NFL

Carolina Panthers pretende seguir com Cam Newton como QB; veja boletim de movimentações

Cam Newton, quarterback do Carolina Panthers

O Carolina Panthers deve seguir com Cam Newton como seu quarterback titular. O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, apurou nesta terça-feira (25) que a franquia da Carolina do Norte pretende manter seu signal caller veterano.

Falando durante o NFL Scouting Combine, em Indianápolis, Matt Rhule, novo head coach dos Panthers, expressou sua empolgação com a perspectiva de treinar Newton.

“Eu absolutamente quero Cam aqui. Não há dúvidas em relação a isso. No final das contas, tudo se trata do que está por vir para nós. Temos que garantir que continuemos a deixá-lo saudável e ele está fazendo um ótimo trabalho nisso. Eu quero ter certeza de dizer isso. Ele está indo além e além disso, quando saudável, acho que não há dúvida sobre quem ele é e o que ele pode fazer. Nós apenas temos que levá-lo até lá”, frisou o head coach.

Como Rapoport observou, ainda que Newton esteja progredindo em sua recuperação de lesão no pé, será preciso um período de meses antes de ele estar pronto para jogar. E isso complica uma eventual troca envolvendo o QB.

Apesar de ter declarado que deseja treinar Newton, Rhule se negou a nomear imediatamente Newton como titular.

“Não quero dizer a ninguém que eles serão titulares. Vou tentar ser – especialmente no meu primeiro ano – realmente disciplinado para não prometer coisas para certos caras. Vou apenas dizer que realmente o quero no time. Eu realmente quero que ele esteja saudável. Eu sei quando Cam está saudável, quem ele é e o tipo de jogador que ele é. (…) Para mim, trata-se de: estamos fazendo todas as coisas para deixá-lo saudável? Quando Cam está saudável, ele é um dos melhores dos melhores. Não vou especular sobre o futuro de qualquer jogador do nosso time, mas gostaria de deixá-lo saudável e gostaria de colocá-lo lá fora” , disse Rhule.

Newton disputou dois jogos na última temporada depois de machucar o pé durante a pré-temporada. Depois de meses de atraso, ele foi operado em dezembro.

A lesão no pé foi o mais recente problema físico para o versátil quarterback. Newton passou por uma cirurgia no ombro em offseason consecutivas após adiar o procedimento cirúrgico no passado.

Em outra novidade dos Panthers, a equipe vai declinar a opção no contrato do wide receiver Jarius Wright, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Ainda segundo o jornalista, a opção negada de US$ 1 milhão, valor que seria totalmente garantido, libera US$ 3 milhões no teto salarial do time. E, com a opção declinada, Wright se torna um free agent.

Veterano com experiência de oito anos na liga, Wright atuou nos Panthers nas últimas duas temporadas, sendo titular em 15 jogos do time neste período.

Confira mais movimentações e novidades importantes na NFL nesta terça (25):

– O Detroit Lions continua a insistir que Matthew Stafford não será trocado. E, além disso, o time espera que o quarterback volte a ficar completamente saudável nesta offseason.

O general manager Bob Quinn disse que os Lions antecipam que Stafford esteja completamente pronto para os treinamentos de offseason, depois que o QB perdeu os oito jogos finais da temporada 2019 devido a uma lesão nas costas.

“Matthew está se sentindo bem. Conversei com Matthew há uma ou duas semanas, e ele está se sentindo muito bem. Treinando completamente e ele estará pronto para o programa de offseason”, afirmou Quinn.

Durante um encontro com os setoristas do time, a diretoria dos Lions reiterou que não há planos de negociar o signal caller, reforçando o comentário anterior que caracterizaram tais rumores como “100% falsos”.

Quinn acrescentou durante a sessão com os repórteres que tudo está sendo considerado com o cornerback Darius Slay, inclusive uma troca ou renovação de contrato, e que conversas sobre negociar o jogador ocorreram. Entretanto, nada é iminente, segundo Tim Twentyman, do site oficial dos Lions.

– No Indianapolis Colts, o general manager Chris Ballard disse aos repórteres que o left tackle Anthony Castonzo oficialmente anunciou sua intenção de continuar no time em 2020 para sua décima temporada na NFL.

Atualmente com 31 anos de idade, Castonzo tinha dado indícios de que poderia se aposentar depois da temporada 2019. Agora, contudo, o offensive lineman pretende continuar atuando.

A missão dos Colts em um futuro próximo será renovar com o jogador, que está prestes a se tornar um free agent. Castonzo atuou em 132 jogos dos Colts, sendo titular em todos eles e, de maneira inacreditável, nunca tendo sido selecionado a um Pro Bowl sequer.

Castonzo foi um membro importante da terceira melhor linha ofensiva da NFL em 2019, segundo o site especializado Pro Football Focus.

– No Pittsburgh Steelers, o general manager Kevin Colbert disse à imprensa durante o NFL Scouting Combine que ele acredita que o quarterback Ben Roethlisberger pode retornar ainda melhor depois de passar por uma cirurgia no cotovelo que encerrou sua temporada 2019 precocemente.

“O mais empolgante é que podemos ter um melhor Ben Roethlisberger saindo desta cirurgia. Ele ficou sentado por um ano, não teve desgaste no corpo por um ano. Claro, ele fez uma cirurgia significativa, mas estamos otimistas de que ele pode estar melhor”, frisou o GM.

Colbert disse que acredita que Roethlisberger poderia retornar como um jogador ainda mais forte após a cirurgia de setembro, porque ele descansou o corpo durante a maior parte da temporada regular.

– O wide receiver Marquise ‘Hollywood’ Brown, do Baltimore Ravens, sofreu com uma lesão no pé durante sua temporada de calouro em 2019. Ainda assim, ele foi o melhor recebedor do time. E, agora, ele resolveu cuidar do problema.

O wideout passou por cirurgia na offseason para remover um parafuso em seu pé, que causou problemas para ele em 2019. As informações são de Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

Brown perdeu dois jogos em 2019 e foi titular em 11 dos 14 jogos que disputou na temporada regular. No ataque dos Ravens que quebrou recordes correndo com a bola, ele foi uma peça central no jogo aéreo, liderando entre os WRs da equipe com 46 recepções para 584 jardas e sete touchdowns.

Atualmente com 22 anos de idade, ele foi selecionado pelos Ravens na primeira rodada do draft de 2019, com a 25ª escolha geral.

Também nos Ravens, o general manager Eric DeCosta disse nesta terça no NFL Scouting Combine que o time está conversando com o linebacker Matthew Judon e está procurando uma solução a longo prazo para manter o defensor. Mas a franchise tag é uma opção.

“Um enorme respeito por Matt, o ano em que ele teve este ano, sua liderança, sua produtividade, esforço e o que ele traz para a equipe. As conversas com o agente dele estão em andamento. Continuaremos a ver até onde isso progride”, falou o GM, segundo o site oficial da franquia da Maryland.

Judon foi titular em todos os jogos dos Ravens, campeões da divisão AFC North, na temporada 2019. Ele somou 54 tackles, 9,5 sacks, 33 pancadas no QB e quatro fumbles forçados.

– No Seattle Seahawks, o general manager John Schneider disse que o defensive end Jadeveon Clowney, prestes a se tornar um free agent, passou por cirurgia para corrigir uma hérnia esportiva e a operação foi bem-sucedida.

O running back Rashaad Penny, por outro lado, pode não estar pronto para o começo da temporada 2020, depois de passar por uma cirurgia para reparar o ligamento cruzado anterior do joelho.

Comments
To Top