NFL

Prazo para decisão do San Diego Chargers sobre realocação é estendido em dois dias

Dean Spanos, proprietário e CEO do San Diego Chargers

Dean Spanos, dono dos Chargers, terá uns dias a mais para tomar decisão (Crédito: Twitter/reprodução)

Em uma decisão tomada com o intuito de evitar um anúncio grande durante um final de semana de playoffs, a National Football League estendeu o prazo para o San Diego Chargers exercer ou não sua opção de se realocar para Los Angeles em dois dias, de domingo (15) para terça-feira (17).

A notícia se dá depois da reunião dos proprietários da NFL que compõem os comitês de finanças e estádio da liga, realizada nesta quarta-feira (11).

A extensão foi uma iniciativa da NFL, não dos Chargers, devido ao fato de que 15 de janeiro caiu em um domingo e na segunda-feira (16) é o Dia de Martin Luther King Jr., feriado nacional dos Estados Unidos. E, apesar de o prazo ter sido estendido, isso não impede o San Diego Chargers de anunciar sua intenção de se mudar para Los Angeles antes disso.

Kevin Faulconer, prefeito de San Diego, também deve falar nesta quinta (12) sobre a situação de sua cidade para manter os Chargers na atual localidade.

Agora, os Chargers têm até terça para decidirem se vão de mudar para L.A., onde a franquia foi fundada em 1960, ou seguir em San Diego, onde a franquia se estabilizou nos últimos 55 anos.

Em dezembro, os Chargers anunciaram que chegaram a um acordo para alugar uma propriedade para construir um centro de treinamento temporário em Orange County, caso a organização opte mesmo pela mudança para Los Angeles.

A proposta mais recente de Faulconer para manter o time em San Diego foi o projeto de um novo estádio de US$ 1,2 bilhão em Mission Valley, atual localidade do Qualcomm Stadium, que incluiu um potencial de US$ 375 milhões de contribuição com dinheiro público. Entretanto, ainda há uma diferença de US$ 175 milhões de financiamento depois que a NFL e os Chargers contribuíram com US$ 650 milhões, e os Chargers tinham o temor de que uma votação para financiamento público não seria aprovada em San Diego, além de potencial problemas ambientais e legais existentes em Mission Valley.

Em um referendo realizado em Novembro, os Chargers receberam apenas 43% de apoio em relação a um projeto de estádio de US$ 1,8 bilhão no centro da cidade, juntamente com o anexo de um centro de convenções, que propôs aumentar as taxas do setor hoteleiro para ajudar a financiar a construção.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top