NFL

Proprietário do New York Jets está abraçando a renovação do time

Woody Johnson, proprietário do New York Jets

(Crédito: New York Jets/divulgação)

O New York Jets não se classifica para os playoffs da National Football League desde a temporada 2010 e, agora, o time resolveu adotar um modo de reconstrução. A offseason está sendo movimentada para a equipe, mas Woody Johnson quer manter as expectativas em um nível não muito alto.

O proprietário da franquia nova-iorquina prega a calma e quer que seu time seja julgado pelo progresso em 2017 e não pelo número de vitórias e derrotas no próximo campeonato.

“Realmente, a maneira como quero ser julgado, especialmente do ponto de vista dos torcedores, é apenas ver como nós melhoramos ao longo do ano”, falou Johnson nesta terça-feira (2), em entrevista à ‘ESPN New York 98.7 FM’, durante um evento beneficente em Manhattan. “Olhe para cada indivíduo na equipe e, se eles estão ficando melhores, essa é uma marca de progresso. É isso que estamos procurando”, prosseguiu.

O New York Jets terminou a temporada 2016 com campanha de cinco vitórias e 11 derrotas, o que levou a uma reformulação que incluiu a dispensa de veteranos com o wide receiver Brandon Marshall, o cornerback Darrelle Revis e o center Nick Mangold, entre outros. E, agora, a ideia é rejuvenescer a equipe.

Esse grande movimento para renovar a equipe é algo sem precedentes durante seu período como dono da organização, segundo Woody Johnson.

“Se você quer ir à terra prometida, você tem que caminhar em uma certa direção. Eu acho que essa é uma direção que nunca tentamos nos 17 anos em que tenho sido associado aos Jets. Nós nunca fomos por aqui”, observou o executivo.

Segundo Woody Johnson, a meta é “ter o tipo certo de jogador no vestiário (…) jovens (…) construir através do draft (…) com jovens free agents que muitos sequer prestam atenção, os caras que não foram draftados. Muitos bons jogadores por aí jogam futebol americano, muitos deles”.

Quando a temporada passada acabou, Johnson deixou claro que não há exigência de playoffs para o técnico Todd Bowles e para o general manager Mike Maccagnan, que estão na franquia há dois anos e tiveram 15 vitórias e 17 derrotas neste período.

“Julgue isso pelo progresso”, finalizou Johnson.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top