NFL

Roger Goodell revela que pretende comparecer ao jogo de estreia dos Patriots

Roger Goodell, comissário da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

Roger Goodell, comissário da National Football League, concedeu sua tradicional entrevista coletiva durante o Annual League Meeting, em Phoenix, na noite desta terça-feira (28), e o mandatário da liga afirmou que pretende estar na casa do New England Patriots para a abertura da temporada 2017.

“Eu planejo estar no kickoff”, falou, rindo de uma pergunta sobre seus planos para o futuro.

Assim, será a primeira vez que Goodell vai comparecer ao Gillette Stadium desde que as punições relacionadas ao caso Deflategate foram aplicadas ao quarterback Tom Brady e à franquia.

Os atuais campeões do Super Bowl vão enfrentar um time ainda a ser determinado na abertura do próximo campeonato.

A ausência de Roger Goodell nas partidas recentes dos Patriots levou a algumas críticas públicas. Torcedores do New England Patriots questionaram por que o comissário escolheu comparecer a dois jogos consecutivos do Atlanta Falcons durante os últimos playoffs em vez de comparecer à final da Conferência Americana (AFC).

Antes do Super Bowl LI, Goodell fez questão de afirmar que não estava evitando os compromissos dos Patriots e garantiu que voltaria a Foxborough se fosse convidado. Robert Kraft, dono dos Pats, falou posteriormente que Goodell seria bem recebido no estádio do seu time (o que duvidamos, cá entre nós).

Confira outros tópicos abordados por Roger Goodell em sua coletiva:

– O comissário negou a ideia de que o quarterback Colin Kaepernick, atualmente um free agent, está na “lista negra” dos times da NFL devido aos seus protestos durante o hino dos Estados Unidos na temporada passada.

“Eu não ouvi de nossos times de maneira alguma que isso seja um problema. Da minha experiência em 35 anos posso dizer que nossos times fazem avaliações independentes dos jogadores. Eles trabalham duro para tentar recrutar seus times e, se eles acham que um jogador pode ajudá-los a melhorar o time deles, eles vão fazer isso”, falou.

– Roger Goodell pediu ao Comitê de Competição da NFL que arquive os debates sobre regras para comemorações excessivas até que ele tenha a oportunidade de falar com os jogadores. Uma votação ainda é possível para o próximo encontro da liga, em maio, mas Goodell quer ganhar “clareza” e permitir que os jogadores tenham “mais capacidade de se expressar” antes que o problema seja esclarecido.

– Questionado sobre a potenciais armadilhas a serem enfrentadas por jovens jogadores em Las Vegas, devido à futura realocação dos Raiders, o comissário apontou para a Política de Conduta Pessoal da liga.

“Eu acho que temos uma obrigação de fazer isso com todos os 32 times. Minha experiência é que os caras de 21 anos podem encontrar problemas em muitos lugares diferentes, a propósito. Essa é uma das razões pelas quais focamos tanto em nossa Política de Conduta Pessoal. É educar, ajudar os jogadores a fazerem julgamentos melhores, dando a eles melhores informações para que evitem problemas. Estes tipos de coisas que têm sido muito eficazes”, ressaltou.

Comments
To Top