NFL

Quarterback de Wyoming, Josh Allen anuncia que vai entrar no draft de 2018

Josh Allen, quarterback de Wyoming

(Crédito: Instagram/reprodução)

O quarterback Josh Allen, de Wyoming, anunciou nesta sexta-feira (22) sua intenção de renunciar ao seu último ano na universidade e entrar no draft de 2018 da National Football League.

Terceiro anista em Wyoming, Allen é considerado um dos melhores prospectos para o próximo draft na posição de QB. Ele fez seu anúncio oficial pouco depois da vitória por 37 a 14 do Wyoming Cowboys sobre o Central Michigan Chippewas no Famous Idaho Potato Bowl.

Na decisão, Allen acertou 11 passes de 19 para 154 jardas, três touchdowns e não sofreu nenhuma interceptação.

John Elway, presidente de operações de futebol americano do Denver Broncos, compareceu ao jogo para analisar os prospectos, sobretudo Allen.

Allen é considerado atualmente o terceiro melhor quarterback elegível para o próximo draft da NFL pelos analistas de draft Mel Kiper e Todd McShay, da ‘ESPN’ norte-americana. Kiper o considera o 11º melhor prospecto de forma geral (considerando todas as posições), enquanto que McShay o coloca na posição de número 15.

Apenas Josh Rosen, de UCLA, e Sam Darnold, de USC, estão atualmente ranqueados à frente de Allen entre quarterbacks nas análises de Kiper e McShay.

A decisão de Allen de atuar na última sexta no Famous Idaho Potato Bowl vem de encontro à moda atual dos principais prospectos, que abdicam de atuar nos bowls para iniciarem a preparação para o draft. Porém, o jovem signal caller afirmou que sentia que “devia” isso ao head coach Craig Bohl e ao treinador de quarterbacks Brent Vigen.

“Passando por tudo desde uma oferta de bolsa de estudos, você sabe, o Coach Bohl e o Coach Vigen acreditaram em mim. Eu senti como se devesse ao menos mais um jogo aqui. O futebol americano é parte de mim. Se eu não estiver jogando, então não sou eu. Então tenho que estar em campo em todas as ocasiões, porque amo este time, amo este esporte e amo os Cowboys”, falou.

O técnico Craig Bohl elogiou seu pupilo pela atitude.

“No mundo de hoje, onde os jogadores estão tomando todos os tipos de decisões relacionadas aos bowls, Josh escolheu jogar, e eu o aplaudo por isso. Se há algum time da NFL à procura de um jogador, você nunca vai encontrar um competidor melhor e um líder melhor do que ele”, afirmou o head coach de Wyoming.

Comments
To Top