NFL

Philadelphia Eagles não vai colocar franchise tag em Nick Foles e ele será free agent

Nick Foles, quarterback do Philadelphia Eagles

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback Nick Foles, do Philadelphia Eagles, não terá a franchise tag aplicada nele, como confirmou o general manager Howie Roseman nesta quarta-feira (27).

“Nós vamos deixar Nick Foles ser um free agent”, afirmou Roseman durante o NFL Scouting Combine, em Indianápolis. “Ele merece a oportunidade de liderar um time”, observou o executivo.

O objetivo principal de Foles nesta offseason era encontrar um time para chamar de seu, depois de fazer um excelente trabalho nas últimas duas temporadas como reserva de Carson Wentz.

Foles inclusive optou por sair de seu contrato com os Eagles ao pagar US$ 2 milhões ao time no começo de fevereiro.

“Eu amaria liderar um time”, falou Foles, ao final da temporada 2018. “A coisa de titular, liderar um time, impactar um vestiário… é por isso que jogamos este esporte, para impactar pessoas, para criar uma atmosfera”, pontuou.

Originalmente selecionado na terceira rodada do draft de 2012 pelos Eagles, Foles foi trocado com o St. Louis Rams antes da temporada 2015, depois de viver altos e baixos nos Eagles. O QB chegou a pensar em aposentadoria depois de um ano complicado nos Rams.

Em vez disso, o signal caller desistiu de pendurar as chuteiras e se reencontrou com o técnico Andy Reid no Kansas City Chiefs, sendo reserva por lá, antes de retornar aos Eagles em um papel similar em 2017.

A contratação, que foi pouco badalada no retorno do QB a Philly, provou ser um dos mais importantes da história da organização. Foles assumiu o posto de titular depois da lesão de Wentz e liderou os Eagles ao título do Super Bowl LII, o primeiro da história da organização.

Ele completou 73% de seus passes – recorde na NFL em uma pós-temporada – e lançou seis passes para touchdown com uma interceptação durante a caminhada nos playoffs que terminou com o título e com Foles levando o prêmio de MVP do Super Bowl.

Foles provou novamente o seu valor nesta última temporada, ajudando o time a obter três vitórias consecutivas, após novamente assumir o comando do ataque no lugar de um lesionado Wentz. Na pós-temporada, uma vitória fora de casa sobre o Chicago Bears, na rodada de wild card dos playoffs, deixou Foles ainda mais em alta.

Atualmente com 30 anos de idade, Foles acertou 62% de seus passes na carreira para 11.165 jardas, 68 touchdowns e 33 interceptações em 54 jogos na carreira.

Ele tem o sexto melhor passer rating em jogos de playoffs na história da NFL, com 98.8.

Ao deixá-lo sair, os Eagles devem receber uma escolha compensatória tão alta quanto uma de terceira rodada em 2020.

Comments
To Top