NFL

Ron Rivera: Panthers devem utilizar a franchise tag em Kawann Short

Kawann Short, defensive tackle do Carolina Panthers

(Crédito: Twitter/reprodução)

O técnico Ron Rivera, do Carolina Panthers, disse nesta quinta-feira (2) que a franquia, provavelmente, terá que utilizar a franchise tag no defensive tackle Kawann Short durante esta offseason. A declaração foi feita durante participação do head coach no programa NFL Insiders, da ‘ESPN’ dos Estados Unidos.

Short será um agente livre irrestrito em março, depois que a franquia da Carolina do Norte não conseguiu fechar um contrato de longa duração com o atleta antes da temporada 2016.

De acordo com Rivera, o general manager Dave Gettleman já teve acordos para discutir a situação do time no teto salarial e a melhor maneira neste momento de garantir que o defensor continue no elenco é utilizando o recurso da franchise tag.

“Obviamente, nós vamos provavelmente ter que utilizar a tag nele. Mas, se fizermos isso, que seja. Se não, eu acho que eles podem fechar um contrato e estou bastante otimista em relação a isso porque KK é uma grande parte do que fazemos”, falou. “Novamente, acreditamos que a frente defensiva é a parte mais importante do nosso time. Você tem que ser capaz de conter as corridas, de apressar o quarterback, e acho que KK é um daqueles caras que tem esse tipo de habilidade”, frisou Rivera.

A tag estimada para um defensive tackle em 2017 é de US$ 13,5 milhões.

Kawann Short, que fez 11 sacks em 2015 e liderou o time, parece estar buscando um contrato com média salarial de US$ 17,1 milhões por temporada, similar ao que Fletcher Cox recebeu do Philadelphia Eagles no ano passado.

Na temporada 2016, Short fez apenas seis sacks e o time, como um todo, não foi bem e fechou a temporada com campanha de seis vitórias e 10 derrotas.

Logo depois do término da última temporada, Short declarou que aceitaria receber a franchise tag, mas ressaltou que essa não é a opção ideal para ele.

“Todo mundo gostaria de evitar isso. Se acontecer, aconteceu. Se acontecer, ainda serei profissional com a situação”, afirmou.

O defensive tackle também falou com todas as letras que deseja seguir na franquia.

“Eu quero ser um Carolina Panther. É isso”, falou.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top