NFL

Peyton Manning quer continuar jogando, diz jornalista da ESPN

Muito tem se falado e muitos pensam que, após a conquista do Super Bowl 50 com o Denver Broncos, Peyton Manning vai pegar o seu óculo de sol e ficar em sentado em sua cadeira na praia, ou aproveitar a sua vida sem pensar em ser um atleta. Contudo, Adam Schefter, da ESPN americana, trouxe uma linha de pensamento completamente oposta.

Em uma aparição no programa Mike & Mike da ESPN, Schefter foi perguntado quando o quarterback vai anunciar a sua aposentadoria. O jornalista rejeitou a ideia e afirmou que Manning gostaria de continuar jogando. Confira a resposta de Schefter:

“Ele gostaria de continuar jogando. Em um mundo perfeito, ele gostaria de continuar jogando. A questão é quem vai dar-lhe uma oportunidade. E é difícil de identificar agora uma equipe que esteja disposta a contratá-lo e o acordo valer a pena para ele a ponto de permitir que ele continue jogando.

Será que ele quer mudar de cidade? Porque eu acho que todo mundo, neste momento, entende e aceita que ele não vai voltar para Denver. Então a questão é onde ele vai jogar. Não vai ser em Houston. Provavelmente não será no Los Angeles Rams. Então você tem que encontrar uma equipe que estaria disposta a assinar com ele.

Agora, existem algumas oportunidades que ele vai ter: a TV manifestou interesse nele e, em meu entendimento, uma rede (de TV) – existem várias – gostaria de ter ele como analista par a jogos e poderia potencialmente colocar uma oferta lucrativa. Eu não sei o que ele quer fazer.

Várias equipes já manifestaram interesse nele para trabalhar na diretoria. Eventualmente, eu acho que ele acabe fazendo isso. Mas não antes de esgotar todas as opções e eu acho que ele gostaria de jogar se for dada essa escolha. Mas agora, é difícil de ver essa escolha.

Agora, mais uma vez, dominós começam a cair. Movimentações começam a ser feitas. Um movimento gera outro. De repente, você não viu Denver perdendo Brock Osweiler. Bem, como eles perderam Brock Osweiler? E de repente, ‘bem, talvez nós devemos trazer Peyton Manning de volta por um ano’. Então, as coisas acontecem e muda a dinâmica da situação, mas como estamos aqui, 1 de março, com a data limite de franchise tag, é difícil encontrar uma correspondência tanto quanto eu acho que ele gostaria de continuar a jogar”.

Se pesarmos que Manning realmente vai continuar, as opções realmente são poucas. Segundo as informações de Schefter, Brocos, Texans e Rams estão fora da jogada. Patriots, Bengals, Steelers, Ravens, Chiefs, Chargers, Packers, Lions, Panthers, Falcons, Saints, Giants, Cowboys e Cardinals não teriam interesse por terem quarterbacks melhores, acima da média ou em um momento mais favorável.

Além disso, Colts, Jaguars, Titãs, Raiders, Vikings, Buccaneers, Dolphins, Redskins (presumindo que haverá uma renovação com Kirk Cousins) e Seahawks estão dando chances para signal callers jovens e com futuro.

Dessa forma, sobrariam apenas Jets, Bills (dependendo da situação de Taylor Tyred), Browns, Eagles, Bears (se decidirem que não gostam tanto de Jay Cutler) e 49ers como potenciais equipes para contratá-lo. Contudo a lista pode diminuir, já que os Niners vêm insistindo em querer ficar com Colin Kaepernick e os Browns devem escolher um quarterback no draft.

Comments
To Top