NFL

Rex Ryan confessa ter ficado chateado com demissão e não deseja sorte aos Bills

Rex Ryan, técnico da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

Rex Ryan teve uma saída conturbada do Buffalo Bills, sendo demitido antes mesmo do término da temporada 2016 da NFL, e nesta semana, em entrevista ao ‘New York Daily News’, ele falou sobre o assunto.

O treinador deixou claro que não tem interesse em se tornar coordenador defensivo na NFL e ele planeja, pelo menos durante a temporada 2017, ocupar um cargo de comentarista de jogos na TV.

“A única coisa sobre (estar na TV) é que você não perde”, afirmou Rex ao jornal, em sua primeira entrevista desde que foi demitido, no dia 27 de dezembro. “Você vai lembrar de todas as malditas derrotas. Mas e as vitórias? Você não se lembra necessariamente. Então, isso toma muito de você. Estou cansado de ser fod***. A menos que seja uma situação real (como treinador), não há sentido de entrar nisso novamente”, declarou.

Nesta segunda-feira (30), a ‘ESPN’ anunciou que Ryan fará parte da equipe do Sunday NFL Countdown nesta semana, sendo um dos analistas do Super Bowl LI.

De acordo com o jornal ‘Sports Business Daily’, a ‘CBS’, a ‘Fox’ e a ‘NFL Network’ fizeram ofertas para Rex Ryan ser comentarista, 2, mas o ‘New York Daily News’ apurou que o treinador ainda precisa decidir qual emprego será melhor para ele.

Rex Ryan tinha três anos remanescentes no contrato de cinco anos, US$ 27,5 milhões que ele fechou com os Bills em 2015.

“Eu realmente não estou com gosto amargo (sobre ser demitido) e talvez aqueles US$ 15 milhões (remanescentes no acordo) seja uma das razões. Eu não estou amargo, cara… Sim, eu estou machucado. Fiquei chateado com isso. Não há dúvidas. Mas ressentido não é como me sinto. Eu sinto como: ‘se eles nunca me quiseram aqui, então, tudo bem. Eu não estou aqui. Eu não sou mais técnico de vocês. Fino e elegante’”, prosseguiu.

No começo de janeiro, Terry Pegula, proprietário dos Bills, revelou em entrevista à ‘Associated Press’ que demitiu Rex Ryan depois que o treinador perguntou sobre seu futuro na franquia aos proprietários antes do último jogo da temporada regular.

“Não era comigo sair. Esse não é o caso. Eles me disseram: ‘saia’. Então eu fiz isso”, observou.

Rex Ryan, que teve retrospecto de 15 vitórias e 16 derrotas em quase duas temporadas completas no Buffalo Bills, retirou o tema vermelho e azul de sua caminhonete depois da demissão e substituiu o logo dos Bills pelo de Clemson.

“Eu tirei aquilo da maldita caminhonete no dia em que fui demitido. Fo**m-se vocês, caras”, falou.

Sobre sua passagem com resultados abaixo do esperado nos Bills, o técnico mencionou as lesões do wide receiver Sammy Watkins, bem como do defensive end Shaq Lawson e do linebacker Reggie Ragland, selecionados no início do draft de 2016, entre as razões pelas quais ele não foi “realmente sortudo” na organização.

“No final das contas, eu sou responsável pelo produto no campo”, frisou. “Eu não desejo azar para eles. Não. Mas também não desejo sorte. Vou ser sincero: eu não lhes desejo boa sorte. Não lhes desejo má sorte. Eu desejo sorte aos Jets”, finalizou.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top