NFL

San Francisco 49ers deseja Jimmy Garoppolo por “muito, muito tempo”

Jimmy Garoppolo, quarterback do San Francisco 49ers

(Crédito: Twitter/reprodução)

Depois de ler o título desta nota, você com certeza está pensando: “ah, vá!”. E não tiramos a sua razão. Mas o San Francisco 49ers fez questão de deixar isso bem claro nesta terça-feira (2).

“Nós queremos que Jimmy seja um Niner por muito, muito tempo. Esse processo vai ocorrer aqui e estamos ansiosos para fazê-lo, para ter a oportunidade”, declarou o general manager John Lynch, em conversa com os jornalistas.

Garoppolo está programado para se tornar free agent nesta offseason, mas suas atuações na reta final da temporada regular de 2017 bastaram para convencer a torcida e os próprios 49ers de que ele pode ser o quarterback do futuro da franquia californiana.

Em seis jogos, sendo cinco como titular, ele comandou a equipe em cinco vitórias seguidas para fechar o campeonato, incluindo triunfos sobre Tennessee Titans, Jacksonville Jaguars e Los Angeles Rams, três equipes que se classificaram aos playoffs.

Nestes jogos, o camisa 10 acertou 67,4% de seus passes para 1.560 jardas, sete touchdowns e cinco interceptações, além de ter corrido para um TD.

Agora, os Niners terão a opção de utilizar a franchise tag para evitar correr o risco de Garoppolo ficar livre no mercado ou então agilizar a conclusão de um contrato de longa duração.

Lynch garantiu que não vai falar publicamente sob as negociações em andamento com Garoppolo, mas o GM frisou que teve conversas com o quarterback e que a organização sabe onde o signal caller se encontra.

“Nós vamos trabalhar duro para mantê-lo como um 49ers por muito, muito tempo. Nós o queremos aqui”, observou o GM.

Fato é que os Niners terão que abrir o cofre para oferecem um contrato bastante lucrativo para Garoppolo, sobretudo depois de ele demonstrar mesmo que é essa Brastemp toda.

As negociações com Garoppolo, inclusive, vão impactar todo o mercado de quarterbacks da NFL, sobretudo na hora que nomes como Kirk Cousins, Aaron Rodgers, Drew Brees e Matt Ryan sentarem com seus respectivos times para selarem novos acordos.

Comments
To Top