NFL

Robert Kraft “absolutamente” crê que Bill Belichick vai continuar nos Patriots

Bill Belichick, técnico do New England Patriots

(Crédito: Instagram/reprodução)

Robert Kraft, proprietário do New England Patriots, disse em entrevista ao site ‘TheMMQB.com’ que “absolutamente” acredita que o técnico Bill Belichick será o técnico do time na temporada 2018 da National Football League.

A declaração aparece em uma reportagem publicada neste sábado (6), um dia depois de a ‘ESPN’ norte-americana publicar uma reportagem polêmica detalhando um possível clima ruim dentro da franquia entre o quarterback Tom Brady, Belichick e Kraft.

O especial da ‘ESPN’ detalhou um “senso palpável no (Gillette Stadium) de que este pode ser o último ano juntos” para Kraft, Belichick e Brady.

Kraft contestou a parte da reportagem da ‘ESPN’ que cita que ele se reuniu com Belichick dois dias antes do prazo final para trocas na NFL (trade deadline), que foi no dia 31 de outubro, para uma reunião que durou metade do dia. No final, Belichick teria recebido uma ordem para trocar o quarterback Jimmy Garoppolo, então reserva de Brady.

“Quando você tem a sorte de ter alguém excepcional, você os deixa fazer o trabalho deles e fica fora do caminho”, falou Kraft ao ‘TheMMQB.com’. “(…) Até a segunda-feira da trade deadline – eu acredito que foi 30 de outubro – a última vez que havia falado com Bill sobre a situação de Jimmy foi em um grupo com Bill, Jonathan (Kraft, presidente da franquia), Nick Caserio (diretor de elenco) (…) um pequeno grupo, acho que em junho. Essa foi a última vez que falei com Bill sobre isso. Eu via Nick ocasionalmente e dizia: ‘alguma coisa acontecendo?’”, prosseguiu.

“Eu assumi que, uma vez que a temporada começasse, nós falaríamos novamente ao final da temporada sobre isso. A próxima vez que falei com Bill sobre isso foi na segunda antes da trade deadline. Ele me chamou naquela segunda e disse que conseguiu um acordo com San Francisco (49ers), Jimmy por uma escolha de segunda rodada do draft e (o quarterback) Brian Hoyer. Acabou que eles tiveram que cortar Hoyer, e então o pegamos. Mas, na verdade, essa foi basicamente uma escolha de segunda rodada e Brian Hoyer por Jimmy. Bill me perguntou se eu estava OK com isso. Fiquei realmente surpreso um pouco. Eu queria pensar sobre isso. Falei com Jonathan, que estava OK com isso, e liguei de volta para Bill e disse: ‘OK’”, finalizou Kraft.

Comments
To Top