NFL

Saquon Barkley ficará fora por várias semanas; veja mais movimentações na NFL

Saquon Barkley, running back do New York Giants

O New York Giants ficará sem o running back Saquon Barkley por vários jogos, depois de ele sofrer uma entorse na parte alta do tornozelo durante a vitória dramática por 32 a 31 sobre o Tampa Bay Buccaneers, no último domingo (22).

O jogador passou por uma ressonância magnética e a gravidade da contusão foi confirmada. Segundo informações de Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana, o camisa 26 ficará afastado por um período entre quatro e oito semanas. E, segundo fontes, o prazo mais longo é considerado mais provável.

Já o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, apontou um prazo variando entre quatro e seis semanas.

O técnico Pat Shurmur, dos Giants, confirmou a lesão, mas evitou falar em prazo para volta do RB, uma das principais armas ofensivas da organização nova-iorquina.

A notícia não é uma surpresa, já que Barkley saiu de campo e, pouco depois, foi visto usando bota protetoras e muletas após o triunfo sobre os Bucs.

Barkley saiu do jogo durante o segundo quarto e foi ajudado a ir ao vestiário. Ele encerrou a partida com oito carregadas para 10 jardas e quatro recepções para 27 jardas.

O running back, que está em seu segundo ano na NFL, disse depois do jogo que sabia que a contusão não o manteria fora do restante da temporada.

O NY Giants tem uma bye week na semana 11, o que daria ao jogador oito semanas para se recuperar e estar à disposição para os seis compromissos finais na temporada regular de 2019.

Agora, os Giants apostam no running back reserva Wayne Gallman para liderar as ações no backfield ofensivo.

Confira mais notícias de lesões e transações ao redor da NFL nesta segunda (23):

– O New England Patriots é um dos poucos times da National Football League que ainda mantém a posição de fullback. E o setor tomou um golpe nesta segunda, quando James Develin foi colocado na injured reserve. Ele sofreu uma contusão no pescoço durante a vitória sobre o Miami Dolphins, na semana 2.

Fullback do time da Conferência Americana (AFC) no Pro Bowl de 2017, Develin atuou em 41,5% dos snaps ofensivos dos Pats em dois jogos disputados nesta temporada. Isso dá uma dimensão da sua importância para o ataque liderado pelo quarterback Tom Brady.

Cada time na NFL, segundo as regras, pode ativar dois jogadores de volta da injured reserve durante a temporada. O left tackle Isaiah Wynn (pé/dedo) e o wide receiver N’Keal Harris (perna) parecem ser os dois principais candidatos dos Pats para tal. Desta maneira, a temporada de Develin parece ter chegado ao fim.

– O Arizona Cardinals anunciou nesta segunda que dispensou o wide receiver Michael Crabtree. O wideout, que está em sua 11ª temporada na NFL, atuou em dois dos três jogos de Arizona nesta temporada 2019, depois de ficar entre os inativos na semana 1.

Ele fez quatro recepções para 22 jardas desde que foi contratado, no dia 21 de agosto.

Em 143 jogos na carreira, Crabtree soma 637 recepções para 7.499 jardas e 54 touchdowns.

– O quarterback Cam Newton, do Carolina Panthers, foi descartado pelo time para o jogo da semana 4 contra o Houston Texans, neste próximo domingo (29). Newton, que está com uma lesão no pé, novamente será substituído por Kyle Allen.

Allen, aliás, fez um grande jogo na semana 3, durante a vitória sobre o Arizona Cardinals por 38 a 20, e conectou quatro passes para touchdown. O jovem QB ficou entre os heróis do QQ para esta semana de NFL.

“O que Cam precisa agora é de tempo e descanso para o pé. Queremos que ele esteja 100% quando estiver pronto, então não há um cronograma exato para seu retorno. Neste momento, vamos seguir em frente com Kyle (Allen) como titular”, falou o técnico Ron Rivera, em nota oficial.

