NFL

San Francisco 49ers deve demitir Chip Kelly e Trent Baalke

Chip Kelly e Trent Baalke, técnico e general manager do San Francisco 49ers

(Crédito: Twitter/reprodução)

Após uma temporada bem decepcionante com duas vitórias e 13 derrotas até agora, o San Francisco 49ers não vai economizar na faxina. Segundo informações de Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana, e de Ian Rapoport, do ‘NFL.com’, a franquia californiana deve demitir o técnico Chip Kelly e o general manager Trent Baalke.

A reformulação radical deve começar logo. Reuniões devem ser realizadas entre o pós-jogo deste domingo (1), contra o Seattle Seahawks, e a segunda-feira (2), prazo máximo para os destinos dos dois serem definidos de maneira oficial.

De acordo com Schefter, Kelly e Baalke provavelmente já sabem que estão de saída da organização, mas os 49ers ainda não comentaram sobre o assunto.

Chip Kelly ainda tem três anos remanescentes em seu contrato e Trent Baalke ainda tem dois anos de acordo, mas esse deve ser mesmo o fim da linha para ambos.

Jed York, CEO do San Francisco 49ers, e Paraag Marathe, vice-presidente executivo dos Niners, serão os responsáveis por buscar os substitutos para ocuparem as vagas de head coach e general manager.

Kelly está acabando de completar sua primeira temporada nos Niners, mas o time ficou na última colocação da divisão NFC West e demonstrou um péssimo futebol americano.

Se a provável demissão de Kelly se confirmar, os 49ers vão se tornar o primeiro time desde 1976-1977 a demitir técnicos em temporadas consecutivas, depois de apenas um ano do profissional no cargo. Coincidentemente, os Niners foram os últimos a fazerem isso, demitindo Monte Clark e Ken Meyer, com ambos passando uma temporada apenas no cargo.

O time de San Francisco contratou Chip Kelly em janeiro de 2016, depois de demitir Jim Tomsula, que foi contratado em 2015 para substituir Jim Harbaugh.

Apesar dos problemas dentro de campo, Kelly recentemente se disse satisfeito com o grupo com o qual trabalhou em seu primeiro ano nos 49ers.

No caso de Trent Baalke, ele assumiu a função de general manager em 2011, depois da saída de Scot McCloughan do cargo. Baalke, contudo, está na organização desde 2005, tendo sido olheiro, diretor de administração de elenco e vice-presidente de administração de elenco.

Em sua primeira temporada como GM, Baalke faturou um prêmio de executivo do ano, depois que o time ficou com campanha de 13 vitórias e três derrotas. Com ele no cargo, o time foi a três finais da Conferência Nacional (NFC) e foi ao Super Bowl na temporada 2012, quando acabou sendo derrotado pelo Baltimore Ravens.

As coisas, contudo, logo começaram a piorar e aposentadorias abruptas de nomes como os linebackers Patrick Willis e Chris Borland, o offensive tackle Anthony Davis e o defensive lineman Justin Smith acabaram pesando na qualidade do elenco. As lesões também afetaram muito o grupo e isso, somado a algumas decisões erradas, afetaram bastante na queda de produtividade.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top