NFL

Revisão de vídeos mostra que maior número de concussões acontecem em passes

(Crédito: Instagram/reprodução)

Uma revisão de 459 vídeos de concussões sofridas ao longo das últimas duas temporadas da NFL mostrou que muito mais concussões aconteceram em jogadas de passe do que em outros lances.

Os quarterbacks ficaram na parte de baixo da lista, à frente apenas dos kickers, com apenas 5% das concussões analisadas. Um dos fatos a serem citados é que apenas um signal caller está em campo por vez, enquanto outras posições têm vários jogadores. Os cornerbacks e wide receivers lideram a lista com 22% e 15% respectivamente.

Quase das metades das concussões (44%) foram em passes, enquanto 30% em lances de corridas, 21% em retornos ou kickoffs, 4% em sacks e 1% em tentativas de field goals.

O lado do capacete foi o local de impacto mais comum das concussões, aparecendo em mais de 50% dos casos, enquanto 41% das concussões ocorreram quando um jogador estava fazendo um tackle em um oponente.

Além disso, uma maior porcentagem de pancadas de capacete no corpo, 45% dos casos, causou concussões. Os impactos capacete com o chão aumentaram para 19% e impactos capacete com capacete reduziram para 36%.

A revisão foi supervisionada pelo Dr. Jeff Crandall, presidente do comitê de engenharia da NFL e diretor do Centro de Biomecânica Aplicada da Universidade de Virgínia.

“Nós vimos uma mudança. Quinze, 20 anos atrás, teríamos uma porcentagem muito maior de capacete com capacete, chegando em 70%. Por meio de um monte de mudanças na regra, mudamos a forma como o jogo é disputado e reduziu as pancadas capacete com capacete”, disse ele. “Vimos que as pancadas capacete com ombro e capacete com o chão são maiores”.

Os dados irão ajudar a testar e avaliar capacetes e outros equipamentos. Os números serão compartilhados com todas as partes interessadas, desde jogadores até médicos e pesquisadores.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top