NFL

Ryan Tannehill participa das OTAs do Miami Dolphins; veja giro pelas OTAs na NFL

Ryan Tannehill, quarterback do Miami Dolphins

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback Ryan Tannehill segue adiante em sua recuperação e ele deu um passo importante nesta terça-feira (22). O signal caller, que está se recuperando de lesão grave no joelho que o tirou de toda a temporada 2017, participou sem limitações no primeiro dia de OTAs (organized team actitivies) do Miami Dolphins.

A franquia da Flórida abriu nesta terça o período de 10 dias de OTAs, que será seguido de um minicamp obrigatório de três dias em junho.

A condição do quarterback para esta terça foi confirmada pelo jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

Apesar da volta do camisa 17, os Dolphins estão observando de perto o QB, que fará sua maior quantidade de atividade dentro de campo desde que sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho durante o training camp, em agosto de 2017.

Ainda assim, o time não está planejando nenhum tipo de dias de descanso para o quarterback, segundo o jornalista Jason Lieser, do ‘Palm Beach Post’.

Com 29 anos de idade, Tannehill foi substituído por Jay Cutler na temporada passada e os Dolphins terminaram com uma fraca campanha de 6-10.

Ter Tannehill saudável novamente é uma das grandes esperanças dos Dolphins. Em 2016, no primeiro ano do time sob o comando do técnico Adam Gase, Tannehill teve o melhor ano de sua carreira profissional em termos gerais, Na ocasião, ele fechou a temporada regular acertando 67,1% de seus passes para 2.995 jardas, 19 touchdowns e 12 interceptações, conduzindo os Dolphins em uma campanha de 10-6 que levou o time aos playoffs.

Gase agora não esconde sua ansiedade por ter Tannehill de volta ao campo.

“Eu vi um cara que está muito confiante. Eu sei que ele está a animado para voltar lá. Eu sei que nós, como treinadores, estamos empolgados por tê-lo lá fora. Ele é muito suave com a operação que temos sido capazes de fazer em termos do que estamos fazendo nos treinos ou naquelas sessões de lançamentos. Simplesmente parece suave”, declarou o head coach recentemente, segundo o ‘Palm Beach Post’.

Veja mais notícias desta terça (22) de OTAs ao redor da NFL:

– O técnico Bill Belichick, do New England Patriots, foi seco como de costume ao ser perguntado sobre o fato de o quarterback Tom Brady e o tight end Rob Gronkowski não estarem presentes nesta semana para as OTAs do time.

“Eu não vou falar sobre os caras que não estão aqui”, declarou Belichick, segundo o jornalista James Palmer, da ‘NFL Network’.

– O Jacksonville Jaguars começou o primeiro dia de OTAs sem dois cornerbacks titulares, já que Jalen Ramsey e A.J. Bouye não marcaram presença nesta terça, como confirmou o técnico Doug Marrone.

Ainda que não se saiba o motivo da ausência dos dois defensive backs, é sempre importante notar que o comparecimento às OTAs é voluntário. A única porção dos treinos de offseason que é obrigatória é o minicampo de três dias, que os Jaguars vão realizar entre os dias 12 e 14 de junho.

– O técnico Doug Pederson, do Philadelphia Eagles, disse que o defensive end Michael Bennett e o running back Darren Sproles perderam o primeiro dia de OTAs do time.

– O defensive end Carlos Dunlap, do Cincinnati Bengals, não participou do primeiro dia de OTAs da equipe, de acordo com o jornal ‘Cincinnati Enquirer’. Atualmente com 29 anos de idade, Dunlap está no último ano de seu atual contrato e deve faturar US$ 7 milhões na temporada 2018.

– Como já era esperado, o defensive end Khalil Mack não compareceu ao primeiro dia de OTAs do Oakland Raiders, como noticiou o ‘Las Vegas Review-Journal’.

– O técnico Dan Quinn, do Atlanta Falcons, disse aos jornalistas que teve contato regular com o wide receiver Julio Jones, adicionando que o astro deve comparecer ao minicamp obrigatório, em junho. A ausência de Jones nas OTAs é esperada, enquanto ele e o time trabalham em um acordo reestruturado.

– O defensive end Melvin Ingram, um dos melhores pass rushers de toda a NFL, não compareceu para o início das OTAs do Los Angeles Chargers nesta terça.

Ingram optou por permaneceu na Flórida, onde ele está se preparando para o início do training camp, no dia 28 de julho. A diretoria dos Chargers já sabia de antemão que Ingram não ia comparecer ao minicamp voluntário.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


To Top