Em sua coletiva, Rivera não descartou que Newton pode perder mais jogos além do duelo contra os Texans.

– No Buffalo Bills, o defensive tackle Harrison Phillips rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho durante a vitória por 21 a 17 sobre o Cincinnati Bengals, como disse o técnico Sean McDermott nesta segunda-feira.

Em sua segunda temporada na NFL, Phillips se estabeleceu como um jogador importante do interior da linha defensiva dos Bills ao longo dos três jogos de 2019. E sua perda deixa apenas Ed Oliver, calouro selecionado na primeira rodada em 2019, Jordan Phillips e Star Lotulelei como únicos DTs neste momento no elenco de 53 jogadores.

– No Indianapolis Colts, o safety titular Malik Hooker rompeu o menisco do joelho e deve ficar afastado por um período entre quatro e seis semanas, como disse o jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana. Hooker retornou para a vitória por 27 a 24 sobre o Atlanta Falcons no domingo, mesmo com a contusão, e finalizou o jogo com dois tackles.

Hooker deve passar por cirurgia nesta terça para conserto do menisco

Em outras notícias do DM dos Colts, o técnico Frank Reich disse que o wide receiver T.Y. Hilton agravou sua lesão no quadríceps durante a vitória sobre os Falcons. “Vamos ver como ele progride nesta semana”, afirmou o head coach.

– O cornerback Jalen Ramsey, astro do Jacksonville Jaguars que pediu para ser trocado na semana passada, disse ao time no último domingo que está doente e que não estaria no treino. A informação foi apurada em primeira mão pela ‘ESPN’ e confirmada pelo jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

“Jalen Ramsey ligou para o pessoal dos Jaguars na madrugada e disse a eles que estava doente. Ele acha que está gripado e não estava se sentindo bem o suficiente para ir até as instalações hoje”, disse Rapoport nesta segunda, no programa Good Morning Football.

– O Philadelphia Eagles espera ter o wide receiver Alshon Jeffery de volta nesta semana. O técnico Doug Pederson disse aos repórteres que ele “espera” que o wideout atue no Thursday Night Football contra o Green Bay Packers.

Jeffery saiu do jogo na semana 2 com uma lesão na panturrilha e perdeu os treinos durante toda a semana passada. Os Eagles o listaram como limitado no treino desta segunda, mas como não houve treinamento de fato, é apenas uma projeção, segundo Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.

Já o cornerback Ronald Darby, que lesionou o músculo posterior da coxa neste domingo, deve ficar afastado por algum tempo depois de passar por uma ressonância magnética no local. Segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, ele deve perder alguns jogos.

– No New York Jets, o técnico Adam Gase disse que o quarterback Sam Darnold (mononucleose) não foi liberado clinicamente, mas pode começar a fazer exercícios aeróbicos. Darnold passou por exames nesta segunda e passará por mais testes. O QB disse, segundo o site do time, que o próximo passo é a redução no aumento do baço.

Também nos Jets, o linebacker C.J. Mosley (virilha), o defensive lineman Quinnen Williams (tornozelo) e o wide receiver Demaryius Thomas (músculo posterior da coxa/joelho) estão todos caminhando na direção certa para atuarem nesta semana, de acordo com Gase.

– No Denver Broncos, o defensive tackle Derek Wolfe parece ter sofrido uma entorse na parte alta do tornozelo, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, e ele passará por ressonância magnética. Wolfe foi retirado de campo durante a derrota para o Green Bay Packers, neste domingo.

– O que era esperado se confirmou no Atlanta Falcons e o safety Keanu Neal teve uma ruptura confirmada no tendão de Aquiles, lesão sofrida durante a derrota para o Indianapolis Colts. Assim, ele está fora do restante da temporada 2019, segundo Rapoport.

– No Miami Dolphins, o técnico Brian Flores disse aos repórteres nesta segunda que o wide receiver Allen Hurns está no protocolo de concussão e está voltando a Miami. Hurns foi hospitalizado no domingo, depois de sofrer o trauma durante a derrota para o Dallas Cowboys, na semana 3.

