble e recuperou outro. Tyreek Hill teve 109 jardas em seis recepções e Kareem Hunt correu para 93 jardas e também entrou na end zone. E Harrison Butker acertou cinco field goals. Redondo assim, os Chiefs podem complicar para algum time nos playoffs.

Washington Redskins (7-8) 27 x 11 Denver Broncos (5-10)

Cara do jogo: Kirk Cousins (19/37, 299 jardas, três touchdowns e uma interceptação)

Kirk Cousins se destacou no seu possível último jogo pelos Redskins e se tornou o primeiro quarterback da história da franquia da capital a ter três temporadas com 25 ou mais passes para touchdown. Além disso, ele só precisa de mais 65 jardas para chegar no seu terceiro ano seguido com quatro mil jardas passadas. As 386 jardas cedidas no jogo deste domingo foram a terceira pior marca dos Broncos neste ano.

O linebacker Ryan Kerrigan chegou a 11 sacks na temporada e se tornou o primeiro jogador do time de Washington a ter dez ou mais sacks em temporadas consecutivas desde Dexter Manley e Charles Mann em 1985 e 1986. Além disso, os mandantes ficaram a 78 segundos de não ceder um touchdown pelo segundo jogo seguido.

Chicago Bears (5-10) 20 x 3 Cleveland Browns (0-15)

Cara do jogo: Mitchell Trubisky (14/23, 193 jardas e um touchdown corrido)

O Cleveland Browns viu o quarterback calouro DeShone Kizer ser interceptado duas vezes e sofreu dois turnovers na red zone na derrota para o Chicago Bears, ficando mais perto de ser a segunda equipe a ter uma temporada sem vencer nenhuma partida e se juntar ao Detroit Lions de 2008. Em dois anos, a equipe de Ohio está 1-30 com o head coach Hue Jackson. Kizer, que teve 182 jardas aéreas, lidera a liga com 21 interceptações. Myles Garrett foi bem ao conseguir um pick six.

No lado dos vencedores, Mitchell Trubisky lançou para 193 jardas e correu para um touchdown. Já Jordan Howard anotou dois touchdowns corridos. Benny Cunninghan e Joshua Bellamy tiveram, respectivamente, 62 e 49 jardas recebidas.

New England Patriots (12-3) 37 x 16 Buffalo Bills (8-7)

Cara do jogo: Dion Lewis (129 jardas e um touchdown terrestres e 24 jardas e um TD aéreos)

O New England Patriots garantiu o descanso na semana de bye com a vitória sobre os Bills e a derrota do Jacksonville Jaguars. Além disso, os comandos de Bill Belichick podem ter o mando de campo nos playoffs se o Pittsburgh Steelers perder na segunda. Os Pats também garantiram sua oitava temporada consecutiva com, pelo menos 12 vitórias, o que é um recorde na NFL. Apesar da derrota, os Bills continuam dentro da briga por vaga na pós-temporada. Caso consiga seguir vivo, a equipe encerrará uma seca de 17 anos sem jogar em janeiro.

O grande destaque do jogo foi o running back Dion Lewis, que teve o seu segundo jogo na carreira com mais de 100 jardas. Rob Gronkowski foi o principal recebedor com 67 jardas aéreas e um TD. Tom Brady foi 21/28 para 224 jardas, dois TDs e uma interceptação. A partida foi marcada por um touchdown de Kelvin Benjamin que foi revertido pela arbitragem, quando o jogo estava 13 a 10 e daria a virada para os Bills.

New York Jets (5-10) 7 x 14 Los Angeles Chargers (8-7)

Cara do jogo: Melvin Gordon (81 jardas terrestres e um TD)

O Los Angeles Chargers continua vivo na disputa pelos playoffs em partida marcada por passe de Philip Rivers (22/40 para 290 jardas) para touchdown de Antinio Gates e TD corrido de Melvin Gordon (81 jardas terrestres), que teve sua primeira temporada de mil jardas corridas na carreira. Os Jets descontaram com um touchdown de Bilal Powell em corrida de 57 jardas. Bryce Petty (145 jardas terrestres) não conseguiu ir bem no seu segundo jogo como titular e foi interceptado uma vez.

Comments
To Top