NFL

Richard Sherman diz que jogadores da NFL têm que estar dispostos a fazer greve

Richard Sherman, cornerback do Seattle Seahawks

(Crédito: Instagram/reprodução)

O cornerback Richard Sherman, do Seattle Seahawks, disse que os jogadores da National Football League teriam que estar dispostos a fazer greve caso queiram conseguir contratos imensos e garantidos como acontece com jogadores da NBA.

Há dois sábados, no dia 1º de julho, os agentes livres da maior liga de basquete do mundo assinaram acordos com valor total próximo a US$ 1 bilhão nas primeiras 24 horas de free agency. E, como é de praxe, isso deixou muitos jogadores da NFL com inveja.

Em aparição no tapete vermelho do prêmio ESPYs, na noite desta quarta-feira (12), Sherman foi questionado por Jalen Rose, da ‘ESPN’ norte-americana, se os atletas da NFL teriam que pensar em fazer greve para conseguirem acordos similares aos da NBA. E o defensor dos Seahawks não titubeou.

“Ah, 100%. Se queremos como a NFL, como uma união, conseguir algo, os jogadores precisam estar dispostos a fazer greve. Isso é o que os caras precisam 100% perceber”, observou. “Você vai ter que perder jogos, terá que perder algum dinheiro se está disposto a conseguir, porque é assim que a MLB e a NBA conseguiram. Eles perderam jogos, entraram em greve, eles flexionaram todo o poder que tinham, e foi incrível. Funcionou para eles”, completou.

Richard Sherman também afirmou que os jogadores da NFL precisam reavaliar como eles encaram os contratos e a longevidade, mencionando como exemplos os contratos assinados por Kevin Durant, do Golden State Warriors, e por LeBron James, do Cleveland Cavaliers.

“Jogadores da NBA como KD e LeBron estão sentados lá recebendo acordos de dois anos como se fosse nada. Eles pensam: ‘eu vou pegar um contrato de dois anos porque vou esperar o teto salarial subir e dar outra mordida na maçã’. No nosso esporte, eles não vão fazer isso”, finalizou.

Comments
To Top