NFL

Scramble #1: Cowboys vencem Redskins, Patriots se seguram; veja vídeos e resultados

Dak Prescott Cowboys

Crédito: Instagram/reprodução

Washington Redskins (0-2) 23 x 27 Dallas Cowboys (1-1)

O cara do jogo: Dak Prescott (22 de 30, 292 jardas e 1 touchdown corrido).

O torcedor do Dallas Cowboys pode sorrir depois do jogo de hoje de Dak Prescott. Por mais que ele não tenha passado para touchdown, o calouro correu para um, estabeleceu boa sintonia com Dez Bryant (7 recepções para 102 jardas) e os Cowboys conseguiram vencer os Redskins no FedEx Field. Kirk Cousins novamente somou grandes números (364 jardas) mas não fez boa partida, sendo interceptado na end zone no quarto quarto, momento crítico para a segunda derrota do time para iniciar a temporada.

Ezekiel Elliott foi melhor que na sua estreia, conseguindo um TD corrido e 82 jardas, mas um fumble forçado por Josh Norman fez ele ser preterido no fim da partida em alguns snaps. Com isso Alfred Morris entrou e marcou o touchdown da vitória no renhido duelo da NFC East.

TD de Ezekiel Elliott

Passe de Cousins para Jamison Crowder.

Dak Prescott mostra que também consegue correr. TD Cowboys

Josh Norman forçou o fumble na carregada de Elliott. Redskins conseguiram field goal e passam à frente no placar

New England Patriots (2-0) 31 x 24 Miami Dolphins (0-2)

Cara do jogo: Duron Harmon – fez a interceptação que impediu os Dolphins continuarem atacando para tentar empatar a partida.

O New England Patriots conseguiu vencer o Miami Dolphins com certa tranquilidade nessa partida que teve muitos turnovers (5). Os 24 pontos os Pats e o ataque pouco efetivo dos Fins no primeiro tempo basicamente resolveram o jogo. Após a saída de Jimmy Garoppolo, quarterback da franquia de Massachusetts, o time da Flórida melhorou e até tentou pressionar a equipe da casa, mas uma interceptação, no fim do quarto quarto, acabou com as chances dos Dolphins empatarem a partida.

Informação: por causa de uma pancada de Kiko Alonso, Jimmy Garoppolo teve que sair do jogo no fim do segundo quarto e foi descartado da partida no intervalo. Jacoby Brissett assumiu a posição.
Veja mais informações aqui

Garoppolo acha Danny Amendola para o primeiro touchdown do jogo

Garoppolo para Martellus Bennett, 2º TD do jogo

Indo para trás, pressionado, mas não importa: Garoppolo para Amendola de novo, terceiro touchdown.

– Para os curiosos, Jacoby Brissett acertou três de seus cinco primeiros passes na NFL para 59 jardas, inclusive um de 37 jardas para Martellus Bennett. Campanha terminou com TD de LeGarrette Blount de 9 jardas. Ele terminou com seis passes certos em nove tentados, para 92 jardas.

New York Giants (2-0) 16 x 13 New Orleans Saints (0-2)

O cara do jogo: Victor Cruz (4 recepções, 91 jardas)

O jogo mais bizarro da semana, sem dúvidas. Na temporada passada, Drew Brees e Eli Manning somaram 14 touchdowns nesse mesmo duelo. Neste domingo, as defesas dominaram o jogo e apesar de três fumbles perdidos e nenhum touchdown do ataque, os Giants conseguiram vencer a segunda partida na temporada.

Os Saints perderam pela segunda semana da temporada no final e começam 0-2 de novo. Tudo por causa da recepção de Victor Cruz no final (veja abaixo)

Mesmo mal até o intervalo, Drew Brees pode comemorar mais uma marca histórica. No segundo quarto, o camisa 9 passou Dan Marino na lista de quarterbacks com mais jardas passadas na história da NFL. Com passe de oito jardas para Coby Fleener, o ídolo dos Saints se tornou o terceiro nessa relação (61.362 jardas), atrás apenas de Brett Favre e Peyton Manning.

Primeiro TD do jogo e único até o intervalo: field goal bloqueado e retornado para TD por Janoris Jenkins

A jogada que decidiu a partida. Com 13 a 13 no placar e uma terceira descida para 8 na linha de 36 jardas. Eli Manning lançou a bomba e Victor Cruz “roubou” a bola do cornerback e chutou o field goal para vencer a partida

Carolina Panthers (1-1) 46 x 27 San Francisco 49ers (1-1)

O cara do jogo: Kelvin Benjamin (108 jardas em sete recepções, 2 TDs)

Depois de uma estreia ruim, os Panthers voltaram com tudo no ataque e mesmo sofrendo mais do que o devido, o time de Cam Newton deslanchou no terceiro quarto e conseguiu vencer os Niners no Bank of America Stadium. Cam Newton superou uma interceptação logo no começo achando seus dois recebedores favoritos. Greg Olsen somou 122 jardas em cinco recepções, inclusive sua maior recepção na carreira, de 78 jardas para touchdown. E Kelvin Benjamin também apareceu para jogar, marcando dois touchdowns e também superando as 100 jardas.

