NFL

Sammy Watkins aceita reestruturação de contrato com Kansas City Chiefs; veja boletim

Sammy Watkins, wide receiver do Kansas City Chiefs

O wide receiver Sammy Watkins, do Kansas City Chiefs, vai permanecer na franquia depois de aceitar uma reestruturação de contrato, como foi apurado em primeira mão pelo jornalista Terez Paylor, do ‘Yahoo Sports’.

O jogador anunciou a permanência nos atuais campeões do Super Bowl via Twitter.

Segundo Ian Rapoport e Mike Garafolo, da ‘NFL Network’, Watkins aceitou um novo contrato de um ano que inclui um salário-base de US$ 7 milhões, um bônus de assinatura de US$ 1 milhão e US$ 1 milhão em bônus totais por jogo em que ele estiver no elenco. O wideout pode fraturar um adicional de US$ 7 milhões em incentivos por produtividade que podem levar seus ganhos a US$ 16 milhões.

O novo acordo também inclui uma cláusula que impede trocas.

A reestruturação abre US$ 5 milhões de espaço no salary cap da franquia do Missouri. Os Chiefs estavam com míseros US$ 171 de espaço no salary cap antes do acerto.

Assim, os quatro principais WRs dos Chiefs em 2019 – Watkins, Tyreek Hill, Demarcus Robinson e Mecole Hardman – permanecem na organização para a temporada 2020. Os Chiefs acertaram um novo contrato de um ano com Robinson em março.

Watkins ia faturar um salário-base de US$ 13,7 milhões em 2020 e ‘pesar’ um valor proibitivo de US$ 21 milhões no salary cap.

Atualmente com 26 anos de idade, Watkins tem sido mais um terceiro wide receiver para os Chiefs e, além de alguns jogos muito bom (como a atuação de 198 jardas recebidas e três TDs contra o Jacksonville Jaguars na estreia do time na temporada 2019), ele não produziu muito em suas duas temporadas por lá. Ele soma 92 recepções para seis touchdowns em 24 partidas de temporada regular.

Apesar disso, Watkins apareceu nas últimas duas finais da Conferência Americana (AFC), recebendo para mais de 100 jardas em ambas as ocasiões. Ele fez uma recepção de 38 jardas no Super Bowl LIV, na campanha que culminou no TD da virada do Kansas City sobre o San Francisco 49ers. E isso levou o general manager Brett Veach a dizer que Watkins havia sido contratado para aparecer nos grandes jogos.

Antes de chegar aos Chiefs, Watkins atuou por três temporadas com a camisa do Buffalo Bills e uma com a camisa do Los Angeles Rams. Em 76 jogos na carreira até agora, ele soma 284 recepções para 4.244 jardas e 31 touchdowns.

Confira mais movimentações na NFL nesta sexta (3):

– O Cincinnati Bengals oficializou seu contrato com o defensive tackle D.J. Reader, como apurou o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. O defensor vai receber US$ 53 milhões ao longo dos quatro anos de acordo. Uma grande parte da quantia (US$ 22,25 milhões) sai no primeiro ano de contrato e um total de US$ 31,75 milhões nos primeiros dois anos.

Rapoport frisou que as duas partes concordaram nas cláusulas do contrato que dependem de Reader ainda passar em um teste físico, algo que ele ainda não consegue fazer neste momento devido à situação atual causada pela pandemia do novo coronavírus.

– O San Francisco 49ers anunciou as contratações do wide receiver Travis Benjamin e do offensive lineman Tom Compton. Curiosamente, ambos foram selecionados no draft de 2014, na quarta e sexta rodadas, respectivamente.

Comments
To Top