NFL

Roger Goodell: “cenário ideal” é manter Raiders e Chargers em suas cidades

Roger Goodell, comissário da NFL

(Crédito: Los Angeles Rams/divulgação)

Roger Goodell, comissário da National Football League, prefere o status quo quando se trata de manter as franquias em suas atuais localidades. E nesta quinta-feira (17), durante a cerimônia de inauguração da construção do novo estádio do Los Angeles Rams, o executivo voltou a deixar isso claro.

Em um futuro próximo, há chances de o San Diego Chargers se juntar aos Rams em Los Angeles e o Oakland Raiders pode se mudar para Las Vegas, mas para Goodell o “cenário ideal” seria que as duas franquias permanecessem em suas cidades.

“Se conseguirmos resolver nossos problemas em San Diego e resolvermos nossos problemas em Oakland, eu acho que essa é a solução ideal, francamente. Acho que é o que todos gostaríamos que acontecesse, mas há muito a ser feito nessas duas comunidades para chegar lá”, observou o mandatário da NFL.

As esperanças dos Chargers de permanecer em San Diego ficaram menores na semana passada, quando a franquia recebeu apenas 43% de aprovação de um estádio de US$ 1,8 bilhão e de um centro de convenções, o que levaria as taxas do setor hoteleiro a serem aumentadas para financiar a maior parte do projeto. Dois terços de aprovação era o necessário para o plano receber o sinal verde.

Agora, a tendência é que os Chargers se juntem aos Rams e dividam o projeto de estádio em Inglewood, que será inaugurado na temporada 2019 da NFL. Como parte do acordo de realocação dos Rams, aprovado no início de 2016 pelos donos das franquias da liga, os Chargers têm até o dia 15 de janeiro de 2017 para decidirem se desejam se juntar aos Rams em L.A.

O estádio dos Rams, que tem custo estimado de US$ 2,6 bilhões, está sendo construído com a ideia de poder abrigar dois times da NFL, como ressaltou Kevin Demoff, chefe de operações do Los Angeles Rams.

“Nós acompanhamos a situação deles em San Diego. Eu sei que (Dean Spanos, presidente e CEO dos Chargers) e (Stan Kroenke, dono dos Rams) conversam regularmente. Dean mantém Stain atualizado sobre o progresso deles, e nós temos um acordo encaminhado para eles virem para cá se eles ainda quiserem exercer essa opção até 15 de janeiro. A bola está realmente na quadra deles. Eles podem decidir o que eles querem fazer. Nós os receberíamos de braços abertos e, se não forem eles, certamente receberíamos os Raiders de braços abertos”, falou Demoff.

Os Raiders têm a chance de se juntarem aos Rams se, no final das contas, os Chargers encontrarem uma maneira de permanecer em San Diego, sede da franquia desde 1961.

Las Vegas já aprovou a liberação de uma quantia de US$ 750 milhões em dinheiro público para ajudar a construir um novo estádio para os Raiders e, agora, a franquia só precisa da aprovação de três quartos dos proprietários da NFL para mudar de localidade. E, ainda que muitos considerem as mudanças dos Chargers e dos Raiders para L.A. e Vegas como algo inevitável, Goodell deixou claro a intenção da liga.

“Nós amaríamos fechar algo em Oakland, mas se eles entrarem com pedido de realocação, nós vamos avaliar e assegurar que olharemos para isso tanto quanto pudermos no que diz respeito às questões de mercado. Nós somos muito minuciosos em questão de realocação, como vocês já sabem”, finalizou o comissário.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top