Além de tudo isso, o jogo corrido, apesar da lesão de Jonathan Stewart, também entrou, com Fozzy Whitaker somando 100 jardas em 16 recepções. Assim, Cam Newton (24 de 40, 353 jardas, 4 TDs e 1 interceptação) sorri.

Cam Newton interceptado logo no começo do jogo. Mas Niners só conseguiram field goal

Milagres acontecem: belo passe de Blaine Gabbert para Torrey Smith para TD.

Deixa Greg Olsen sozinho, dá nisso. Cam Newton acha ele para TD de 78 jardas.

Lesão: Jonathan Stewart é tirado do jogo por uma lesão na panturrilha, no meio do terceiro quarto.

Com Kelvin Benjamin, até o passe difícil fica fácil

Cam Newton tem um recebedor favorito. E ele é….

Pittsburgh Steelers (2-0) 24 x 16 Cincinnati Bengals (1-1)

O cara do jogo: Ryan Shazier (11 tackles)

Os Steelers conseguiram sua segunda vitória na temporada novamente graças a uma excelente partida de DeAngelo Williams (94 jardas em 32 carregadas) e a boa defesa contra a corrida (apenas 46 jardas totais dos Bengals) em uma partida que Ben Roethlisberger conseguiu 259 jardas em 19 passes certos em 37 tentados, mas foi interceptado duas vezes, para três touchdowns.

Depois de incendiar os Redskins, Antonio Brown não foi bem contra os Bengals, com quatro recepções e 39 jardas. Mas Sammie Coates compensou, com 97 jardas recebidas e uma big play de 53. Mas o destaque foi mesmo a defesa. Apesar de Andy Dalton ter somado 366 jardas e 1 TD, a unidade dos Steelers segurou Jeremy Hill (míseras 22 jardas) e forçou dois fumbles.  A defesa mostrou nos dois jogos que pode render mais do que o esperado, com Ryan Shazier fazendo 11 tackles e mostrando que pode ser o líder da unidade.

Algo que você não vê todo dia: Antonio Brown dropando uma bola vergonhosamente

Houston Texans (2-0) 19 x 12 Kansas City Chiefs (1-1)
Cara do jogo: DeAndre Hopkins – sete recepções para 113 jardas e um touchdown

Depois de um início em que as duas equipes cometeram turnovers, os Texans anotaram sete pontos com o touchdown de DeAndre Hopkins, no que foi o único touchdown da partida. Depois disso, as duas equipes basicamente alternaram field goals, sendo que apenas uma vez os Texans pontuaram duas vezes consecutivas. Nesse jogo de cinco tournovers, o kicker brasileiro Cairo Santos foi muito bem, acertou todos os seus field goals (4), sendo que um desses chutes foi de 53 jardas.

Brock Osweiler para DeAndre Hopkins, 1º TD do jogo

Dois sacks de um jogador dos Texans antes do intervalo. Adivinha de quem

Detroit Lions (1-1) 15 x 16 Tennessee Titans (1-1)

Cara do jogo: Marcus Mariota – 25 passes para 238 jardas, dois touchdowns e uma interceptação em 33 tentativas de passe

Depois de um início muito bom, o Detroit Lions viu o Tennessee Titans conseguir uma grande virada. O primeiro tempo terminou 12 a 3 para a equipe da casa. O momento em que tudo mudou foi o quarto quarto. Na última etapa da partida, os Titans fizeram dois touchdowns – sendo um com um passe para Andre Johnson em uma quarta descida, faltando um minuto e 13 para o fim do jogo – e pararam os Lions com uma interceptação quando faltavam menos de 30 segundos para o fim do jogo.

Bomba de Matthew Stafford para Anquan Boldin, TD para os Lions

Matthew Stafford não quer saber de se proteger e virou running back

No fim do jogo, Marcus Mariota achou Andre Johnson para o touchdown que vira o placar

Cleveland Browns (0-2) 20 x 25 Baltimore Ravens (2-0)

Cara do jogo: Mike Wallace – apesar das poucas jardas (41) em quatro recepções, ele foi o responsável por marcar os dois touchdowns dos Ravens

Os fãs do Cleveland Browns sentiram mais uma vez o que é torcer para os Browns. A franquia do Ohio abriu 20 a 0 no primeiro quarto com três touchdowns, mas cederam dois pontos em um defensive PAT após serem bloqueados no extra point. Depois disso, só deu Ravens. O time de Baltimore dominou ofensivamente, marcando 23 pontos em três quartos, e foi muito bem defensivamente, conseguindo uma interceptação no final do jogo e ao forçar um field goal errado no terceiro quarto. É importante destacar que a interceptação foi feita em cima da goal line e com 13 segundos para o fim do jogo. Além disso, essa foi a primeira partida sem Robert Griffin III, que foi substituído por Josh McCown.

Josh McCown para Corey Coleman, 31 jardas, TD

Bloqueio de extra point dos Ravens e retornado para dois pontos

Informação: No fim do terceiro quarto, o wide receiver dos Ravens, Steve Smith, se tornou o 10º maior recebedor da história da NFL, passando James Lofton (Hall da Fama) na relação.

Comments
To Top