NFL

Pete Carroll descarta sair do Seattle Seahawks para assumir o Los Angeles Rams

Pete Carroll, técnico do Seattle Seahawks

(Crédito: Instagram/reprodução)

O Los Angeles Rams optou por demitir o técnico Jeff Fisher no início desta semana e, agora, é hora de buscar um novo comandante para a temporada 2017. Porém, se a franquia sonha com Pete Carroll, é melhor tirar o cavalinho da chuva.

O atual treinador do Seattle Seahawks, que é nativo da Califórnia e trabalhou no bem-sucedido programa da Universidade de Southern California (USC), deixou claro em sua coletiva que não há chances de ele assumir os Rams.

Na conversa com os jornalistas, o head coach frisou que não tinha “nenhum comentário” para as reportagens de que os Rams amariam contratá-lo para substituir Fisher. Ao ser questionado se descartaria essa possibilidade totalmente, Carroll deu risada e disse: “sim”.

Atualmente com 65 anos, Carroll está no primeiro ano de uma extensão de contrato com os Seahawks que vai até 2019 e está em um patamar que poucos técnicos da NFL têm atualmente, já que levou seu time a dois Super Bowls nos últimos anos.

Pete Carroll foi um de vários grandes nomes de técnicos que foram ligados aos Rams nas últimas 24 horas. Outro é Jim Harbaugh, atual técnico da Universidade de Michigan, que ajudou a desenvolver Andrew Luck, atual QB do Indianapolis Colts, em Stanford e que também foi comandante do San Francisco 49ers.

Porém, de acordo com Mike Freeman, jornalista do ‘Bleacher Report’, Harbaugh “não está deixando Michigan” e “pode nunca deixar Michigan”, de acordo com uma fonte.

Outro nome que está sendo citado nas especulações é Josh McDaniels, coordenador ofensivo do New England Patriots, que ocupou o mesmo cargo nos Rams em 2011, mas acabou saindo juntamente com o técnico Steve Spagnuolo depois de apenas uma temporada na organização. McDaniels foi técnico principal do Denver Broncos de 2009 a 2010 e afirmou em novembro que “definitivamente amaria ser um head coach novamente”, se for “no lugar certo e na hora certa”.

McDaniels foi questionado nesta terça sobre a vaga aberta nos Rams, mas tergiversou.

“Eu tenho uma semana curta para me preparar para um grande oponente e estou focado nos Broncos. Eu sei que há muitas coisas acontecendo lá fora, mas meu foco e minha atenção vai ficar bem aqui no time que temos para nos preparar e como podemos preparar nossa equipe para jogar o melhor que eles podem no domingo”, frisou o coordenador ofensivo dos Pats.

Jeff Fisher foi demitido após apenas 13 partidas de sua quinta temporada nos Rams, pouco depois de uma derrota por 42 a 14 para o Atlanta Falcons que deixou a equipe com campanha de 4-9. Foi a 165ª derrota da carreira do treinador, o que o deixou empatado com Dan Reeves neste recorde negativo da história da NFL.

“Em primeiro lugar, quero agradecer o (proprietário) Stan Kroenke pela oportunidade de fazer parte desta organização nos últimos quatro anos e meio. Quero agradecer a toda a comissão de futebol americano, porque tem sido um privilégio trabalhar com cada um deles dia após dia. Especialmente quero agradecer a todos os jogadores. Eles são um grande grupo de homens que eu respeito e vou sentir falta deles. Minha esperança é que cada um dos jogadores tenha grande sucesso no futuro”, falou Jeff Fisher, em comunicado enviado à ‘ESPN’ norte-americana.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top