NFL

Presidente dos Cardinals cede avião particular para família de Kurt Warner

(Crédito: Wikimedia commons)

Michael Bidwill, presidente do Arizona Cardinals, fez uma grande ação nesta semana. Após descobrir que 13 membros da família do ex-quarterback Kurt Warner ficaram presos em Chicago antes da sua introdução ao Hall da Fama no sábado, o executivo da franquia de Phoenix enviou seu avião privado para buscá-los e levá-los à Canton, Ohio.

Warner, que defendeu o St. Louis Rams e os Cardinals, tinha uma festa marcada na quinta-feira à noite. Ele publicou no Twitter que sua família estava presa no aeroporto de Chicago e perguntou se a empresa aérea poderia levar a sua família para Cleveland. Ohio, a tempo da festa.

Ao ver a publicação de Warner no Twitter, Bidwill ajudou eles chegarem a tempo. Vale lembrar que é possível considerar como uma retribuição, já que o Hall of Famer foi o responsável por levar o Arizona Cardinals para o seu primeiro Super Bowl.

“Obrigado United Airlines por ajudar, mas #Michael Bidweill, do Arizona Cardinals, foi mais ágil para ajudar a família Warner de novo”, publicou o ex-signal caller no Twitter.

No próximo sábado, sete pessoas irão ser introduzidas ao Hall da Fama do futebol americano  profissional em Canton Ohio. Além de Warner, ganharão a honraria: Jason Taylor, LaDainian Tomlinson, Jerry Jones, Kenny Easley, Tarrell Davis e Morten Andersen.

Comments
To Top