NFL

Questionado sobre quarterbacks, John Fox afirma: “nós vamos avaliar tudo”

Mitchell Trubisky, quarterback do Chicago Bears

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Chicago Bears sofreu uma humilhante derrota para o arquirrival Green Bay Packers por 35 a 14, no último Thursday Night Football, e a partida ficou marcada por diversos erros da franquia de Illinois. O mais flagrante sendo a atuação de Mike Glennon.

O quarterback titular dos Bears cometeu quatro turnovers no total, sendo duas interceptações e dois fumbles perdidos. No mais, ele acertou 21 passes de 33 para 218 jardas e um touchdown.

Questionado sobre uma possível mudança na posição de QB, ainda mais com o calouro Mitchell Trubisky sedento por uma chance, o técnico John Fox foi enfático.

“Nós precisamos fazer muitas mudanças. Nós vamos avaliar tudo, e temos muito trabalho a fazer antes de jogarmos contra Minnesota (no dia 9 de outubro). Vamos olhar para tudo”, declarou o head coach.

Fox também rechaçou a ideia de que todas as dificuldades enfrentadas pelos Bears neste momento recaiam sobre Glennon.

“Eu não acho que todos aqueles foram turnovers de Mike. Novamente, há muitas pessoas que estão lá envolvidas. Nós deixamos bolas caírem. Tivemos faltas. Houve muitas coisas para passar”, frisou. “Eu acho que avaliamos todos os dias. Não será uma inovação; é só que, obviamente, temos que consertar algumas coisas em nosso time de futebol americano. Estamos com 1-3 no começo da temporada – não é apenas o quarterback. Todo mundo quer falar sobre o quarterback. Temos mais problemas do que o quarterback”, completou.

Vale lembrar que o Chicago Bears fechou um contrato com US$ 16 milhões garantidos com Glennon na última free agency para que ele fosse o quarterback titular em 2017. Porém, semanas mais tarde, a equipe também selecionou o jovem Trubisky com a segunda escolha geral no draft.

Em quatro jogos na temporada até agora, Glennon soma oito turnovers.

Segundo o Elias Sports Bureau, Glennon é o único jogador dos Bears nas últimas 40 temporadas a ter três turnovers em uma metade de jogo em duas oportunidades nos primeiros quatro jogos de uma temporada.

O número 1 que obviamente devemos consertar são os turnovers. Eu não vou dar ao nosso time uma chance quando você perde a bola assim”, ressaltou o quarterback.

Enquanto isso, Trubisky ocupa a vaga de reserva direto. Na pré-temporada, o jovem passou para 364 jardas, três touchdowns e não sofreu nenhuma interceptação.

“Novamente, Mitch é um grande jogador, foram quatro jogos de temporada regular em sua temporada de calouro de sua carreira na NFL. Como eu disse, temos uma grande diferença aqui (entre a experiência de Trubisky e Glennon). Nós vamos examinar tudo e todos, não apenas a posição de quarterback”, finalizou John Fox.

Será mesmo que já não é hora de dar uma chance ao calouro?

Comments
To Top