NFL

Redzone: trajetória do New England Patriots até o Super Bowl LI

Tom Brady e Bill Belichick, do New England Patriots

(Crédito: Instagram/reprodução)

A temporada do New England Patriots começou muito antes do dia 11 de setembro, primeiro domingo com jogos da temporada regular. No dia 15 de julho de 2016, Tom Brady anunciou que não iria atrás de mais uma apelação e aceitou a suspensão de quatro jogos relacionada ao escândalo de bolas murchas relativa aos playoffs de 2014.

Além disso, durante a sua jornada rumo ao Super Bowl, o tight end Rob Gronkowski só jogou cinco partidas como titular e não entrou em campo em nenhuma jogada sete vezes. Ele também terminou a temporada na injured reserve.

O ano começou com duas vitórias apertadas sobre Miami Dolphins e Arizona Cardinals, contudo a primeira preocupação veio no jogo da semana 2 contra o time da Florida, quando Jimmy Garoppolo (42/59, 469 jardas e quatro touchdowns nesses jogos) lesionou o ombro e não pode atuar nos últimos jogos de ausência de Tom Brady.

Muitos acharam que duas possíveis derrotas poderiam comprometer a temporada dos Patriots, contudo Jacoby Brissett foi bem e conseguiu liderar o time para uma vitória por 27 a 0 sobre o Houston Texans. O novo problema era que o quarterback calouro havia lesionado o polegar direito. Brissett foi para o jogo da semana 4 contra o Buffalo Bills mesmo lesionado, mas o time saiu derrotado sem pontuar. Dias depois, a escolha de terceira rodada foi colocada na injured reserve.

O retorno de Brady foi no melhor jogo possível, contra o Cleveland Browns, que estava 0-4 e posteriormente terminou o ano com 1-15. Na vitória por 33 a 13, o camisa 12 completou 28 passes em 40 tentativas para 406 jardas e três touchdowns.

A franquia de Massachusetts emplacou quatro vitórias consecutivas antes de ter a sua segunda e última derrota na temporada. O Seattle Seahawks conseguiu vencer por 31 a 24 e conseguiu fazer uma das duas interceptações que Brady sofreu na temporada regular.

Em termos de resultado, o final da temporada foi só flores. Vitórias nos últimos sete jogos, conquista da AFC East com tranquilidade e melhor campanha da National Football League (14-2). Além disso, os Patritos tiveram o quarto melhor ataque em jardas totais por jogo (386,2) e a oitava melhor defesa em jardas cedidas por jogo (326,4).

Playoffs dos Patriots

O momento mais esperado da temporada chegou e o New England Patriots folgou na semana de Wild Card. Como teve a melhor campanha da liga, o time comandado por Bill Belichick também tinha o direito de jogar suas partidas no Gilette Stadium.

Na semana de Wild Card, o adversário foi o Houston Texans, que havia perdido para os mesmos Pats sem pontuar, para um time sem Tom Brady e que estava com um inconstante Brock Osweiler como quarterback. Apesar dos dois primeiros quartos com pontuação próxima – 17 a 13 -, a segunda etapa da partida não teve graça e a equipe de Foxborough conseguiu abrir larga vantagem e vencer por 34 a 16.

O grande jogo deveria ser contra o Pittsburgh Steelers, que vinha em boa fase, mas não foi assim. Desde o início os Patriots impuseram um ritmo forte e limitaram o ataque do time da Pensilvânia a três field goals nos dois primeiros quartos. No segundo tempo, Tom Brady e companhia passou o carro e só deixou os Steelers pontuarem no final do último quarto. O placar final foi 36 a 17.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top