NFL

Prévias NFL temporada 2016/17: Kansas City Chiefs

Chiefs

Desempenho em 2015/16: 11-5 na temporada regular, perdeu para os Patrions na semifinal da AFC (27 a 20)

Sobe, desce ou fica na mesma? Na mesma, o que já é bom

Principal jogador: Jamaal Charles (já que Justin Houston ainda é uma interrogação para a temporada)

Vai feder: Greve de Eric Berry no training camp e recuperação de Houston

Previsão nada exata ou científica: 11-5

Depois de seis jogos na temporada 2015/16, o Kansas City Chiefs estava com cinco derrotas e tinha acabado de perder o primeiro, segundo e terceiro melhores jogadores do ataque, todos eles chamados Jamaal Charles. Uma combinação de tabela fácil e ressurreição esportiva, os Chiefs ganharam os 11 jogos finais e mais o 1º jogo de playoffs desde 1994.

E agora? Agora é hora de tentar algo a mais.

Ataque dos Chiefs

Alex Smith não é um gênio. Eu sei, a mãe dele sabe, Jim Harbaugh sabe e Andy Reid também. Só que o cara é seguro, consistente e ganha jogos, com 30 vitórias e 16 derrotas desde que chegou nos Chiefs. Na temporada passada foram apenas sete interceptações (a cada 100 passes, só 1,5 foram interceptados), pior apenas que Tom Brady e Aaron Rodgers.

Ele não precisa forçar o braço porque Jamaal Charles está de volta e com ele está toda sua capacidade de achar buracos para correr com a bola ou receber passes (9 TDs corridos e 5 recebidos em 2014/15). Ainda tem Charcandrick West e Spencer Ware, ambos RBs competentes quando o titular estava machucado. E o ataque aéreo sabe explorar rotas curtas, com o tight end Travis Kelce e o wide receiver Jeremy Maclin também experts em acharem buracos e correrem no tráfego.

O site Pro Football Focus colocou a linha ofensiva dos Chiefs como a 17ª melhor, ou seja, no meio do caminho. Mitchell Schwartz, sexto melhor tackle da liga em 2015/16 segundo o PFF, foi contratado e assim as perdas dos guards Ben Grubbs e Jeff Allen podem não ser tão sentidas, mas elas não foram exatamente repostas, por isso a posição intermediária.

Ou seja, tirando Charles, não há nada de brilhante no ataque dos Chiefs. Mas ser acima da média e não entregar a bola já é algo muito bom.

Defesa dos Chiefs

A defesa da equipe com certeza é mais forte que o ataque e o time conseguiu trazer de volta vários nomes que se tornaram free agents. O problema é que o safety Eric Berry, depois de uma emocionante volta à equipe após tratamento de um linfoma, recebeu a franchise tag, não gostou disso e o novo contrato não saiu, fazendo ele entrar 2.

O front seven continua muito forte, com Tamba Hali e Derrick Johnson já veteranos mas ainda competentes. Mas o maior problema é mesmo Justin Houston, pesadelo das linhas ofensivas adversárias e que passou por uma cirurgia de joelho ainda em março. Ele não 2 e caso jogue na temporada, pode mostrar um pouco de ferrugem. Caso chegue a 100%, estamos falando de um dos melhores pass rushers da NFL.

Na secundária, caso Berry volte e Marcus Peters, depois de uma temporada de calouro de 9 interceptações, continue sua evolução, estamos falando de um ótimo setor mesmo com a perda de Sean Smith, que foi para os Raiders. Como deu para ver, há algumas incógnitas, mas como tudo indica que Berry e Houston vão jogar boa parte da temporada, os Chiefs podem ter uma defesa pelo menos no top 10.

Tabela

Crédito: ESPN/reprodução

Crédito: ESPN/reprodução

Com um bye cedo, os quatro primeiros jogos serão um bom termômetro para saber se esses Chiefs podem vencer a AFC West, com a partida mais difícil sendo contra os Steelers fora na semana 4. Enfrentando equipes da NFC South e AFC South, a equipe teve má sorte nos mandos, tendo que enfrentar Colts, Panthers e Texans longe do Missouri.

Só que isso faz com que os mandos no Arrowhead Stadium, que já é um inferno normalmente, sejam ainda piores pra os visitantes e um 8-0 em casa (6-2 em 2015/16) é perfeitamente possível. Soma a isso o favoritismo contra os Chargers mesmo em San Diego e contra os Falcons mesmo em Atlanta, e há 10 vitórias sem ter que forçar muito. O jogo-chave será contra os Raiders em casa na semana 14, iniciando uma sequência de três partidas em casa e contra um rival de divisão que tem tudo para crescer este ano.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top