NFL

Richard Sherman: Deshaun Watson será em breve um QB top 5 na NFL

Deshaun Watson, quarterback do Houston Texans, e Russell Wilson, quarterback do Seattle Seahawks

Russell Wilson cumprimenta Deshaun Watson após o jogo épico (Crédito: Instagram/reprodução)

O cornerback Richard Sherman, astro do Seattle Seahawks, foi só elogios ao quarterback Deshaun Watson, do Houston Texans, após o jogo deste domingo (29). O duelo, que terminou com vitória dos Seahawks por 41 a 38, foi considerado por muitos o melhor da temporada 2017 até agora.

E, apesar da derrota dos Texans, Watson teve uma das melhores atuações de sua ainda curta carreira na National Football League. Ele acertou 19 passes de 30 para 402 jardas, quatro touchdowns e três interceptações, desempenho que rendeu até quebra de recorde.

Os rivais de Seattle ficarem realmente impressionados com o calouro dos Texans e Sherman não economizou nas palavras.

“Você jogou o melhor jogo que um quarterback já jogou contra nós e já jogamos contra todas as lendas. Eu respeito como você ficou lá e permaneceu batalhando e batalhando”, falou o defensive back dos Seahawks em entrevista por telefone ao ‘TheMMQB.com’, na noite de domingo, sobre a mensagem que deixou ao oponente no pós-jogo.

Depois da partida, Sherman e Watson deram um longo abraço e o cornerback disse ao jovem dos Texans o quanto o admirava.

Com mais quatro passes para TD neste domingo, Watson ultrapassou uma lenda chamada Kurt Warner e estabeleceu um novo recorde de maior número de passes para touchdown nos primeiros sete jogos da carreira, com 19 no total.

Das três interceptações lançadas pelo jovem, duas foram feitas por Sherman.

“Meu Deus, Houston é tão sortudo. No ano que vem, ele será um quarterback top 5 nesta liga, e isso inclui dois cachorros grandes (Tom Brady e Aaron Rodgers). Ele faz você ir até o fundo de sua competitividade para vencê-lo”, disse Sherman ao ‘TheMMQB.com’.

Do outro lado do campo, Russell Wilson, quarterback dos Seahawks, precisou ter uma atuação absurda para derrotar os Texans. O camisa 3 de Seattle acertou 26 passes de 41 para 452 jardas, quatro touchdowns e uma interceptação. Foi o primeiro jogo com pelo menos 400 jardas lançadas da carreira de Wilson.

E ele também não escondeu sua admiração por Watson.

“Ele é um jogador muito especial, e eu vou adorar vê-lo jogar nos próximos anos. Ele foi tão bom hoje, tão especial. Eu disse para ele no campo: ‘Deus é bom. Continue trabalhando duro e isso vai continuar a aparecer’”, falou Wilson ao ‘TheMMQB.com’.

Wilson também disse aos jornalistas que, em sua opinião, o debate sobre quem será o Calouro do Ano na NFL já está encerrado.

“Deshaun Watson é especial. Quero dizer, vá em frente e lhe dê o Calouro do Ano, ele é um grande jogador. Eu adoro vê-lo”, frisou.

Sherman falou aos repórteres que, após jogar contra Watson, ele agora sabe o que outros jogadores acham de tentar defender Russell Wilson, já que ambos têm estilos similares. O cornerback mencionou o penúltimo passe para TD do calouro dos Texans, no qual ele saiu da pressão e encontrou o running back Lamar Miller na end zone.

“Ele está lá atrás assim como A-Rod é, abaixa-se sobre um, recua de outro, gira contra outro, e acerta o cara desmarcado. Alguma vez houve um novato que faz isso? Seria difícil de encontrar. Talvez um (Michael) Vick de tempos em tempos; ele era muito especial no pocket”, pontuou Sherman. “Mas não era como se ele estivesse saindo para correr. Ele estava saindo para olhar e achar o cara desmarcado. Ele vai ser um jogador especial nesta liga. Ele fez jogadas que muitas poucas pessoas nesta liga, incluindo os caras do topo, podem fazer”, finalizou.

Comments
To Top