NFL

Rob Gronkowski deve continuar carreira mesmo com atritos com Bill Belichick

Rob Gronkowski, tight end do New England Patriots

(Crédito: Instagram/reprodução)

O tight end Rob Gronkowski segue refletindo sobre seu futuro no futebol americano profissional. Contudo, o astro do New England Patriots expressou recentemente a pessoas próximas que é mais provável que ele continue atuando na National Football League do que se aposentar aos 28 anos de idade.

A informação foi trazida por uma reportagem do jornalista Jeff Darlington, da ‘ESPN’ norte-americana, publicada neste final de semana.

Fontes dizem que Gronkowski ainda não tomou uma decisão definitiva. Apesar disso, mesmo com reflexões sérias ao final da temporada 2017 sobre se aposentar, o tight end está “bastante certo” de que ele vai continuar enquanto o quarterback Tom Brady permanecer na franquia de Foxborough.

Gronk tem considerado se aposentar devido à fadiga física e mental enfrentada na NFL.

A reportagem da ‘ESPN’ acrescenta que há persistentes frustrações entre Gronkowski e o técnico Bill Belichick, juntamente com outras pessoas dentro da organização, como afirmam fontes próximas a ambos os lados.

Não se sabe se essas frustrações podem afetar o retorno do TE aos Pats e esse segue sendo um dos pontos centrais em meio à decisão do atleta de pendurar as chuteiras ou não neste momento.

Pelo lado do jogador, o peso que a temporada 2017 teve em seu lado físico e emocional levou Gronkowski a dizer às pessoas que, provavelmente, ele iria se aposentar da NFL. Além disso, toda a frustração tem sido acompanhada por uma fadiga mental causada pela cultura interna do New England Patriots, como fontes consultadas pela ‘ESPN’ observaram.

Nada teria ocorrido desde o final da temporada passada para convencer o tight end de que isso vai mudar e Gronkowski sabe que terá que estar preparado para arcar com um impacto semelhante mental e fisicamente caso decida continuar jogando em 2018.

Já pelo lado de Belichick, fontes afirmam que, desde o término da temporada, o head coach expressou frustrações relacionadas a Gronkowski às pessoas próximas. O treinador está especificamente questionando se o TE segue completamente comprometido com o futebol americano, o que é uma exigência de Belichick.

Entre os exemplos da frustração de Belichick estão seu descontentamento com uma mensagem publicada recentemente por Gronkowski em seu Instagram sobre o wide receiver Danny Amendola, ex-jogador dos Patriots que acertou com o Miami Dolphins nesta free agency.

Juntamente com um vídeo em que ele aparece abraçando Amendola, Gronkowski escreveu no dia 14 de março, em parte da legenda na postagem: “seja LIVRE, seja FELIZ”.

Isso é uma mostra sutil do descontentamento do tight end com a cultura extremamente competitiva dentro dos Patriots.

Se Gronkowski mostrar durante a offseason que segue totalmente comprometido com o esporte, muitas pessoas próximas a Gronk e a Belichick afirmam que acreditam que os atritos entre os dois vão diminuir.

De acordo com uma fonte consultada pela ‘ESPN’, ainda que a discórdia entre as duas partes não deva ser minimizada, ela não deve ser vista como irreconciliável.

Enquanto isso, a offseason segue e vamos aguardar as próximas semanas para ver o que vai se desenrolar em relação à decisão de Gronkowski de continuar jogando ou não. Não descarte nem mesmo Belichick tentando trocar o tight end.

Nós sabemos bem como as coisas funcionam na franquia de Robert Kraft…

Comments
To Top