NFL

Rick Smith recebe liberação do Houston Texans para cuidar de esposa

Rick Smith, general manager do Houston Texans

(Crédito: Houston Texans/divulgação)

O general manager Rick Smith, do Houston Texans, está recebendo uma longa licença por parte da franquia para poder cuidar de sua esposa Tiffany, que recentemente foi diagnosticada com câncer de mama.

Smith foi cuidado da esposa ao longo da temporada 2017 da NFL, enquanto ela passava por tratamento no Arizona. Ele determinou que sua esposa e seus três filhos agora precisam mais dele do que o futebol americano.

“Eu sou eternamente grato à família McNair pelo apoio inabalável durante este momento difícil. Essa foi uma decisão extremamente difícil para mim, já que eu amo esta organização e cada membro deste time, dentro e fora de campo. Eu sigo comprometido com nossa missão de trazer um título para a cidade de Houston, mas minha família precisa de mim agora e eles são a minha prioridade”, declarou Rick Smith, em comunicado oficial divulgado neste domingo (31).

Rick Smith trabalha nos Texans desde 2006, quando ele se tornou o general manager mais jovem da liga, com 36 anos de idade. Houston soma 92 vitórias e 100 derrotas em temporadas regulares e três vitórias e quatro derrotas nos playoffs, com quatro títulos da divisão AFC South, desde que Smith assumiu a função.

Em relação ao futuro do técnico Bill O’Brien, que falou neste domingo após a derrota por 22 a 13 para o Indianapolis Colts, o próprio head coach voltou a frisar que sua continuidade ou não no cargo depende do proprietário Bob McNair.

Tem havido muitos boatos sobre o futuro de O’Brien em Houston, depois que os Texans tiveram dificuldades e fecharam a temporada com 4-12. Os Texans tiveram campanha de 9-7 em cada uma das três primeiras temporadas do técnico no cargo e venceram o título da divisão AFC South em 2015 e 2016.

A ‘ESPN’ noticiou neste domingo que O’Brien deve seguir como técnico dos Texans em 2018.

O head coach ainda tem um ano remanescente no contrato de cinco anos que ele assinou quando assumiu o cargo em 2014.

Na semana passada, O’Brien disse que estaria disposto a treinar o time sob o último ano de contrato, mesmo sem assinar uma extensão, e ele garantiu no começo deste mês que jamais vai pedir demissão do cargo de técnico principal do Houston Texans.

Após a derrota deste domingo para os Colts, O’Brien se referiu à sua primeira temporada negativa como head coach na NFL como “absolutamente brutal”. Agora, o técnico soma 31 vitórias e 33 derrotas em quatro temporadas comandando os Texans.

Comments
To Top