NFL

Ryan Tannehill deseja encerrar a sua carreira no Miami Dolphins

Ryan Tannehill, quarterback do Miami Dolphins

(Crédito: Twitter/reprodução)

Depois de não conseguir ajudar o time a se classificar aos playoffs, Ryan Tannehill pode estar vendo sua passagem pelo Miami Dolphins chegar ao fim. Apesar disso, o quarterback disse que o futuro não está passando por sua cabeça neste momento.

“O que há de positivo em refletir, ponderar e perder tempo pensando nisso? Está fora do meu controle agora. Estou focado em ganhar esse jogo em Buffalo”, declarou Tannehill, segundo o jornal ‘Palm Beach Post’.

Selecionado pelos Dolphins na primeira rodada do draft de 2012, com a oitava escolha geral, Tannehill não tem um grande retrospecto com a camisa da franquia da Flórida. Ao longo de sete temporadas em Miami, o signal caller soma 42 vitórias e 45 derrotas (48,3% de aproveitamento) como titular.

O camisa 17 jamais venceu mais do que oito jogos em uma única temporada.

Tannehill também sofreu muito com lesões nos últimos anos. Depois de não perdeu um jogo sequer entre 2012 e 2015, o QB perdeu 24 dos últimos 47 jogos por causa dos problemas físicos (incluindo toda a temporada 2017 devido a uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho).

Neste ano, em 10 jogos até agora, Tannehill tem sido bastante inconsistente, vivendo de altos e baixos. Ele completou 65% de seus passes para 1.832 jardas, 17 touchdowns e sete interceptações. Sua média de 183,2 jardas aéreas por partida é a pior de sua carreira.

Os Dolphins podem salvar US$ 13,18 milhões no salary cap de US$ 26,6 milhões de Tannehil para 2019 se cortarem o jogador.

Se dependesse do quarterback, ele passaria o restante de sua carreira no sul da Flórida.

“Honestamente, eu não pensei muito sobre isso. Eu tenho muita confiança em mim mesmo. Eu sei o que posso acrescentar onde quer que seja. Mas eu quero estar aqui. Eu quero finalizar minha carreira como um Dolphin e ganhar um campeonato aqui. Foi para isso que eles me trouxeram para cá e é isso que vim fazer”, finalizou Ryan Tannehill.

Infelizmente para o quarterback, a decisão não depende dele.

Em 87 jogos com a camisa do Miami Dolphins, Ryan Tannehill completou 62,9% de seus passes para 20.287 jardas, 123 touchdowns e 73 interceptações.

Comments
To Top