– No Cincinnati Bengals, o técnico Zac Taylor disse que o wide receiver A.J. Green não vai atuar contra o Pittsburgh Steelers, no Monday Night Football da semana 4, e o head coach não espera que o wideout volte a treinar nesta semana. Segundo Taylor, Green está caminhando para a direção correta e evoluindo em sua reabilitação.

– No San Francisco 49ers, o long snapper Jon Condo se aposentou da NFL, como anunciou a franquia californiana. Jogador não draftado que entrou na liga em 2005, Condo disputou 181 jogos em sua carreira de 14 anos e foi duas vezes selecionado ao Pro Bowl. Ele tem 38 anos de idade.

Também nos Niners, o técnico Kyle Shanahan anunciou que o running back Tevin Coleman (tornozelo) tem uma boa chance de voltar na próxima semana. Ele tem ficado entre os inativos nos últimos dois jogos, depois de se lesionar contra os Buccaneers na semana 1. Shanahan também observou que o cornerback Ahkello Witherspoon tem uma entorse no pé e deve ficar afastado por um mês pelo menos.

– O Seattle Seahawks dispensou o linebacker Jachai Polite do elenco de treinamento (practice squad). E o técnico Pete Carroll afirmou que a equipe espera que o running back Rashaad Penny (músculo posterior da coxa) volte ao treino na quinta. O head coach também mencionou que o tackle Duane Brown tem “meio que uma distensão” no bíceps e treinará de forma limitada nesta semana, mas deve atuar na semana 4.

– No Pittsburgh Steelers, o quarterback Ben Roethlisberger passou por uma cirurgia bem-sucedida no cotovelo direito na noite desta segunda, em Los Angeles, e ele mira um retorno na próxima temporada. Isto segundo um comunicado emitido pela franquia da Pensilvânia em nome do Burt Lauten, porta-voz dos Steelers.

“Assim que Big Ben retornar a Pittsburgh, ele imediatamente vai começar a trabalhar com a equipe médica dos Steelers em sua reabilitação, e ele deve fazer uma recuperação completa e retornar ao campo para a temporada 2020 da NFL”, disse Lauten.

– O Chicago Bears anunciou que os seguintes jogadores estão inativos para o duelo desta noite contra o Washington Redskins: os defensive backs Kevin Toliver II e Sherrick McManis, o running back Kerrith Whyte Jr., o linebacker Josh Woods, o offensive lineman Bobby Massie, o wide receiver Riley Ridley e o defensive lineman Bilal Nichols.

Massie está lidando com vertigem, de acordo com Mike Garafolo, da ‘NFL Network’, e não está claro quando isso começou. Os Bears confirmaram que o jogador de linha ofensiva está doente.

O kicker Eddy Pineiro, que foi listado como questionável devido a uma lesão no joelho, jogou no sacrifício.

Durante a vitória por 31 a 15 sobre os Redskins, no MNF, o wide receiver Taylor Gabriel sofreu uma concussão no terceiro quarto e foi descartado para o restante do jogo. Antes da contusão, ele teve uma grande partida, com três recepções para touchdown e seis recepções no total para 75 jardas.

Já o defensive tackle Akiem Hicks saiu com uma lesão no joelho no último quarto. O técnico Matt Nagy falou sobre Hicks após a partida, frisando que ele sofreu uma contusão no joelho direito, e disse: “tomara, ele vai ficar bem”.

Já sobre Gabriel, Nagy acrescentou que o WR entrou no protocolo de concussão.

– O Washington Redskins anunciou os seguintes inativos para o Monday Night Football: o quarterback Colt McCoy, o cornerback Quinton Dunbar, o linebacker Cassanova McKinzy, o cornerback Ross Pierschbacher, o guard Wes Martin, o defensive lineman T.Y. McGill e o tight end Jordan Reed.

Comments
To Top