NFL

Patriots batem Ravens após grande virada e quebra de recordes

(Instagram NFL)

(Instagram NFL)

New England Patriots e Baltimore Ravens fazem parte da história dos playoffs nos últimos anos. Neste sábado, em Foxborough, com uma temperatura de até dez graus negativos, um episódio dessa história foi executado. Com direito a uma grande virada, o time de New England superou Baltimore por 35 a 31 e está na final da AFC, que será disputada no domingo da semana que vem.

Na vitória apoteótica em Foxborough, dois personagens da gloriosa trajetória dos Patriots nos últimos quinze anos bateram recordes da história da pós-temporada. Bill Belichick, o rabugento técnico da equipe, chegou a vinte vitórias no mata-mata, igualando a marca de Tom Landry. Já o quarterback Tom Brady atingiu 46 passes para touchdown nos playoffs, superando Joe Montana com o maior número de passes na história. New England aguarda agora o vencedor de Indianapolis Colts e Denver Broncos na final da AFC, no domingo da semana que vem, em Foxborough.

Em duas oportunidades determinantes para entender o jogo, Baltimore esteve 14 pontos na frente do placar. A primeira grande vantagem foi estabelecida logo no primeiro quarto. A primeira campanha ofensiva dos Ravens foi eficiente: em menos de três minutos, Flacco deixou Kamar Aiken na end zone com um passe de 19 jardas.

Já os donos da casa se frustraram na primeira campanha ofensiva. Após Tom Brady fazer um passe para Danny Amendola e os juízes derem a recepção, o técnico dos Ravens, John Harbaugh, desafiou a chamada e a decisão foi revertida, levando a um punt.

Com a bola novamente, o ataque de Baltimore foi mais uma vez eficiente. Em seis minutos, Steve Smith marcou um TD após um passe de nove jardas de Flacco: 14 a 0 no placar. Para não perder o controle do jogo, os Patriots responderam rápido com uma campanha diversificada entre passes e corridas e que foi finalizada com uma corrida de quatro jardas de Tom Brady, a quinta do jogador nos playoffs, empatando um recorde do time que era de Curtis Martin.

No segundo quarto, o ataque de Baltimore passou a sofrer com as faltas, enquanto Brady continuava sendo pressionado pela defesa adversária. Para chegar lá, os Patriots contaram com Danny Amendola, que repetiu o bom desempenho das últimas partidas da temporada regular e marcou um TD de 15 jardas após um passe de Brady.

Mas o empate não persistiu até o intervalo. Um passe equivocado de Brady para Gronkowski, que estava em uma rota equivocada, levou a uma interceptação de Daryl Smith, que deixou Baltimore perto da end zone. Flacco agradeceu o presente e fez um passe perfeito de onze jardas para Owen Daniels: 21 a 14 na ida para o intervalo.

A vantagem foi ampliada no início do terceiro quarto com um TD de 16 jardas de Justin Forsett depois que o ataque dos Ravens ganhou 15 jardas em uma falta infantil dos Patriots em cima de Torrey Smith. Em todo o jogo, a defesa de New England não mostrou a tranquilidade da temporada regular ajudando e mudando a história da partida, como aconteceu com Darelle Revis, que cometeu uma interferência de passe e uma segurada que sacrificaram o setor defensivo da equipe.

Novamente 14 pontos atrás, New England começou a reação rapidamente com um touchdown de Gronkowski após passe de Brady. Nesta altura do jogo, Brady empatou o recorde de Joe Montana de 45 passes para touchdown na história dos playoffs.

Duas campanhas depois, a marca só não foi superada por causa de uma jogada sensacional. Brady passou para trás para Julian Edelman, que recordou a sua época na faculdade e deu um passe perfeito para Danny Amendola. Uma jogada de 51 jardas que empatou o jogo em 28 a 28.

(Reprodução NBC)

(Reprodução NBC)

O momento era dos Patriots. Na campanha ofensiva seguinte dos Ravens, Flacco foi interceptado por Devin McCourty. O turnover acabou não sendo aproveitado freando a reação dos donos da casa. Pior: a equipe perdeu uma grande chance de ficar na frente do placar pouco antes do final do terceiro quarto devido a uma falta de Darelle Revis, que revogou um fumble recuperado pela defesa dos Patriots.

No início do último quarto, uma longa campanha ofensiva de Baltimore terminou no primeiro field goal da partida e que desempatou para 31 a 28. Para vencer, os campeões da AFC leste precisavam de Tom Brady.

Com jogadas previsíveis, mas passes indefensáveis, ele chegou perto da end zone em uma campanha de cinco minutos. Uma campanha que fez o quarterback superar as 300 jardas pela sétima vez na história dos playoffs (segunda melhor marca da NFL, atrás apenas de Peyton Manning) e chegar ao passe para TD de número 46 da pós-temporada, a partir de hoje o recorde absoluto, na frente de Joe Montana e Brett Favre. Com uma trajetória calculada, a bola caiu no colo de Brandon LaFell colocando 35 a 31 faltando cinco minutos.

Para sacramentar a grande vitória em um grande jogo, Duron Harmon interceptou um passe longo de Flacco para a end zone. Patriots e Ravens já protagonizam uma rivalidade nova na NFL e certamente o jogo deste sábado é um dos episódios mais marcantes da história do confronto. Agora, Brady, Belichick e companhia esperam outro rival: os Colts ou os Broncos, de Peyton Manning.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top