NFL

Peyton Manning revela que vai torcer por seis times da NFL em 2016

(Crédito: Twitter/reprodução)

(Crédito: Twitter/reprodução)

Depois de 18 temporadas dedicadas ao futebol americano profissional, Peyton Manning só quer saber de curtir a sua aposentadoria. E um dos maiores planejamentos do ex-quarterback é retornar aos seus tempos de torcedor do esporte que ama.

E, conforme ele próprio revelou nesta sexta-feira (24), seis times contarão com seu apoio nesta próxima temporada da National Football League.

“Eu meio que estou ansioso neste ano para ser um torcedor de vários times, pessoas com que tive ligações. Eu estarei torcendo por Brock (Osweiler). Claro que vou ser um enorme torcedor do New York Giants, mas eu estarei torcendo por Broncos e Colts. Vou estar torcendo por Adam Gase e Jim Caldwell, o técnico dos Lions. Treinadores e jogadores com quem joguei e competi. Sendo um free agent, neste ano, para ser capaz de torcer por vários times”, declarou Peyton, em conversa com jornalistas.

Assim, basicamente, Manning quer torcer para o Houston Texans de Brock Osweiler, seu ex-companheiro de Denver Broncos, para o New York Giants, do irmão Eli Manning, para os Broncos e o Indianapolis Colts, times onde jogou, e para o Miami Dolphins do técnico Adam Gase, que foi seu treinador de QBs e coordenador ofensivo nos Broncos, além do Detroit Lions do técnico Jim Caldwell, ex-comandante dos Colts.

Peyton, inclusive, expressou com clareza a sua torcida por Osweiler, frisando ser grato ao ex-companheiro por tê-lo ajudado na sala de filmes quando os dois estavam atuando na franquia do Colorado. Manning disse que também espera ter ajudado bastante Brock durante a carreira dele.

“Eu estarei torcendo muito para Brock. Eu sei que ele vai ter um grande ano”, observou, ressaltando também sua felicidade pelo fato de o colega ter buscado novos ares ao assinar com os Texans.

“Eu mandei a ele uma mensagem de texto depois que o negócio foi fechado. Estou empolgado por sua oportunidade. Eu sei que ele está animado. Brock usou esses últimos quatro anos para melhorar como jogador, ele é um trabalhador extremamente dedicado. Eu sei que ele está feliz por ser um titular absoluto e ele certamente conquistou esta oportunidade. Eu sei que Houston está feliz por tê-lo e eles devem estar. Ele é um trabalhador dedicado, ele ama futebol americano e ele está contente de estar lá no campo atuando em tempo integral”, afirmou o futuro quarterback do Hall da Fama do Futebol Americano Profissional (PFHOF).

Bom, já sabemos que, quando a temporada começar em setembro, Peyton Manning vai realmente passar muito tempo em frente à televisão e ao computador. Acompanhar seis times de perto não é tarefa fácil.

Comments
To Top